segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

"Advogados inconvenientes": Moro volta a gritar com advogados de Lula em audiência


Defensores do ex-presidente reclamaram de pergunta do Ministério Público e interromperam procurador três vezes


O clima voltou a ficar tenso nesta segunda-feira entre o juiz federal Sergio Moro e os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em mais uma audiência das testemunhas de acusação no processo em que o petista é réu na Operação Lava Jato. Assim como havia ocorrido nas primeiras oitivas da ação penal, Moro levantou o tom de voz diante de interrupções da defesa do ex-presidente ao longo do depoimento da engenheira da OAS Marilza da Silva Marques.
Os advogados de Lula protestaram contra uma questão do Ministério Público Federal à testemunha sobre a visita da ex-primeira-dama Marisa Letícia ao tríplex 164-A do condomínio Solaris, no Guarujá (SP), e interromperam três vezes o procurador do MPF que tentava fazer a pergunta. Responsável pelo atendimento a compradores de imóveis da OAS, Marilza Marques foi uma das funcionárias da empreiteira que acompanharam a mulher de Lula inspeção no apartamento.

Ela foi questionada pelo MPF se Marisa Letícia e Fábio Luís, o filho mais velho do ex-presidente, que também participou da visita, foram tratados por Léo Pinheiro e Paulo Gordilho, ex-executivos da OAS, como potenciais clientes ou como pessoas às quais o apartamento já havia sido destinado.

LULA É DESMASCARADO EM PROGRAMA DE TV QUE MOSTRA TODOS OS CRIMES COM RIQUEZA DE DETALHES

  

Deu-se então, o seguinte diálogo entre Juarez Cirino, um dos advogados de Lula, e Moro (acompanhe no vídeo abaixo):
Advogado: Fica um protesto aqui de novo, Excelência…
Sergio Moro: Doutor, o doutor está sendo inconveniente, doutor. Está sendo inconveniente…
Advogado: A defesa não é inconveniente na medida em que estamos no exercício da ampla defesa…
Sergio Moro: Já foi indeferida sua questão, já foi indeferida sua questão, doutor.
Advogado: Vocês não podem cassar a palavra da defesa…
Sergio Moro: Posso, doutor, por estar sendo inconveniente…
Advogado: Não pode, porque estamos colocando uma questão muito importante, relevante, o procurador da República está pedindo a opinião da testemunha e ele não pode…
Sergio Moro: Doutor, o senhor está sendo inconveniente! Já foi indeferida sua questão, já está registrada e o senhor respeite o juízo!
Advogado: Eu, mas escute, eu não respeito Vossa Excelência enquanto não me respeita como defensor do acusado…
Sergio Moro: O senhor respeite, o senhor respeite o juízo! Já foi indeferido.
Advogado: Vossa Excelência tem que me respeitar como defensor do acusado, aí então Vossa Excelência tem o respeito que é devido a Vossa Excelência, mas se Vossa Excelência atua como acusador principal, Vossa Excelência perde todo o respeito.
Sergio Moro: Sua questão já foi indeferida, o senhor não tem a palavra… A senhora pode responder essa questão? Ela era tratada como adquirente em potencial ou uma pessoa à qual o imóvel já tinha sido destinado?
Testemunha: Tratada como se o imóvel já tivesse sido destinado.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers