quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Ponto Novo Bahia: A velha tática batida dos prefeitos que não tem nada novo pra apresentar

A velha tática batida dos prefeitos que não tem nada de novo pra apresentar: Prefeitura de Ponto Novo realizará o recadastramento de servidores públicos

Pirotecnias: Prefeitura de Ponto Novo realizará o recadastramento de servidores públicos


O prefeito de Ponto Novo, Tiago Venâncio, assinou o decreto 017/2017 que “dispõe sobre o recadastramento dos servidores públicos do Poder Executivo Municipal e dá outras providencias”.
Segundo a publicação, o período de recadastramento acontece entre 05 e 27 de janeiro na Secretaria Municipal de Educação, das 08h às 13h.
Secretaria de Administração, de 05 a 09 de janeiro de 2017;
Secretaria de Saúde, de 10 a 13 de janeiro de 2017;
Secretaria de Educação, de 16 a 20 de Janeiro de 2017;
Secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente, Agricultura e Assistência Social, de 23 de janeiro a 27 de janeiro.
Para o recadastramento serão necessários os seguintes documentos:
01 Cópia de identidade;
01 Cópia da Carteira Nacional de Habilitação (em caso de motorista);
01 Cópia da certidão de nascimento, ou se casado (a) certidão de casamento ou declaração de união estável registrada em Cartório;
01 Cópia de certidão de nascimento dos filhos (caso tenha);
01 Cópia de comprovante de escolaridade com histórico escolar (Certificado, diploma);
01 Cópia de Portaria de Nomeação e termo de posse;
01 Cópia de comprovante de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF);
01 Cópia do documento de inscrição no PIS ou PASEP;
01 Cópia do Título Eleitoral;
01 Cópia da carteira de vacinação dos filhos menores de 07 anos;
01 Cópia do comprovante de frequência escolar dos filhos dos 07 aos 14 anos.
Fonte: Web Interativa

Comentário: Como eu já publiquei aqui neste blogue, em diversos artigos, fiquem atentos caros cidadãos e eleitores, pois todo prefeito que começa com as mesmas táticas de seus antecessores, sempre com as pirotecnias batidas, começando por mexer com servidores, pedindo recadastramentos, não passa de balela. Que me desculpem os gestores que tem essa ideia, mas, não cola. Todos sabemos que hoje em dia, há todas as informações nos sindicatos de cada categoria e no setor pessoal das prefeituras. Um gestor não toca fogo na papelada quando sai! Além disso recadastrar ou exonerar contratados é uma coisa, recadastrar concursados e efetivos, é apenas pirotecnia, pra demonstrar uma suposta transparência e os  velhos papinhos de "auditorias", na verdade auditorias feita nas "coxas', pois sai mandato e entra mandato e é tudo a mesma coisa. O povo já tá cansado desse tipo de espetáculo sem futuro. Este comentário vai ficar arquivado aqui, pra daqui há 4 anos relembrarmos aos eleitores se não foi justamente isso que aconteceu...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers