terça-feira, 25 de julho de 2017

Jornalista é apontada como nova namorada do prefeito ACM Neto


A jornalista e apresentadora carioca, Wanda Grandi, vem sendo apontada como a nova namorada do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). Na noite desta segunda-feira (24), a jornalista foi vista ao lado do prefeito e da família do mesmo, na festa de comemoração dos 10 anos do Baile O Glamour dos Anos Dourados, no Cerimonial Rainha Leonor, na Pupileira, em Nazaré. Segundo testemunhas, o prefeito estaria com um novo romance, desde abril deste ano. O colunista Léo Dias já havia publicado que ACM Neto estava “aos beijos” com Wanda, no ‘Baile da Favorita’, em maio desse ano. Recentemente, a jornalista chegou a declarar que teria desistido da carreira de apresentadora de TV, para se dedicar a causas sociais.

Mulher é presa ao tentar entrar em presídio na Bahia com droga na vagina


Uma jovem foi presa ao tentar entrar no Presídio Regional de #Paulo Afonso, município localizado na Região Norte da #Bahia, cerca de 450 Km de Salvador, com drogas nas partes íntimas, na manhã do último sábado (22), por volta do meio-dia. A mulher, identificada como Maria Aparecida Vieira Cavalcanti, de 18 anos, residente no Bairro Tancredo Neves 03, na mesma cidade, foi detida durante revista feita por agentes penitenciários, que localizaram 116 gramas de maconha na região íntima da mesma. Após ser flagrada na revista, a jovem confirmou que a droga seria entregue ao seu marido Genilson da Conceição, preso há 10 meses no presídio por tráfico de entorpecentes.

Maria foi detida e conduzida à Delegacia de Polícia da cidade para que as devidas providências sejam tomadas. Na mesma semana, mais drogas foram encontradas no Presídio Regional de Paulo Afonso durante fiscalização de rotina. Além de drogas, vários utensílios de uso proibido foram apreendidos no interior das celas, como armas artesanais e celulares. No total, foram encontrados 16 aparelhos celulares, 35 papelotes de uma substância que aparentava ser cocaína, 2 facas artesanais, 1 faca tipo "peixeira", 2 baterias de celular e 1 pen drive. A operação foi realizada na última terça-feira (18) pela #Polícia Militar, juntamente com agentes penitenciários e homens da CIPE-CAATINGA. Devido aos inúmeros casos de drogas, celulares e armas encontrados, o presídio de Paulo Afonso terá em breve um equipamento de última geração para detectar esses objetos, que será de extrema importância no trabalho de fiscalização.

A solicitação foi feita pelo Diretor do presídio, Major Jorge Júnior, ao Governo do Estado da Bahia. Os scanners irão substituir as revistas feitas em detentos e visitantes, principalmente as mulheres, que não podem ter mais revista íntima com a aprovação da lei 13.271/2016. Com a instalação dos detectores, o tempo de revista vai ser reduzido de 12 para 10 segundos. O scanner permite identificar objetos ilícitos, como drogas, armas, aparelhos celulares e até chips de telefone, que possam ser colocadas nas roupas ou em qualquer parte do corpo dos visitantes. Enquanto os equipamentos não chegam, as revistas continuam, com exceção às íntimas em mulheres. “Seja sob as vestes ou no interior do corpo, qualquer objeto será identificado pelo aparelho. É impossível burlá-lo”, disse Major Jorge.

Impunidade! TJ livra da prisão filho de presidente do TRE-MS, preso com munições e 129 kg de maconha

Fotos: Reprodução / TV Morena / Montagem BN

Filho da presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul (TER-MS), Breno Fernando Solon Borges, de 37 anos, teve sua prisão preventiva substituída por uma internação provisória em uma clínica médica. A decisão foi tomada pelo desembargador José Ale Ahmad Netto, do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-MS) na sexta-feira (21). A desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, mãe de Breno, também integra a corte. Segundo informações do portal JC Online, ele foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no dia 8 de abril, no município de Água Clara, com 129,9 kg de maconha e 199 munições de calibre 7.62 e 71 munições de calibre 9 milímetros, que é um armamento de uso restrito das Forças Armadas do Brasil (FAB). Ao anexar os laudos médicos ao processo, a defesa atestou que ele sofre com a Síndrome de Borderline, que consiste no “desvio dos padrões de comportamento”, expresso através de “alterações de cognição, afetividade, funcionamento interpessoal e controle de impulsos”. Com isso, o desembargador Ruy Celso Barbosa Florence aceitou o pedido de habeas corpus, mas Breno não conseguiu deixar o presídio por conta do mandado de prisão preventiva, expedido pela Polícia Federal (PF). De acordo com o portal, ele foi apontado pelo Ministério Público como "mentor" de um grupo que planejava fugas da Penitenciária de Três Lagoas, que é de segurança máxima. Já a reportagem veiculada no G1 MS explica que o nome de Breno apareceu em um dos celulares apreendidos no presídio. Após análises, a polícia então constatou que ele auxiliaria na fuga do preso, considerando ainda que ele chegou até a se deslocar para a cidade, a fim de executar a ação criminosa. Agora, com a segunda decisão do TJ-MS, o filho da desembargadora já está em uma clínica médica, cujo nome não foi divulgado. Tanto a defesa de Breno quanto a desembargadora não se pronunciaram sobre o caso.

TRF-4 MANTÉM BLOQUEIO DE BENS DE LULA



O desembargador federal João Pedro Gebran Neto, relator dos processos da Lava Jato no TRF-4, negou o pedido da defesa de Lula para impugnar o sequestro dos bens do ex-presidente, condenado a 9 anos e 6 meses no caso do triplex do Guarujá. Está mantida a decisão de Sérgio Moro, que, a pedido do MPF, determinou o bloqueio em razão de uma necessidade futura de reparação de dano em favor da Petrobras.

Procuradoria finaliza inquéritos do 'quadrilhão' da Lava Jato

Foto: José Cruz / EBC / Fotos Públicas

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, planeja encerrar as investigações sobre as supostas organizações criminosas formadas por partidos políticos antes do término do seu mandato, em meados de setembro. O objetivo é oferecer ao menos quatro denúncias, com base na primeira "lista do Janot" de 2015, contra o PP, PT e PMDB - neste último, serão duas denúncias, uma contra o grupo da Câmara e outra contra o grupo de senadores. A expectativa, segundo fontes com acesso às investigações, é de que com essas denúncias Janot consiga deixar a Procuradoria-Geral da República com os políticos já na fila para se tornarem réus no Supremo Tribunal Federal (STF). Com base nas delações do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, Janot abriu um inquérito em 2015 para apurar crime de formação de quadrilha de parlamentares dos três partidos. Com o andamento da investigação, ele decidiu desmembrar o inquérito em investigações separadas. Dentre as quatro acusações formais que estão sendo produzidas, a que está em um estágio mais avançado é a contra os integrantes do PP. No inquérito sobre o PT, estão entre os investigados o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os ex-ministros Jaques Wagner, Antonio Palocci e Ricardo Berzoini. Já o inquérito sobre o PMDB da Câmara deverá envolver o presidente Michel Temer, uma vez que a Procuradoria-Geral da República solicitou que seu nome seja incluído no rol de investigados. Em relação ao PMDB do Senado, o jornal O Estado de S. Paulo mostrou em março que as revelações da Odebrecht reforçaram a investigação. Para os procuradores, a narrativa deu peso à tese de que há um comando político para usar do seu poder com o objetivo de obter recursos indevidamente. São investigados os senadores Romero Jucá (RR), Edison Lobão (MA) e Renan Calheiros (AL). Procurada pela reportagem, a direção do PT informou que não iria se manifestar. Já os outros partidos não responderam aos contatos. Uma questão a ser enfrentada pelo Ministério Público será estabelecer qual dos partidos exercia liderança no esquema criminoso na Petrobrás e em seus desdobramentos. Um investigador ouvido pelo Estado disse que será difícil fazer juízo de valor, já que os supostos grupos criminosos não se organizavam de forma hierárquica. Para esse investigador, o exercício do poder era episódico a depender da área de influência e dos interesses de cada grupo. A organização seria mais parecida com um sistema de partilha do que com uma hierarquia verticalizada, com um partido sempre comandando os outros. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. por Fabio Serapião | Estadão Conteúdo

Folgados e fogosos em Vitória da Conquista: Casal é detido fazendo sexo em veículo após bater em viatura policial

Foto: Reprodução / LeiaJá

Tentando fugir de uma abordagem policial, um casal que estava fazendo sexo dentro do carro acabou colidindo o veículo contra uma viatura. O caso aconteceu na região de o Tapetão, em Vitória da Conquista na noite desta segunda-feira (24). A Polícia Militar explicou ao G1 que a guarnição estava fazendo ronda quando viu um carro com atitude suspeita e resolveu abordar. Neste momento o motorista do carro arrancou com o veículo, fez uma manobra e voltou em direção à viatura em alta velocidade. Os policiais atiraram no carro, mas o condutor não parou e bateu frontalmente com a viatura. Ninguém ficou ferido. O casal saiu do carro sem roupas e com as mãos ao alto, alegando que não perceberam que era uma abordagem policial. Eles foram apreendidos e encaminhados para delegacia, mas, após realizar os devidos esclarecimentos foram soltos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers