domingo, 11 de dezembro de 2016

2017 chegando! Novas gestões municipais e velhas lorotas

recadastramento de funcionários
2017 chegando! Novas gestões municipais e velhas lorotas

Estratégias batidas dos novos prefeitos


Pois é pessoal, novas administrações estão chegando nos municípios a partir de 2017. As velhas promessas são as mesmas, com as novas ações reais, muito poucas. Ainda é muito cedo pra cravar o que vai ou não melhorar. Mas, em especial no interior, sabemos que muito pouco muda nos municípios, até porque em geral só mudam os prefeitos, pois as câmaras continuam com praticamente a mesma composição e as secretarias e todo pessoal dentro da gestão da prefeitura, também muda muito pouco. Tem pessoas que passa a vida dentro das prefeituras, sempre passando pro lado que vai ganhar.

E se já esperávamos muito pouco dos políticos, em 2017 o pessimismo é ainda maior, tanto pela crise econômica que assola o Brasil, quanto pela crise política que arrasa as chances de recuperação. E somado a isso tudo, a fraca capacidade e empenho dos gestores, uma gestão atrás da outra, sempre de pior a pior, com falta de responsabilidade, desinteresse em administrar bem e pouco se lixando pro povo. Assim tem sido em quase 100% dos municípios brasileiros. E a região do Sisal, Queimadas, Itiúba, Cansação, Santaluz, Conceição do Coité, Capim Grosso, Quixabeira, Mairi, Várzea da Roça ou diversos outros municípios, como Senhor do Bonfim, Filadélfia, Campo Formoso ou Jaguarari, o povo já está muito cansado e desiludido com gestões catastróficas. E mesmo que as lorotas tenham cara de nova (pois todo mundo sabe como resolver os problemas na campanha, mas, esquecem quando ganham) as promessas e estratégias são sempre manjadas.

Duas características de uma gestão fracassadas, que você caros leitores poderão verificar em seu município, são as seguintes, que observamos nas últimas décadas em todas as cidades: os novos prefeitos sempre tem algumas manias que chamamos de "engana trouxas", sempre no inicio da gestão, deixando claro que será igualzinho ao antecessor - todo prefeito que entra, vem sempre com as mesmas lorotas. A mais manjada de todas, que gostam muito de utilizar em nossa região, Queimadas, Itiúba e os demais é o seguinte. Costumam inventar de cara um tal "RECADASTRAMENTO DE FUNCIONÁRIOS". Essa estratégia batida e demagógica é pra dizer que será uma gestão moderna, transparente, organizada e que irá cortar irregularidades. Mas, é desculpa que não se sustenta. Não passa de balela. É apenas pra tentar dar uma justificativa a falta de ideias e pra mexer com o funcionário. E percebam, toda administração que começa por recadastramento de funcionários, serão as piores, em especial pro servidor. Primeiro, porque eles não vem com essa ideia batida e ultrapassada pra melhorar a gestão e cortar gastos, mas, apenas pra tentar mexer na estabilidade dos funcionários, ou até mesmo perseguir alguns deles. Segundo, ninguém tem a intenção de diminuir a folha, apenas querem tirar desafetos, pra colocar outros apadrinhados.

Mas, porque recadastramento de funcionários não passam de lorotas dos novos gestores? Simples! Porque todo setor pessoal já tem toda documentação e eles sabem todos os dados de cada um. Sabem quem trabalha, quem não trabalha e quem está ou não em seus cargos. Eles sabem disso, antes mesmo de se elegerem! Além do mais, os sindicatos de cada categoria, poderia dar todas as informações necessárias e tem todos os dados, podendo levantar rapidamente, sem precisar colocar o funcionário pra marchar inutilmente. Será que cada gestão que sai joga a papelada no lixo ou queima? Será que no setor pessoa eles não tem todos os dados de todo funcionalismo? Claro que tem! O correto é que verificassem apenas os funcionários contratados, coisa que eles podem verificar rapidamente, sem comprometer a vida dos funcionários efetivos. Porém essa é sempre uma estratégia batida, que toda nova gestão sem ideia, tenta fazer pra ludibriar de novo o povo de seu município! Eles não estão a fim de colocar funcionário pra fora que seja fantasma ou que ganha mais que deveria, pois eles tem todos os dados na secretaria e setor de pessoal, além de sindicatos que podem passar qualquer tipo de informação. Eles fazem isso, só pra encenação, pois se no começo da gestão eles colocam esse ou aquele funcionário pra fora, depois eles colocam outros apadrinhados. Tanto é verdade, que a maioria das gestões desse último mandato no Brasil e na Bahia, tiveram as contas rejeitadas por excesso de pessoal!

Bem, a segunda estratégia manjada e batida, que todo novo gestor usa pra dizer que será uma gestão eficiente e moderna, é dizer que fará uma auditoria no município, coisa que nenhum deles nunca fazem, apenas ludibriam o povo e usam isso pra comer a grana que dizem gastar com determinadas empresas auditoras. Uma outra jogada que eles acham ser de mestre, mas, que a população capta facilmente como sendo apenas "engana trouxa" é dizer que contrataram uma empresa "eficiente de contabilidade", pra auxiliar e assessorar na gestão do município! Todas as gestões que fizeram isso, foram as piores. Especialmente, os prefeitos que contratam assessorias, são as piores gestões em cada município. Portanto, caros leitores, fiquem atentos em seus municípios. E que os sindicatos das categorias, se neguem em cair nesses engôdos e que defendam com mais veemência o funcionário, que é o primeiro a ser feito de trouxa! Oremos para que os novos gestores, não venham com essas ideias idiotas que não ajudam em nada os municípios... Abraço a todos!

Da redação do C7 Notícias.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers