domingo, 4 de junho de 2017

Chuva diminui no Nordeste, mas, frentes frias na costa da Bahia vão provocar um aumento de chuva no litoral baiano


Primeira quinzena de junho com pouca chuva.


Depois de uma segunda quinzena de Maio muito chuvosa em algumas áreas da região Nordeste, com recordes de volume de chuva para o mês, Junho começa com menos chuva e grandes áreas com tempo firme. As áreas de instabilidade perderam força sobre a Região, inclusive na costa, dando lugar a uma grande massa de ar seco, que vai predominar ao longo da próxima semana. De acordo com o mapa abaixo, chuva acumulado para a próxima semana, os maiores acumulados estão concentrados na costa, mas ainda não são significativos, e estão associados à instabilidades que avançam do mar. Até o meio do mês, apenas frentes frias que conseguem chegar na costa da Bahia vão provocar um aumento de chuva no litoral baiano. Nas demais áreas, o predomínio é de tempo mais aberto e firme. (Climatempo)

JBS: Irmãos Batista compram jato executivo mais caro e rápido do mundo


Após toda a polêmica envolvendo a divulgação de uma gravação do Presidente da República Michel Temer, os irmãos Joesley e Wesley Batista estão comprando o jato executivo mais rápido e caro do mundo. De acordo com o colunista Lauro Jardim, uma das empresas dos irmãos está adquirindo seu segundo jato G650, que vale em torno de US$ 74 milhões. O modelo pode transportar até 18 passageiros e tem a capacidade de viajar entre São Paulo e Nova York sem escalas.

Veja quem é Joesley Batista e como o Grupo JBS cresceu nos últimos anos



Fantastico -Tadeu Schmidt mostra o esquema de corrupção da Cobertura da mãe de Aécio Neves


Conheça como começou a JBS! Tadeu Schmidt Explica


PGR: Janot liga troca de Serraglio por Torquato a 'pressões' de Aécio

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ligou, na denúncia oferecida contra Aécio Neves (PSDB-MG), a troca de Osmar Serraglio por Torquato Jardim no Ministério da Justiça a pressões que o senador tucano teria feito para barrar a Operação Lava Jato. O senador afastado é alvo de denúncia por corrupção passiva pelo suposto recebimento de R$ 2 milhões em propina da JBS e por obstrução de Justiça por tentar impedir os avanços da mais pesada ofensiva já realizada no País contra a corrupção. Janot também pediu a abertura de um novo inquérito para investigar crime de lavagem de dinheiro. Na denúncia contra Aécio, o procurador cita a mudança na pasta da Justiça, alvo de diálogos de Aécio e outros políticos que tinham interesse na saída de Serraglio, apontado como "fraco". "Após a deflagração da "Operação Patmos" em 18 de maior, e a revelação do envolvimento do próprio presidente da República Michel Temer em supostos atos criminosos, a pressão do senador Aécio Neves e outros investigados intensificou-se, e Osmar Serraglio foi efetivamente substituído no Ministério da Justiça por Torquato Jardim, conforme anúncio feito na data de 28 de maio de 2017, um domingo, com nomeação efetiva no decreto presidencial publicado no Diário Oficial da União de 31 de maio de 2017, mesmo documento em que consta a exoneração de Serraglio", afirma Janot. De acordo com o procurador, diálogos gravados pelo empresário Joesley Batista, acionista da JBS e delator que deu origem à Patmos, já demonstravam o descontentamento de Aécio com a atitude "omissiva" do então ministro Serraglio para "mexer na PF", "deixando de realizar trocas que fossem alinhadas aos interesses dos investigados". "Essa reclamação já havia chegado ao presidente Michel Temer, provavelmente no dia 23 de março de 2017, numa reunião onde estavam Trabuco Luiz Carlos Trabuco, presidente do Bradesco, uma pessoa de nome Pedro, os quais, segundo Aécio, estavam todos pressionando combinado com a gente", afirma Janot. O procurador-geral da República ainda menciona, para cravar a suposta influência de Aécio sobre a troca no ministério, em prol de se esquivar da Lava Jato, uma gravação com o senador José Serra. Nesse diálogo, Serra pediu a Aécio - ora afastado do Congresso por decisão de Fachin - que intercedesse junto a Temer em uma possível troca no Ministério da Justiça. Serra afirma estar "preocupado" e chama atenção para a necessidade de um ministro da Justiça "forte". O nome sugerido por Serra não era o de Torquato. Ele queria o Jungmann, referência ao atual ministro da Defesa Raul Jungmann. "Não precisa ser da área, porque vai ficar da área… vai ficar aquele problema todo. Alguém como o Jungmann daria, entende? Bem assessorado, tal. O fato é que tem que por alguém com força. Não para fazer nada arbitrário, mas para que as coisas tenham um caminho, né? de desenvolvimento, tudo", afirmou Serra. O tucano paulista ainda avalia que Serraglio "foi um bom deputado", "pode ir para outro Ministério", mas que não teve "condições iniciais". "Essa insatisfação com uma certa tibieza do então ministro Osmar Serraglio é reforçada numa ligação telefônica entre Aécio e o senador José Serra", afirma Janot, na denúncia criminal contra o tucano de Minas. por Breno Pires, Isadora Peron e Luiz Vassallo | Estadão Conteúdo

Gostosa! Julia Paes lança marca de lingerie e exibe corpaço em ensaio


Mulher irresistível


Julia Paes, que agora atua como cantora, lançou a sua própria marca de lingeries que tem como foco as mulheres exigentes, ousadas e românticas, que buscam conforto e luxo, aliados à sensualidade. Participando desde a criação das peças até a escolha dos tecidos que são utilizados durante a confecção, Julia Paes acredita que os seus maiores clientes serão os homens. “Eles adoram surpreender as suas parceiras. Quando a mulher se sente bonita e segura, o homem só tem a ganhar”, comentou a cantora. Quanto ao processo de criação, Julia Paes também comentou a respeito. “Todo o processo de confecção foi feito com muito capricho, desde a escolha dos tecidos ao acondicionamento das peças. Em menos de um mês de lançamento, as peças tiveram repercussão internacional e a marca By Julia Paes, já recebeu proposta para levar sua coleção ao exterior, comemora Julia Paes, que também presenteia o público com ensaios fotográficos de muito bom gosto.



A "choradeira" dos advogados de Temer, no STF e no TSE, contra Rodrigo Janot

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot | Foto: STF

Palácio do Planalto acusa Janot de 'irresponsabilidade jurídica'


Assessores próximos de Michel Temer acusam o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de "irresponsabilidade jurídica e intelectual" ao afirmar que o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), preso neste sábado (3) pela Polícia Federal, é o "verdadeiro longa manus" do presidente. A estratégia do Palácio do Planalto, agora, será enfrentar o Ministério Público e o relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin. Para embasar a crítica a Janot, auxiliares de Temer usam uma degravação feita pelo Palácio do Planalto da conversa entre o presidente e o empresário Joesley Batista, dono da JBS. Segundo eles, a Procuradoria-Geral da República escondeu um trecho da conversa na qual Temer faz a seguinte afirmação a Joesley: "Pode passar pro e-mail dele (Loures); é da minha mais estreita confiança". Nas versões da conversa que têm sido divulgadas até agora, a palavra "e-mail" aparece como "inaudível". Na avaliação do Planalto, Temer não pediria para Joesley enviar um e-mail a Loures para tratar de assuntos impróprios. "Só uma pessoa com irresponsabilidade jurídica e intelectual poderia fazer uma afirmação dessas", disse um assessor próximo do presidente. Ao reapresentar no STF o pedido de prisão preventiva de Rocha Loures, Janot o classificou como homem de total confiança, verdadeiro longa manus do presidente da República, Michel Miguel Elias Temer Lulia. A expressão em latim significa executor de tarefas. A prisão de Rocha Loures provocou muita preocupação no Palácio do Planalto. Nos bastidores, a avaliação do governo é a de que há uma parceria entre Janot e Fachin para desgastar o presidente. Em conversas reservadas, assessores do Planalto dizem não acreditar que Rocha Loures incriminará o presidente simplesmente porque "não tem o que delatar". Afirmam, porém, que tudo está sendo feito pela Procuradoria para pressionar Rocha Loures e "arrancar" uma delação contra Temer. por Ricardo Galhardo e Vera Rosa | O Estado de S.Paulo


O advogado do presidente Michel Temer, Gustavo Guedes, acusa o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, de tentar constranger o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a condenar o seu cliente no julgamento da chapa formada por ele e a ex-presidente Dilma Rousseff. "Nos preocupa muito o procurador-geral da República se valer de toda a estrutura que tem para tentar constranger um tribunal superior", disse o responsável pela defesa de Temer no TSE, em entrevista à Folha de S. Paulo neste domingo (4). Guedes ainda afirmou que existem suspeitas no Palácio do Planalto de que Ministério Público Federal (MPF) deve divulgar nos próximos dias novas gravações envolvendo o presidente. "Isso é um aparente armazenamento tático de gravações, ou seja, quando não se usa o material ao ter conhecimento dele, mas só quando há interesse em utilizá-lo", reclamou. O advogado criticou também o atraso no envio das perguntas que o presidente deve responder em seu interrogatório por escrito à Polícia Federal no inquérito que ele responde por conta da delação premiada dos executivos da JBS.

Acidente fatal: Vereador de cidade baiana e amigo morrem em batida violenta na BR-242

Vereador (sem camisa) e o amigo voltavam de uma festa (Foto: Reprodução | Blog do Sigi Vilares)

O vereador do município de Baianópolis (a 819 quilômetros de Salvador), José Bispo de Araújo Santos, 28 anos, e o amigo dele, Mateus Gualberto Sampaio, 20 anos, morreram na madrugada deste domingo, 4, por volta das 2h30. As mortes ocorreram depois que o carro em que estavam colidiu com uma carreta no km 713 da BR-242, trecho do município de Cristópolis. De acordo com o blog do Sigi Vilares, as vítimas, que estavam em um Honda Civic, voltavam de uma festa que acontecia na região de Água Doce, em Cristópolis. No momento em que passava na localidade de Cantinho, o carro colidiu frontalmente com uma carreta que vinha no sentido oposto, capotando algumas vezes antes de parar às margens da rodovia.Não há informações sobre as causas do acidente. Segundo o Sigi, os dois corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Barreiras, onde será realizado a perícia. O trecho da BR-242 não foi interditado, uma vez que os veículos já estavam fora da pista. Fonte: A Tarde



Acidente aconteceu na madrugada deste domingo (04) (Foto: Reprodução | Blog do Sigi Vilares)

Impunidade e covardia: a jovem Samara Oliveira pula de prédio para fugir de agressões do marido que a confundiu com atriz pornô


Violência contra mulher e inércia da polícia!


A jovem Samara Oliveira Felipe, de 23 anos, está internada em estado grave em um hospital de Brasília (DF), após pular da cobertura de um prédio para fugir das agressões do marido, que a confundiu com uma atriz pornô. Em entrevista no hospital, a mulher contou que estava dormindo no sofá enquanto o marido assistia TV, e acordou com socos do companheiro. “Dobrou meu braço, torceu meu braço. Aí ele foi me arrastando até lá no quarto. Ele me jogou no quarto. Aí eu falei: ‘por favor, deixa eu dormir que eu tenho que trabalhar daqui a pouco.’ Aí ele falou bem assim: ‘eu vou te matar, você não vai trabalhar não, Samara"”, relatou a vítima que era ameaçada pelo marido com uma faca. Assustada com a situação, Samara resolveu pular do apartamento, no quarto andar do prédio. “Aí eu pensei, cara, a única saída que eu tenho é pular daqui”. Depois da queda, ela gritou e os vizinhos foram ajudá-la. “Eu vi que eu não estava sentindo mais as minhas pernas. Não estava sentindo nada, com muita dor. Gritei, gritei e aí os vizinhos desceram e ligaram para o bombeiro”. Ainda inconformado com o vídeo, o marido foi atrás dela. “Ele desceu com a faca para me matar lá embaixo. Ele só ficava me xingando e mostrando para todo mundo o vídeo. Aí a polícia chegou e ele ficou falando com o policial” explicou Samara. O suspeito foi detido, mas pagou uma fiança de R$ 2 mil e está solto. Vai responder o processo em liberdade. Já a mulher foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para um hospital da capital federal, onde está internada em estado grave.

Fatalidade: Miss Luiza Lorellay cai de prédio e morre ao tentar tirar foto pela janela


A modelo Luiza Lorellay, de 25 anos, morreu na noite da última sexta-feira (2/6) depois de cair de um prédio quando tentava fazer uma foto pela janela. A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros de Macacu, no Rio de Janeiro. Segundo os amigos da modelo, Luiza adorava tirar fotos de paisagens e, no momento do acidente, se equilibrava em um banquinho para conseguir uma boa imag Luiza, que completaria 26 anos no próximo domingo (6/6), é carioca e já foi Miss Cachoeiras de Macacu e tentou levar a faixa de Miss Rio de Janeiro nos anos 2011 e 2012. Da última vez, perdeu o título para Rayanne Morais, ex de Latino. Em 2013, a jovem ainda participou do reality show Casa Bonita, do Multishow.









Jéssica Rodrigues, a Namorada gostosa do Latino ostenta curvas, mas reclama: "Ainda não alcancei o corpo que almejo"


E precisa? Namorada do cantor Latino, Jéssica Rodrigues revela que ainda não alcançou o corpo que almeja. A modelo e personal trainer posou para um ensaio de lingerie e, mesmo ostentando as curvas impecáveis, surpreendeu ao afirmar que ainda não conquistou o corpo que considera perfeito. "Ainda não alcancei o corpo que almejo, mas estou me dedicando bastante para chegar lá", disse a loira, que tem 102cm de bumbum, 89cm de busto e 70cm de cintura. Descendente de italianos e nascida em Curitiba, no Paraná, Jéssica Rodrigues tem 23 anos. "Ela é sereia de olhos azuis que está sendo treinada para nadar de braçada na minha vida", já chegou a declarar Latino sobre a amada.




Jéssica Rodrigues, namorada de Latino (Fotos: Neto Soares / MF Press Global)

Sexo: Simone faz pergunta indiscreta e deixa sexóloga do Alta horas totalmente sem graça; assista


A dupla sertaneja baiana Simone e Simaria participou do programa “Altas Horas” deste sábado (3). Durante o quadro com a sexóloga Laura Muller, Simone levantou a mão quando Serginho Groisman perguntou quem tinha pergunta a fazer. “Eu tinha o sonho de conhecer essa mulher. Eu tenho muitas dúvidas”. Simaria, então, interrompe a irmã: “Você vai fazer essa pergunta mesmo?”. A baiana respondeu direta: “Vou! Muitas pessoas querem saber.” Ambas riram muito, até que Simone finalmente questionou a sexóloga: “Tem alguma forma que facilite a gente dar a roda?” Em um primeiro momento, Laura ficou toda sem graça, mas respondeu: “Tem, sim”. Simone interrompe: ‘Mentira, colega, passe em nome de Jesus. Ver se agrada em casa mais um pouco”. A plateia riu bastante e aplaudiu a cantora. Em seguida, Laura emendou: “A penetração anal tem que acontecer na hora em que a excitação esteja em alta. A ideia é não começar logo de cara nessa prática. Então, é preciso aquecer bastante, ter bastante preliminares para então fazer a prática anal”.

Pelo dinheiro: Garimpo de ametista no norte da Bahia já atrai indianos, chineses, japoneses e até vereador em busca de fortuna

Garimpeiro mostra saco com mais de dez quilos de pedras extraídas na mina da Quixaba. No topo da Serra, um quilo de ametista é vendida entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil (Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

A descoberta de uma gigante jazida de Ametista no povoado de Quixaba, em Sento Sé, na região norte da Bahia tem atraído milhares de pessoas de todo, todos em busca de dinheiro, é claro! o bem mais precioso para muitos. Ragesh é como ele se apresenta aos que operam para ele. Mas todos na mina recém-descoberta em Sento Sé e nas ruas da cidade o conhecem pelo apelido de “Indiano”. Nas primeiras semanas que se seguiram à descoberta da jazida no povoado de Quixaba, o Indiano se deslocou para lá, entrincheirou-se no quarto do Hotel da Geralda, na praça central do município, e montou um escritório informal para negociar centenas de quilos de ametista. Pessoas como Ragesh atuam no mercado clandestino de pedras preciosas como contrabandista e se articulam em uma rede que inclui ainda atravessadores e compradores. Garimpeiro mostra saco com mais de dez quilos de pedras extraídas na mina da Quixaba.

Vereador de Pindobaçu, Poroca abriu um serviço na Serra dos Brejinhos, no povoado da Quixaba, onde a jazida foi descoberta; o político atua também como atravessador (Foto: Arisson Marinho/CORREIO)


Nos dias 17 e 18 de maio, quando O CORREIO visitou a “Serra Pelada da Bahia”, era o Indiano quem concentrava as atenções dos vendedores de pedras. Magro, estatura mediana e 40 anos aparentes, Ragesh é um sujeito discreto. Fala muito pouco e quase nunca atende alguém em pessoa. Um colaborador, de prenome Pedro, fluente em hindi, é quem serve de ponte nas negociações. Raramente é visto fora do quarto do hotel e só come a própria comida, trazida por ele na bagagem. Quando sai do quarto, vai no máximo ao restaurante em frente, onde pede sempre a mesma coisa: coca-cola e batata frita. Sua meta na cidade não é fazer amigos nem ganhar a simpatia dos moradores de Sento Sé. No tipo de negócio em que trabalha, popularidade e proximidade demais trazem riscos altos. Até o nome – Ragesh – tem grande possibilidade de não ser verdadeiro. Ele foi para lá apenas comprar pedras. Só as de qualidade. Para pequenos lotes, de até R$ 10 mil, o pagamento é feito em dinheiro. Valores maiores são repassados por meio de transferência eletrônica, direto para a conta. Característica dos indianos, a habilidade para negociar de Ragesh é apontada pelos que comercializam ametista para ele. Primeiro, oferece uma quantia. Nem um centavo a mais. Caso não seja aceita, tudo bem. Caso o vendedor retorne depois, disposto a aceitar a soma anterior, a oferta cai invariavelmente em cerca de 20%.

Mercadores - Em geral, os atravessadores, também chamados de pedristas, são ex-garimpeiros da região que subiram na cadeia. Negociam quantidades menores e costumam adquirir lotes diretamente no garimpo para revender aos compradores. Já estes são empresários ou autônomos com maior poder financeiro, quase sempre vindos de estados ou cidades baianas com tradição em pedras preciosas. Especialmente, diamantes, esmeraldas, ametistas e rutilo. Na parte mais baixa da cadeia, estão os garimpeiros. Cada quilo de ametista bruta vendido por eles custam entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil. A variação depende da qualidade da pedra. Leva-se em conta a intensidade de cor, limpidez e formato da pedra. O chamado “pião”, cuja ponta forma um hexagono perfeito, são as prediletas. Nas mãos dos atravessadores, o quilo pode ser repassado de R$ 4 mil a R$ 8 mil. Já os compradores revendem para contrabandistas internacionais ou empresas legais no segmento de gemas por o dobro ou o triplo do valor que pagaram. Aos “quijilas”, que classificam as pedras no garimpo de acordo com a categoria, sobram os produtos de valor baixo, destinados aos artesãos. Há compradores e atravessadores que também abriram o próprio serviço de extração no povoado de Quixaba. É o caso de Procópio da Silva Reis Filho, vereador de Pindobaçu pelo PCdoB. Poroca, como é mais conhecido, demarcou seu buraco no topo da mina e, junto com garimpeiros que trabalhavam com ele nas jazidas de esmeralda da Serra das Carnaíbas, começou a retirar lotes grandes de ametista.

“Achei um bom corte (veio, no jargão do garimpo), considerado atualmente um dos mais produtivos e de boa qualidade daqui de Quixaba. Um quilo vendido por mim para grandes compradores sai de R$ 8 mil a R$ 10 mil”, afirma Poroca. Ao lado dele, está o buraco de Hélio da Batateira, garimpeiro que já conseguiu lucrar cerca de R$ 500 mil com a extração de ametistas. Exterior - Na turma de grandes compradores que desembarcaram em Sento Sé, facilmente reconhecidos pelas picapes luxuosas com tração 4×4, estão Hugo e Gleidson. Ambos só aceitaram conversar com a reportagem após negociar duas condições: nada de fotos ou de nomes completos.

Um dos compradores que negociam pedras preciosas para estrangeiros, o goiano Gleidson deixa o garimpo de Sento Sé com sua picape carregada de ametistas (Foto: Arisson Marinho/CORREIO)


O primeiro, natural de Campo Formoso, costuma vender diretamente para estrangeiros. Também leva pedras para fora do Brasil. Sobretudo, para Bangkok, na Tailândia, considerada a capital mundial das gemas lapidadas que circulam no mercado clandestino. O segundo, um ex-lapidário de Goiás, movimenta grandes lotes de pedras para negociantes de Minas Gerais ou contrabandistas da Índia, China e Japão. Tanto Minas quanto esses três países absorvem grande parte da produção do Brasil. Em Sento Sé, além de indianos, já chegaram chineses e japoneses, que preferem comprar no garimpo, guardam as pedras em fazendas e andam sempre com seguranças. Basicamente, policiais da região. Cada contrabandista tem um mecanismo próprio de levar as pedras para o exterior. Chineses e japoneses usam o artifício da carga embarcada, em articulação com exportadores de frutas que trocaram seus países de origem pelo Vale do São Francisco. As pedras são armazenadas em caminhões de manga ou uva, sempre com nota fiscal de valor baixo. Daí, a carga é embarcada nos navios dentro de contêineres. Já os indianos são mais silenciosos. “Eles não dizem, ninguém conhece quem são os caras que carregam as pedras para eles”, diz Gleidson. Tudo ao arrepio da lei. Jairo Costa Júnior* Correio24Horas

Queimadas Bahia: Homens brigam, se esfaqueiam e um acaba morto e outro ferido na zona rural

Sabino não resistiu e morreu no hospital de Queimadas; o outro envolvido recebeu voz de prisão após ser atendido na unidade de saúde | Foto: Notícias de Santaluz

Um homem morreu e outro ficou ferido durante uma briga no povoado de Gregório, na zona rural do município de Queimadas, na noite deste sábado (3). De acordo com informações de parentes dos envolvidos, Sabino Simões Nunes, de 34 anos, e Gilvan dos Santos Silva, 42, mais conhecido como ‘Vânio’, se esfaquearam durante uma discussão que teria iniciado em um bar. Ambos foram socorridos para o hospital da cidade, mas Sabino, que foi atingido na altura do peito, não resistiu ao ferimento e morreu na unidade de saúde. Vânio sofreu cortes na cabeça e em um dos braços. Após ser atendido, ele recebeu voz de prisão dentro do hospital e foi encaminhado em uma viatura da Polícia Militar para a carceragem da 19º Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin) na cidade Senhor do Bonfim, onde ficará à disposição da Justiça. O corpo de Sabino será levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), também em Senhor do Bonfim, onde será periciado. O caso será investigado pela Polícia Civil. O motivo da briga não foi divulgado. Notícias de Santaluz

Festas juninas: Quadrilha Mandacaru de Ouro é campeã do 2º Concurso de Quadrilhas da Festa do Arraiá da Pipoca, em Ponto Novo


A Quadrilha Mandacaru de ouro conquistou neste sábado (3), mais um título para seu acervo. Desta vez, no segundo concurso de Quadrilhas da Festa do Arraiá da Pipoca, no Distrito de Barracas, em Ponto Novo. Disputando apenas com a Quadrilha União, da cidade de Filadélfia, a Quadrilha de Ponto Novo ficou com o primeiro lugar. A mesa de jurados levou em considerações quesitos como: coreografia, figurino, marcador e conjunto. A Quadrilha Mandacaru de Ouro disputará neste ano o Concurso Regional de Quadrilhas, realizado pela Rádio Caraíba, em Senhor do Bonfim e realizará diversas apresentações em arraiás de Ponto Novo e região.






Fotos: Luis Ferreira/Web Interativa





Jaqueline Guimarães comemora estreia vitoriosa na Quadrilha Mandacaru de Ouro


A Garota Web, Jaqueline Guimarães, comemorou no último sábado (3), o primeiro título de 2017 da Quadrilha Mandacaru de Ouro ao vencer o 2º Concurso de Quadrilhas da Festa do Arraiá da Pipoca, realizado no Distrito de Barracas. “Um grupo maravilhoso que estou tendo o prazer de participar neste ano e estou muito feliz por isso, já que começamos muito bem, já trazendo o troféu no segundo concurso de Quadrilhas no Distrito de Barracas, um mérito de todos integrantes que suaram muito para este resultado”. Afirmou a modelo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers