sábado, 8 de julho de 2017

Lava Jato: Palocci derrete Mantega

Guido Mantega montou uma espécie de central de venda de informações para o setor financeiro nos governos petistas.
Foi o que disse o ex-ministro Antônio Palocci em negociação de delação premiada, segundo a Folha.
"A sede seria o prédio do Ministério da Fazenda em São Paulo, na avenida Paulista, onde Mantega costumava despachar às sextas-feiras."

Palocci: Mantega trocava informações privilegiadas por apoio ao PT


O esquema de repasse de informações privilegiadas montado por Guido Mantega e revelado por Antônio Palocci funcionava da seguinte maneira, segundo a Folha:
– "Mantega antecipava dados a respeito de juros e edição de medidas provisórias, por exemplo, que eram de interesse de bancos, em troca de apoio ao PT."
– "Agentes do sistema financeiro tinham acesso antecipada ou privilegiadamente a dados importantes e, assim, podiam se preparar ou mesmo se proteger diante de medidas que afetariam o setor."
Quem tem acesso às investigações disse ao jornal que o esquema começou no governo Lula, em 2006, e seguiu durante o governo Dilma Rousseff, enquanto Mantega foi ministro, até 2015.
Mantega sucedeu Palocci na chefia da equipe econômica de Lula e os dois nunca se deram bem.

José Nêumanne Pinto | Delação de Mantega e Palocci é o susto da vez


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers