domingo, 23 de julho de 2017

Fatalidade! “Fui levar minha filha para se divertir e a vi morrer”, desabafa mãe de menina sugada por piscina


A funcionária pública Cyntia Leite Rodrigues, 29 anos, vive momentos de dor depois que a filha Rachel Rodrigues Novaes, 7, morreu afogada ao ter o cabelo sugado por um ralo na piscina de um hotel. “Fui levar minha filha para se divertir e a vi morrer”, diz, abalada, em entrevista ao G1. A família vive em Guarujá, São Paulo, e passava final de semana em Balneário Camboriú (SC), para conhecer um parque de diversões. No domingo (16), mãe e filha voltariam da excursão e resolveram aproveitar a piscina do hotel. “Nós tínhamos acabado de sair da praia e as crianças queriam ir para a piscina. Chegamos, dei um banho e coloquei o biquíni nela novamente. Nós descemos, ela entrou com outras crianças, enquanto fiquei conversando com outras mães. Estava tudo bem, mas eu tinha me esquecido de levar a toalha”, conta Cyntia. Ela então pediu que outras mães olhassem Rachel e foi buscar a toalha – ação que durou menos de 10 minutos. Quando saiu do elevador, Cyntia começou a ouvir gritos e achou que alguma briga estava acontecendo. “Quando olhei para a piscina, tinha uma mãe tentando puxar alguém e um homem ao lado dela fazendo o mesmo. Uma outra mãe falou: ‘É a Rachel’. Eu entrei ali e comecei a puxar”, relembra. A mãe ainda correu para a cozinha do hotel, que fica próxima, para tentar pegar uma faca e cortar o cabelo da filha, o que não conseguiu – a porta estava fechada e ninguém abriu. Ela então voltou à piscina e dessa vez conseguiu, com os outros, retirar Rachel da água. “O ralo veio junto com o cabelo dela”. No local, a criança recebeu primeiros socorros. Equipes do Samu e Bombeiros chegaram, mas já encontram a menina sem vida. O corpo de Rachel foi velado e sepultado na segunda-feira (17). A família vai processar o hotel, por descobrir que o locão não tinha um dispositivo de segurança antisucção na piscina.

Famosos: William Bonner é fotografado pela 1ª vez com nova namorada; veja




O apresentador William Bonner foi clicado pela primeira vez neste sábado (22) ao lado de sua nova namorada, Natasha Dantas. O jornalista e a fisioterapeuta almoçaram juntos em um restaurante simples no bairro do Horto, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Essa é a primeira vez que o apresentador do “Jornal Nacional” aparece acompanhado desde o fim de seu casamento de 26 anos com Fátima Bernardes. Apesar de ainda não ter assumido publicamente o relacionamento, segundo o colunista Leo Dias, do programa “Fofocalizando”, do SBT, Bonner e Natasha já viajaram juntos e curtiram um final de semana em Secretário, distrito de Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, em abril.




Violência: Policial Militar é morto a tiros no interior da Bahia


O policial militar Marcos Tiago Santos Reis, de 25 anos, morreu após ser baleado na tarde de sábado (22), em Alagoinhas, a cerca de 108 km de Salvador. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o crime é investigado pela 2ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Alagoinhas). Segundo a SSP, um homem ficou ferido na ocorrência e foi ouvido por equipes da Polícia Civil. O conteúdo do depoimento ainda não foi divulgado. A Polícia Militar informou que o crime ocorreu na Rua Benício Macedo, na Praça Santa Isabel, por volta das 14h. O soldado foi socorrido para o Hospital Regional Dantas Bião, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ainda conforme a SSP, o policial que foi morto era lotado na 40ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Nordeste de Amaralina) e estava afastado das suas funções devido a problemas psiquiátricos. Quem tiver informações sobre o crime pode entrar em contato com a polícia por meio do número 181 (Disque Denúncia da SSP para o interior). O soldado integrava o quadro funcional da PM há seis anos. Ainda não há informações sobre o sepultamento do policial. (Com informações do G1/BA)

Crise hídrica na Bahia: Barragem do Aipim volta a transbordar e alegra moradores da região de Senhor do Bonfim


A Barragem do Aipim, que abastece os municípios de Antônio Gonçalves e Campo Formoso, voltou a transbordar, E agora já está contribuindo com a Barragem de Ponto Novo através do rio Aipim, desaguando no Rio Itapicuru A Embasa também está aduzindo água bruta da Barragem para a do Prata, que atende algumas localidades de Senhor do Bonfim No início deste ano, a barragem oscilava apresentando números preocupantes. Em meio a grande estiagem na região, a barragem chega ao seu armazenamento máximo. Fonte: Blog do Walterley




Ganância! MP investiga mais de 30 prefeitos do interior baiano por nepotismo

Prefeitura de Santaluz informou que já tomou providências em relação a recomendação feita pelo Ministério Público | Foto: Notícias de Santaluz/ Arquivo

Pelo menos 31 prefeitos de cidades baianas decidiram afrontar as leis e nomearam familiares para comandar secretarias e cargos comissionados no interior baiano já nos primeiros meses do mandato, iniciado em janeiro passado. O levantamento, realizado pelo Correio24horas com auxílio do Ministério Público Estadual (MP), identificou que irmãos, tios, esposas e maridos são empregados pelos gestores. O processo do MP mais recente foi contra o prefeito de Biritinga, Antônio Celso Avelino de Queiroz (PDT), que colocou duas filhas e um genro para comandarem secretarias. Segundo a promotora Letícia Queiroz de Castro, as nomeações são ilegais e não foram realizadas em prol do interesse público, “mas visivelmente em nome do proveito dos familiares da própria autoridade”. A reportagem do Correio disse que procurou o prefeito, mas ele não foi localizado para comentar a denúncia. Em Santaluz, a prefeita Quitéria Carneiro Araújo (PSD) não cumpriu a recomendação para exonerar o marido e ex-prefeito Joselito Carneiro de Araújo Júnior da Secretaria da Administração. O MP informou que novas diligências estão sendo implementadas antes da tomada de medidas judiciais contra Quitéria. Procurada pelo Notícias de Santaluz, a prefeitura informou que parentes de primeiro ou segundo grau de secretários municipais foram exonerados atendendo à recomendação feita pelo Ministério Público Estadual, e que não há nenhum cruzamento na nomeação de parentes entre os poderes executivo e legislativo. Nos casos de secretários com parentesco no primeiro escalão do governo, a exemplo do ex-prefeito e atual secretário de Administração do município, Júnior do Max, e do secretário de obras José Haílton Carneiro de Oliveira, que é pai do vice-prefeito Marcinho, a prefeitura informou que as nomeações foram justificadas com atestado de capacidade técnica. “Com relação à nomeação do ex-prefeito Júnior, por exemplo, foi levado em conta a sua vasta experiência na administração pública, adquirida ao longo dos oito anos em que foi gestor desse município, tendo atuado sempre com eficiência e eficácia, o que serve de pré-requisito para auxiliar qualquer gestão, e que até o momento não foi questionado pelo Ministério Público. José Haílton também possui experiência em gestões anterios, onde atuou como secretário em outras áreas”. Notícias de Santaluz
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers