sábado, 7 de janeiro de 2017

Corporativismo! Ampeb divulga nota de apoio a promotor acusado de violentar enfermeira em Juazeiro

Foto: Reprodução / Google Street View

Infelizmente Renan Calheiros tinha razão sobre os abusos no país!


A Associação do Ministério Público do Estado da Bahia (Ampeb) divulgou uma nota de apoio nesta sexta-feira (6) ao promotor de Justiça Rafael Santos Rocha que foi acusado de violentar enfermeira no hospital de Juazeiro (entenda aqui). A Ampeb ressaltou que o promotor nega as imputações de agressão física realizada pela enfermeira e que o requerimento do boletim médico compete ao promotor de Justiça. "Compete ao Promotor de Justiça, ao ser instado pelos pacientes ou familiares diante da notícia de inadequado atendimento ao direito à saúde por falta de vagas, adotar medidas administrativas ou judiciais para que a situação seja regularizada e, para tanto, o Ministério Público necessita das informações contidas no prontuário do enfermo", afirmou ressaltando que o Conselho Regional de Medicina (Cremeb) dispõe que as requisições do Ministério Público devem ser atendidas pelos profissionais de medicina, caso haja autorização de paciente ou representante legal. por Júlia Vigné

Comentário: Infelizmente, temos que admitir que Renan Calheiros tinha razão sobre a tal lei do Abuso de Autoridades. Sabemos bem quais as intenções dele e por isso, não poderíamos deixá-lo aprovar! Porém, este país precisa sim de uma lei do abuso. Não são fatos isolados ou raros que acontecem no país de abuso de autoridades, desde guardas, até policiais, promotores e juízes ou delegados! E não adianta corregedorias, conselhos, códigos, tribunais ou associações, pois elas sempre serão corporativistas! Precisamos de uma lei mais clara sim, pois tem pessoas que tem cargos onde elas se acham deuses...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers