segunda-feira, 8 de maio de 2017

Decisão acertada da justiça: Juíza proíbe acampamento em Curitiba nas vésperas da audiência de Lula

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A juíza Diele Denardin Zydek, da 5ª Vara de Fazenda Pública, determinou, após pedido da Prefeitura de Curitiba, a proibição de montagem de acampamentos na cidade entre as 23h desta segunda (8) e as 23h da quarta (10), dia em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva depõe ao juiz Sergio Moro. Segundo a Folha de S. Paulo, a multa em caso de descumprimento é de R$ 50 mil por dia. A juíza também proibiu a passagem de veículos não cadastrados em áreas próximas ao prédio da Justiça Federal, local do depoimento. Ao determinar a proibição, a juíza disse que “há que se diferenciar a garantia de livre manifestação da ocupação de bem público”. “O direito da manifestação não se confunde com a possibilidade de ocupação de bens públicos ou particulares”, afirmou. Em resposta, a Frente Brasil Popular, que une entidades de esquerda, repudiou a decisão e disse que “é uma forma de criminalização dos movimentos sociais, porque busca impedir a vinda pacífica e democrática de milhares de pessoas que buscam debater os rumos da democracia”.

Comentário: A UNE e Frente Brasil Popular, só esqueceu de duas coisas importantes: Primeiro que movimento sociais não são formados pra defender pessoas acusadas de diversos crimes, réu em diversos processos por ter supostamente surrupiado o bem público! E segundo, que movimento estudantil, dá um péssimo exemplo, ao se posicionar contra a justiça, ministério público e em favor de um réu em diversas instâncias da justiça... Se liga Frente Brasil Popular! Parabéns a juíza pela decisão acertada!

Prisão preventiva de Lula nesta quarta seria possível, mas não irá ocorrer | Vera Magalhães


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers