quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Casos estranhos! Padre é encontrado ferido em quarto de motel em Divinópolis

  quarto de motel em Divinópolis
Clever Geraldo de Souza é padre em São Sebastião
do Oeste (Foto: Diocese de Divinópolis/Divulgação)

Funcionária encontrou religioso trancado em suíte do local.
Hipóteses são de sequestro e roubo; hospital não informa estado de saúde.


Um padre de 55 anos foi encontrado ferido dentro do quarto de um motel em Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMR), que registrou o boletim de ocorrência sobre o caso, Clever Geraldo de Souza, de 55 anos, teria chegado ao estabelecimento em um carro na noite de segunda-feira (6) acompanhado por um homem e foi encontrado por uma faxineira durante a manhã. A suspeita é de que ele tenha sido vítima de sequestro e roubo. O Hospital Santa Mônica, para onde o religioso foi levado, disse ao G1 que não tem autorização para fornecer informações sobre o estado de saúde dele. A Diocese de Divinópolis, que abrange a paróquia na qual o padre trabalha, em São Sebastião do Oeste, também ainda não se pronunciou. 

Registro do caso 

O motel onde o padre estava fica no km 133 da MG-050, no Bairro Jardim Real. De acordo com as informações apuradas pelos policiais com funcionários do estabelecimento, dois homens chegaram ao local em um carro por volta das 23h de segunda-feira. Eles reservaram uma suíte e entraram. Cerca de 40 minutos depois, um dos homens pagou a conta e saiu do motel no mesmo carro, em alta velocidade. Na manhã desta terça-feira, uma funcionária do estabelecimento tentou abrir a suíte para fazer a limpeza, mas viu que a porta estava trancada. Um chaveiro foi chamado para abrir a porta e a equipe do motel encontrou o religioso. Consta no boletim de ocorrência que ele estava bastante ferido, com sintomas de embriaguez e se recusava a se identificar. Socorro à vítima Uma funcionária chamou um táxi para o cliente, que pediu para ser levado ao Hospital Santa Mônica, em Divinópolis, onde ele disse à equipe médica que se lembrava apenas de que na noite anterior ele dirigiu um carro, sem se lembrar para onde iria. O modelo do veículo citado pelo padre é o mesmo no qual o homem deixou o motel. Mas, a polícia ainda não informou a quem o automóvel pertence. Ainda segundo o relato do padre ao hospital, que consta no boletim de ocorrência, o padre disse que quando passava por um quebra-molas com o véiculo, foi interceptado por um desconhecido. "A partir daí, não se lembra de mais nada", conclui o texto. 

Atualização 

O G1 fez contato na tarde desta terça-feira com o Hospital Santa Mônica em busca de informações sobre o estado de saúde de Clever. A administração respondeu, por e-mail, que tentou contato com algum responsável pelo paciente em busca de autorização para a divulgação. "Infelizmente, por sigilo estabelecido por lei, o hospital não pode emitir qualquer tipo de informação sem autorização prévia", explicou. A Diocese de Divinópolis, que coordena a paróquia de São Sebastião do Oeste, na qual o padre Clever trabalha, ainda não se pronunciou sobre o ocorrido com o padre. A assessoria de imprensa informou que enviaria um posicionamento, o que ainda não ocorreu. A reportagem também telefonou para o motel, mas não foi atendida.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers