quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Marcelo, vulgo "Marreno”, líder de uma quadrilha de tráfico de drogas tombou ao encarar a polícia em Camaçari Bahia


Ele era um dos primeiros lugares da lista com cerca de 80 alvos da SSP


Se deu mal. O líder de uma quadrilha de tráfico de drogas morreu depois de confrontar com a Polícia na noite da quarta-feira, dia 9/8, na Via Parafuso, Camaçari. Marcelo, vulgo "Marreno”, estava com o comparsa e motorista Anselmo, em um carro branco quando foi abordado por policiais da força-tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA). "Marreno”, era um dos primeiros lugares da lista com cerca de 80 alvos da SSP e, segundo monitoramento feito pela Polícia. Ele estava morando em uma Cidade no interior de Alagoas. Conforme a Polícia, as ordens à quadrilha eram dadas via ligações telefônicas e redes sociais. "Eles estava usando um documento falso de identidade com o nome de Mário Batista dos Santos. Isso nos fez perder um pouco de tempo para localizá-lo, mas no final achamos”, relatou o major Marcelo Barreto, coordenador da força-tarefa. "Marreno” tinha passagem por assalto a banco e tráfico de drogas, fazia contato com custodiados no sistema prisional e determinava assassinatos de rivais. O auto de resistência foi registrado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O material apreendido – pistola ponto 40 e espingarda calibre 12, dois tabletes de maconha e munição, foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers