sexta-feira, 14 de julho de 2017

Vida e morte: Após descobrir que teria apenas uma semana de vida, jovem de 25 anos deixa mensagem emocionante e comove o mundo

Nardya Miller tem 25 anos é de Brisbane, Austrália, e sofria de fibrose quística, uma doença hereditária que faz com que certas glândulas produzam secreções anormais e que se manifesta, normalmente, sob a forma de graves problemas respiratórios e digestivos.

Uma jovem australiana, de 25 anos, a quem os médicos deram uma semana de vida, declarou-se ao noivo e revelou o seu último desejo nas redes sociais.


Foto reprodução Instagram

A jovem foi submetida, em 2014, a um transplante pulmonar. Todavia, o corpo começou a rejeitar os órgãos transplantados e foi informada, no dia 11 de janeiro de 2017, de que só tinha uma semana de vida.
Miller publicou, nesse mesmo dia, no Instagram, uma declaração ao namorado e revelou o seu último desejo.


Escreveu: “Talvez te conheça toda a minha vida, talvez te conheça por 10 anos, talvez te conheça apenas por pouco tempo, mas, em menos de uma semana, nunca mais te vou voltar a conhecer, nunca mais vou voltar a ver o teu rosto, nunca mais vou falar contigo, tocar-te, abraçar-te, nunca mais. Mas sempre te amarei, e às amizades que construímos e às memórias que criamos”.
A jovem agradeceu a todos os que fizeram parte da sua vida e admitiu sentir-se abençoada.
“As coisas na vida nem sempre correm como planeamos e há grandes coisas que nunca terei, locais que nunca irei visitar e coisas que nunca viverei. Mas vou estar a observar. Sempre. A sorrir. Porque estive aqui”, acrescentou na publicação.
“Os detalhes do meu funeral serão publicados assim que estiver tudo organizado. Por favor, não fiques triste por mim. Tudo o que desejo é que te lembres de mim como a rapariga que iluminou o teu dia, pelo menos uma vez. E, por favor, imploro-te que vivas a tua vida ao máximo”, completou a jovem.
A australiana esteve internada nos cuidados paliativos, com uma máscara de oxigénio 24 horas por dia.
O noivo, Liam Fitzgerald, afirmou à comunicação social que Miller queria que todos soubessem a importância da doação de órgãos.


Foto reprodução Instagram

Miller publicou poucos dias antes de terminar o tempo que os médicos lhe deram, uma imagem no Facebook, com a mensagem “Não te preocupes, sê feliz”. O casal tinha comprado uma casa e tinha feito grandes planos antes da saúde da jovem piorar. Contudo, Miller não queria que o noivo se endividasse por causa dela.


Foto reprodução Instagram

Entretanto, uma prima da jovem, criou um “crowdfunding” com o objetivo de tentar contornar a situação e arrecadou cerca de 23 mil euros, três vezes mais do que o objetivo 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers