sábado, 11 de fevereiro de 2017

Estiagem prolongada: Embasa inicia obra emergencial para abastecimento de água em Santaluz e Queimadas

  água em Santaluz e Queimadas
Estiagem prolongada: Embasa inicia obra emergencial para abastecimento de água em Santaluz e Queimadas

Sem investir em obras de finitivas, governo e Embasa, vive de fazer obras emergenciais!


A Embasa iniciou essa semana a obra emergencial para abastecimento de água dos municípios de Queimadas e Santaluz. As intervenções consistem na implantação de uma estrutura de captação de água na Barragem de Camandaroba, em Itiúba, e uma nova adutora que levará a água até a Estação de Tratamento de Queimadas. Os investimentos são da ordem de R$ 3,3 milhões e a obra deve ser finalizada em até 45 dias. Com a prolongada falta de chuvas e a baixa disponibilidade hídrica no Rio Itapicuru, a Barragem da Leste onde atualmente é feita a captação de água para o sistema está entrando em colapso. “Por isso, precisamos captar água em outro manancial para manter o atendimento à população dos dois municípios”, explica o gerente regional da Embasa, Euvaldo Neto. As obras receberam a visita, nessa sexta-feira (10), do diretor de operação do interior, José Ubiratan Matos e do superintendente de operação da região norte, Raimundo Bezerra Neto. Os dois municípios estão em situação de restrição de oferta. Para preservar o volume de água ainda disponível, os moradores devem manter os hábitos de consumo racional, evitando desperdício e utilizando a água apenas para fins essenciais.



Outras ações – Em parceria com o Inema e a Policia Militar a Embasa vem retirando, desde o início da crise hídrica, (num ato de enorme perda de tempo) barramentos clandestinos e bombas de médio porte que foram construídas irregularmente ao longo do Rio Itapicuru. Devemos destacar que os agricultores fizeram barragens por conta própria, tanto por causa da incapacidade do governo, que não dá assistência aos ribeirinhos, como pela incapacidade da Embasa, que só vive de fazer obras emergenciais e não aplica de fato o que tem que fazer. A Embasa é uma empresa estatal que lucra bilhões e não aplica no saneamento e nem no Rio o que deveria aplicar. Também o governo do PT, governando há mais de uma década, nunca investiu nas barragens deixadas por Paulo Souto.

Com essa intervenção, eles alegam que será possível represar água advinda da barragem de Ponto Novo e garantir a captação na Barragem da Leste até que seja finalizada a obra emergencial. Mas, todos nós sabemos que quebrar barragens é pura idiotice, não tem nada haver, pois a água não salta as pequenas barragens, porque é pouca e não chega na Leste, porque o rio abandonado pelo governo, só tem areia. Portanto a água seca, antes de chegar lá.   Atendendo a um anseio da população, a diretoria da Embasa também já autorizou a limpeza da Barragem da Leste. “As equipes já estão se mobilizando e os serviços vão acontecer paralelamente às obras de captação em Camandaroba”, informou o gerente. Notícias de Santaluz
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers