quinta-feira, 30 de março de 2017

Grana fácil! Deputados compram passagens com cota acumulada; Lúcio emitiu 75 em um dia


Ganância


Por conta do fim do prazo para gastar a cota parlamentar, a compra de bilhetes de viagem foi intensa na agência de viagens que atende o Congresso no final de dezembro do ano passado, mesmo após o início do recesso parlamentar, no dia 22 de dezembro. Segundo informações do portal UOL, ima movimentação, porém, se destacou: o gabinete do deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) comprou 75 bilhetes aéreos no dia 28 de dezembro de 2016. As passagens estavam em nome de Lúcio e de seu assessor André Luiz Avelar F. Sant'Anna, em trechos de Brasília para Salvador e da capital baiana ao Distrito Federal, além de duas passagens ida e volta de Brasília e Teresina (PI). Somadas, custaram R$ 48.695,78. O parlamentar baiano aponta que a compra antecipada serve como parte de um planejamento financeiro e busca evitar a compra de passagens caras perto da data da viagem. "As passagens que eu não usar, o crédito vai para a Câmara, não volta pra mim. Não tem ganho pra mim", afirmou Lúcio em entrevista ao Bahia Notícias. Segundo ele, as passagens foram compradas para o primeiro trimestre de 2017. "Para que eu pudesse ter passagem até março eu tinha que comprar em dezembro. Não tem ilegalidade nenhuma", concluiu. Lúcio ressalta que as viagens servem como forma de manter contato com a base eleitoral dele.? O valor da cota varia de acordo com o domicílio eleitoral do deputado – no caso dos baianos, o montante é de R$ 39.010,53. Outros deputados tomaram a mesma medida no final do ano: Marcelo Castro (PMDB), ex-ministro da Saúde de Dilma Rousseff, que comprou 64 bilhetes; onifácio Andrada (PSDB) comprou 34 passagens nos dias 6 e outro lote de igual quantidade no dia 30, Edmílson Rodrigues (PSOL-PA) comprou um lote de 18 bilhetes aéreos no dia 18/12 e, dois dias depois, outro de 20. Carlos Sampaio (PSDB), vice-presidente nacional do PSDB, comprou 18 passagens no dia 20 de dezembro e 16 no dia 28. Jorge Tadeu Mudalen (DEM-SP) também comprou dois lotes: 17 bilhetes no dia 12 de dezembro e outros 16 uma semana depois.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers