quinta-feira, 3 de agosto de 2017

CRISE HÍDRICA: BARRAGEM DE PEDRAS ALTAS REGISTRA APENAS 17% DE SUA CAPACIDADE. BARRAGEM DE SÃO JOSÉ TEM 10%




De acordo com informações de Paulo Vieira, gerente da EMBASA/Capim Grosso, a Barragem de Pedras Altas, com capacidade para 36 milhões de metros cúbicos de água, responsável no momento por 50% do abastecimento da Adutora do Sisal, envolvendo 25 municípios, 250 mil pessoas abrindo a torneira todos os dias, registra apenas 17% de sua capacidade, ou seja, sete milhões de metros cúbicos de água. Já a Barragem de São José do Jacuípe, com capacidade para 360 milhões de metros cúbicos de água, responsável no momento pelo abastecimento em 50% da Adutora do Sisal, registra apenas 10% de sua capacidade, ou seja, 36 milhões de metros cúbicos de água, a quantidade de água da Barragem de Pedras Altas, na sua capacidade máxima. Nas explicações de Paulo, olhando pelo lado técnico a situação é preocupante, com esperança sendo depositada nas chuvas de novembro, o que poderá mudar completamente o cenário de ambos os mananciais, caso a chuva não venha para fazer a diferença, a tendência é determinar novos medidas de fornecimento de água para as cidades beneficiadas com o abastecimento. Atualmente 50% de cada barragem, é bem provável que a Barragem de Pedras Altas, venha registrar diminuição na sua demanda ou até mesmo deixar a referida fonte de distribuição de água com responsabilidade apenas de abastecer o município de Capim Grosso, situação que leva a população a contribuir com o trabalho de racionamento de água desenvolvido pela EMBASA, por conta da chamada seca verde.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers