sábado, 25 de fevereiro de 2017

Seca na Bahia: Rui visita obra que vai levar água de Camandaroba para Queimadas e Santaluz e anuncia 17 milhões para a recuperação de trecho da BA-120


A Bahia precisa mais que obras emergenciais!


As cidades baianas de Queimadas e Santaluz, localizadas na região do Sisal, recebem obras emergenciais para regularizar o abastecimento de água para os mais de 50 mil moradores dos dois municípios. Nesta sexta-feira (24), o governador Rui Costa esteve em Queimadas e vistoriou as intervenções que estão sendo realizadas após os municípios decretarem estado de emergência por conta da seca. Uma estrutura alternativa de captação e uma nova adutora estão sendo implantadas para recuperar a distribuição de água tratada nas localidades. As obras da nova adutora para o Sistema Integrado de Abastecimento de Água (SIAA) Queimadas/Santaluz têm investimento de R$ 3,4 milhões e já apresentam 75% de avanço. Após conferir de perto o andamento dos trabalhos, o governador enfatizou a importância da rapidez na obra. “Em um momento como esse de escassez, a água para o consumo humano não pode faltar, e essa é a prioridade. Por isso a realização desta obra emergencial, que vai resolver o problema e as cidades terão dois sistemas alternados. Estamos vivendo há sete anos com níveis de chuva muito baixos. É uma seca rigorosa no Nordeste e neste momento cada um também tem que dar sua contribuição economizando água”, ressaltou Rui. O gerente de operações da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) na região norte, Raimundo Neto, explica que com a conclusão da nova adutora, com cerca de 9,5 quilômetros, prevista para março, as cidades poderão sair do racionamento ocasionado pelo baixo nível de água na Barragem da Leste, que era, até então, a principal fonte de água do sistema integrado. “Teremos uma condição mais segura. Queimadas e Santaluz além de contar com o Rio Itapicuru, caso volte o volume de chuvas, com essa obra passará a contar com outro abastecimento através do Açude do Jacurici”, explicou Neto.

Mais desenvolvimento 

Além de visitar as obras de abastecimento de água, Rui Costa também autorizou a Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) a lançar o edital de licitação para recuperar 42 quilômetros da BA-120, no trecho entre Queimadas e Santaluz. Serão R$ 17 milhões aplicados beneficiando também municípios próximos como Cansanção, São Domingos e Nordestina. Após a licitação que vai definir a empresa executora as obras de pavimentação tem início previsto para maio deste ano. Quem trafega diariamente pelo trecho, como o motorista Paulo Roberto, fala com propriedade da importância da intervenção. “Realmente a estrada está péssima e precisando dessa obra. Do jeito que está a gente corre o risco estourar um pneu, quebrar o amortecedor e tentando desviar dos buracos até pode causar um acidente. Tomara que essa melhora chegue logo”, torce o morador de Queimadas. - Fonte: Portal de Notícias

Comentário: A Bahia sempre enfrentou e sempre vai enfrentar, mas, o governo do PT, só fala em obras emergenciais! Não vemos nenhum plano pra que sejam construídas obras permanentes de combate ou conivência com a seca! É estranho que ninguém fala em construir uma grande barragem nos povoados de Alecrim e de Abobreira, não falam em construir uma grande barragem em Queimadas e já prometeram dezenas de vezes, inclusive este governador (Rui Costa) de ampliar a barragem de Ponto Novo e nunca faz nada! É um descaso total. E a Embasa fica só fazendo pirotecnias e uma gestão ridícula, sem cumprir o seu papel. E pra piorar nenhum dos órgãos responsáveis de fiscalizar ou revitalizar os rios Itapicuru Açú, Mirim e São José, nada fazem... Deixaram destruir toda a caatinga, matas ciliares e deixaram aterrar todos os rios...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers