quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Péssimo atendimento na Bahia e em Capim Grosso: Saúde Pública ruim e humilhação - péssimo atendimento e má vontade

  péssimo atendimento e má vontade
Péssimo atendimento na Bahia: Saúde Pública ruim e humilhação - péssimo atendimento e má vontade

As UPAS deveriam atender as pessoas com mais respeito e carinho


Que a saúde pública no Brasil é revoltante, isso nós já sabemos desde quando descobriram o Brasil. Que a culpa é dos políticos desonestos, nós também já sabemos há muito tempo! Porém há outras coisas que também nos revolta e muito. Me refiro ao atendimento feito nos hospitais e clínicas, UPAS e Prontos socorros. A revolta maior é que ser maltratado no Brasil pelos políticos e poderosos, já sabemos bem dessa realidade, desde que nascemos, mas, ser humilhado, esculachado e ofendido por pessoas que são iguais a nós, é ainda mais revoltante. Me refiro a enfermeiros e atendentes, que são pessoas pobres como todos nós, que estão lá, pagos pelo povo e que tentam criar asas, dando uma de puxa-sacos, pra se aparecer! Isso sim é ainda mais revoltante que os políticos. E o pior é que vemos isso todos os dias país à fora, o que é um absurdo! 

A pessoa não procura uma UPA, um hospital ou um posto de saúde, por achar bonito não! Não vamos ao médico por que estamos felizes e cheios de contentamento, na verdade, vamos num momento de dor, de medo de dúvidas e de sofrimento. Portanto, chegar lá, pra ser maltratado, faz com que a pessoa fique ainda mais doente! Eu já narrei aqui, que no ano passado, uma pessoa saiu do Espanta Gado e foi buscar atendimento em Ponto Novo, com uma filinha doente e o médico plantonista, ou enfermeira, sei lá, ou os dois, sequer olharam na cara da pobre criança com febre! Partiu pra Queimadas e da mesma forma só aguentou massada! Que absurdo é esse? Só querem o cargo e ganhar dinheiro? Trabalhar nada? Ou a culpa é dos secretários idiotas que não orientam direito as equipes de saúde dos municípios? 

Agora aprenderam uma mania de quanto a pessoa vai procurar atendimento numa UPA ou num pronto socorro, vim logo com as seguintes lorotas: "porque não procura um especialista"? Não sabe que aqui só atende emergência? Ou se a pessoa é de outro município dizem logo: "porque você não foi no seu município? Meu amigo, ninguém vai no médico por diversão não! Vai porque tá se sentindo mal, porque tá precisando! E outra coisa, os recursos não são do prefeito ou da equipe que tá trabalhando não! Os recursos são públicos, o SUS é nacional! Não adianta querer se aparecer ou puxar o saco da direção e da gestão do município não! Em primeiro lugar, eles sequer vão agradecer e em segundo lugar, o papel de um profissional de saúde, é tentar ajudar ao máximo as pessoas e não humilha-las! Chega de agir com bestialidade! Façam seu papel que acima de tudo é de humanidade e generosidade. Não é porque vocês trabalham na saúde, que não vão passar por isso um dia não. Médico e enfermeiro também adoece. E a grande maioria também são pobres e vão penar um dia também quando chegar sua hora!

Uma pessoa de minha família procurou a UPA de Capim Grosso, porque estava com problema n ouvido e segundo relatos dela, foi muito mal atendida, com as mesmas lorotas que citei acima. Mandando procurar o município onde nasceu, mandando buscar atendimento especializado e dizendo que só atende emergência! Esse pessoal que trabalha em triagem de pronto atendimento acha que é alguma coisa, é um doutor "do Sírio Libanês" ou um monarca com poder de escolher quem vai ser atendido! Mas, não são nada! São pessoas comuns, pobres iguais a nós que um dia também vão adoecer! 

Quando a pessoa procura atendimento, faz isso, porque está mal, porque quer cura e não pra ser humilhado, debochado e ficar mais doente. O mal da saúde no Brasil não é só falta de recursos não. A verdade é que profissionais de saúde que queiram atender o povo de verdade, são muito raros. Além disso, secretários e prefeitos que tenham um pingo de humanidade e não tenham arrogância, são mais raros ainda. Mas, deveriam saber que prefeito, secretários, médicos e enfermeiros, também são humanos, também vão adoecer e também vão morrer um dia! Portanto, deixem de arrogância, cumpra seu papel e respeitem mais o povo. O povo muitas vezes precisa mais de carinho que de remédio! Foi por causa de uma gestão ruim que prefeitos de Queimadas, Itiúba, Filadélfia, Senhor do Bonfim, Capim Grosso, Ponto Novo e outras centenas de municípios, foram derrotados nas urnas, pois não tinham compromisso com o povo! Assim espero que a prefeita de Capim Grosso, que é medida, busque melhores equipes e melhor atendimento.

Rezemos pra que um dia esse estado crítico mude...

Redação do C7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers