quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Acorda governador! Violência na Bahia está tomando proporções insuportáveis

BANDIDO LEVA TIRO E MORRE AO ARROMBAR RESIDÊNCIA EM PONTO NOVO.
Homem morto em Ponto Novo Bahia

"Justiça" com as próprias mãos


A insegurança na Bahia vem tomando proporções inimagináveis, sem que a população ouça um plano sequer do comando das polícias do estado, enquanto o governador (que parece dormir em berço explendido) não fala nada. Fica pela Bahia inaugurando obras, no velho estilo do PT, quando está em crise, sem sequer apresentar um plano pra combater a violência que está assolando o estado inteiro. É claro que este não é um problema apenas da Bahia, mas, cada governador tem que tomar suas providências. Essa onda de execusções todos os dias, na capital e no interior, está desesperadora. Sempre encapuzados, que nunca são pegos, chegando e executando pessoas. Será que a polícia não tem um centro de inteligência e investigação, nunca vê 2,, 4 ou mais elementos passando em motos e não podem parar pra revistar motoqueiros suspeitos? Nunca parecem saber de nada? Em Queimadas há poucos dias, tem 2 execuções, em sequência, com diferença de minutos, o mesmo ocorrendo dias depois em Santaluz! E pra preocupar, pessoas fazendo justiça ou injustiça com as próprias mãos, tudo porque quem está fora da lei não está sendo preso.

Ainda nesses últimos dias, aconteceu mais um crime bárbaro em Ponto Novo, onde achei muito estranho, que todos os blogues de notícia e sites da cidade sequer noticiaram, nem mesmo site da região, ficando de celular a celular fotos e versões do assassino, numa história muito mal contada. Ao que parece mais uma execução, corriqueira, como vem acontecendo em toda Bahia. Segundo o Dr. Delegado Edilzo Santana, que responde pela cidade irá apurar o caso, segundo informou ao Maravilha Notícias. Na versão do assassino, por volta das 22h55min da última segunda-feira (16), durante uma tentativa de roubo, um bandido foi morto ao arrombar uma propriedade na localidade em Reassentamento na zona rural de Ponto Novo. De acordo com relatos da polícia, três bandidos adentraram o quintal da residência do senhor de prenome Juraci, que ao perceber o latido dos cães, se levantou e ainda avistou os bandidos em seu quintal, sendo que um deles com uma camisa encobrindo o rosto e armado com facão se aproximou da porta e a arrombou com uma estaca, adentrando a casa. Para a surpresa do bandido, o dono da casa já lhe aguardava e disparou um tiro com uma espingarda tipo fabricação caseira, atingindo o pescoço na ‘jugular’ do bandido que foi a óbito no local, os demais ladrões ao ouvirem o tiro se evadiram. O elemento morto foi identificado como GENILSON ALVES DOS SANTOS, 33 anos, com o qual foi encontrado uma trouxinha de maconha, um celular e uma carteira sem documentos, seu corpo foi levado para necropsia em Juazeiro. De acordo com o proprietário da casa, essa não foi a primeira vez que os meliantes lhe roubaram, acredita-se que dessa vez eles estavam tentando roubar o dinheiro das vendas de umas carradas de palmas, realizadas recentemente pelo dono da casa.

O estranho é o assassino saber qual o motivo da ida dos caras a sua propriedade e ele já está armado aguardando essa tal visita. Se ele sabia quem era porque não denunciou a polícia evitando essa execução? Segundo, uma espingarda de fabricação caseira faz esse estrago todo? Ele chamou o socorro ou ligou pra polícia na mesma hora? Ele sabia o dia e a hora que os elementos iriam a sua residência pra fazer uma emboscada? Não seria melhor contactar a polícia?

São esses crimes sem solução e que ficam impune, com pessoas agindo com as próprias mãos que vão entornando o caldo e gerando violência por cima de violência! A cada dia a segurança pública da Bahia vai perdendo o controle, com a polícia sempre cinquenta passos atrás dos bandidos ou de pessoas violentas, que quer dar uma de sniper atrás da porta, querendo fazer justiça com as próprias mãos, mas, violência gera sempre mais violência. Assim como ele atirou em um e os outros fugiram, se era uma espingarda caseira mesmo, os outros dois poderiam tê-lo matado facilmente. Por isso, essas histórias sempre tem versões mal contadas e que precisam sempre serem investigads a fundo. Matar e querer dar uma de justiceiro, nunca é a solução e só gera execuções, como estamos vendo todos os dias na Bahia e no Brasil. E ainda tem deputados irresponsáveis e líderes de movimentos, defendendo a proliferação das armas. Com a desculpa de que "não desarmam o bandido, então tem que armar o cidadão". Ora, ora, se a polícia sofre na mão dos bandidos, o que o cidadão vai poder fazer contra o crime? A polícia e até forças especiais estão amedrontados com as facções, imagina o cidadão comum. Esse cidadão que diz ter matado com uma espingarda caseira, pensa que ele teria sorte na mão de bandidos de alta periculosidade? Se ele esperou, é poque ele sabia quem eram, duvido que ele esperasse se soubesse que era um traficante poderoso e perigoso?

Não tem que armar o cidadão, tem que desarmar o bandido e o Estado brasileiro nunca fez isso porque não quis, assim como a indústria de armas, jamais vai querer que a guerra se acabe... Mas, temos que lutar pela paz e não pela guerra. Vemos que no trânsito "machões" matam por caus ade uma buzinada, imagina se armarem todo mundo. Os EUA tá cheio de chacina e de armas, vejam se não estão todos paranoicos por lá...

Esperamos que Rui Costa trace algum plano de segurança pra evitar tanto derramamento de sangue...

Redação do C7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers