domingo, 23 de abril de 2017

Merval Pereira a Cristiano Zanin advogado de Lula: obra triplex foi paga com propina, sim



Merval Pereira, colunista do Globo, rebateu o advogado de Lula, Cristiano Zanin, que insiste em negar que Léo Pinheiro disse o que disse sobre o triplex do Guarujá. Leia um trecho de sua resposta:
“O advogado Cristiano Zanin diz ainda que Leo Pinheiro ‘negou quando perguntado se algum recursos utilizado no tal triplex era proveniente da Petrobras’. Quem se dispuser a ver o vídeo do depoimento do ex-presidente da OAS constatará, a partir do 1h57m de gravação, que a história é bem outra.
Leo Pinheiro realmente negou que a propina fosse da Petrobras, mas o fez de maneira irônica: ‘Quem paga propina é a contratada, não a contratante’. E relatou que a propina paga pela OAS ao PT e ao PP era proveniente de três obras da empreiteira para a Petrobras, entre elas a Refinaria Abreu e Lima, e foi paga num acerto de contas do equivalente a 1% da obra para cada partido. O dinheiro gasto no tríplex do Guarujá e também no sitio de Atibaia foi abatido dessa propina do PT, por autorização do próprio Lula.
A certa altura Leo Pinheiro chega a afirmar claramente que houve ‘pagamento de propina da Petrobras’, o que não quer dizer que o dinheiro tenha sido pago pela estatal, mas que saiu das obras superfaturadas feitas por encomenda da Petrobras.”

Lula na cadeia: Quando um advogado facilita a prisão do cliente!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers