sábado, 6 de maio de 2017

Felipe Moura Brasil : "Lula é o comandante máximo da destruição de provas"

 costas de Bolsonaro
Lula tenta fugir nas costas de Bolsonaro

Assista à análise de Felipe Moura Brasil com edição especial dos depoimentos de Renato Duque e Léo Pinheiro sobre as ordens de Lula.




Lula tenta fugir nas costas de Bolsonaro

No mesmo discurso em que atacou João Doria e declarou guerra à Rede Globo, ameaçando "regulamentar" meios de comunicação e mandar prender jornalistas, Lula vociferou também contra a Lava Jato e Jair Bolsonaro.
"Vamos ver o que está acontecendo no Brasil", disse o comandante máximo. "De um lado, há um processo da Operação Lava Jato, que quer destruir a política desse país, passar para a juventude a ideia [de] que a política não presta."
"Política" é como Lula chama a Orcrim.
"E quando eles faz [sic] uma pesquisa, o resultado dessa tese é o crescimento de um fascista chamado Bolsonaro na pesquisa de opinião pública."
Lula não fala da juventude à toa. Segundo o Datafolha, 20% dos eleitores de Jair Bolsonaro são jovens entre 16 e 24 anos. É a faixa etária em que o deputado pontua melhor na pesquisa presidencial.
Para fugir para o Palácio do Planalto, como já afirmou O Antagonista, Lula reza por adversários como Bolsonaro, acreditando que facilitará o trabalho de polarização a seu favor.
Em reação, o deputado apenas enviou o trecho em vídeo do discurso de Lula à sua lista de contatos, com a seguinte frase:
"Lula não pode chamar Bolsonaro de corrupto, logo chama-o de fascista."

Procura-se líder no Brasil


O Estadão publicou um editorial sobre "a falta de lideranças" no Brasil de hoje.
Leiam, por favor, este trecho:
"A democracia, em seu funcionamento mais pleno, necessita de lideranças fortes e esclarecidas, capazes de aglutinar sentimentos, representar vontades, promover consensos e levar adiante projetos que ultrapassem os interesses particulares. Na verdade, um dos primeiros sintomas da ausência de líderes é o esmaecimento da democracia, com o alheamento da população em relação à coisa pública.
Quando segmentos cada vez mais numerosos da população gritam que não estão representados no Congresso, não são apenas as instituições que apresentam trincas. É a própria Nação – a sociedade, como querem alguns – que não está sendo capaz de regenerar o tecido de seus órgãos vitais. Pois não são apenas as instituições nem tampouco os procedimentos abstratos que fazem a democracia. São as pessoas que constroem e viabilizam esse regime onde não há soberanos nem cidadãos de segunda categoria. Dessa igualdade fundamental de todos perante a lei não decorre, porém, um igualitarismo de funções, como se todos devessem ter idêntico papel na máquina social. A alguns, com talento e formação adequados, movidos por genuíno espírito público, cabe exercer funções de liderança.
O País não pode fingir que não sofre dessa deficiência."
O Brasil precisa de vocês, leitores antagonistas.



Doria esfrega carteira de trabalho em Lula: "Além de mentiroso, é um desinformado"


João Doria rebateu Lula em vídeo nas redes sociais.
O "Nine" havia atacado o prefeito em seu discurso na noite de sexta-feira:
"Um almofadinha, um coxinha ganha as eleições em São Paulo se fazendo passar junto ao povo mais humilde por João Trabalhador", disse Lula. "Se encontrarem com ele por aí, perguntem se ele já teve uma carteira profissional assinada."
Doria exibiu a carteira e disse que trabalha desde os 13 anos para ter um patrimônio moral que o comandante máximo não tem.
"Ô Lula, você além de mentiroso, além de covarde, é um desinformado", disse o prefeito. "Meus filhos têm orgulho de mim porque o pai trabalha, o pai não rouba."
Assista.

Violência sexual: Garota de 12 anos sofre estupro coletivo no Rio de Janeiro

Imagem ilustração

Uma menina de 12 anos foi vítima de um estupro coletivo na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. A cena foi gravada e pelo menos cinco homens aparecem participando do abuso. O caso foi denunciado nesta sexta-feira (6) por uma tia da garota e é investigado pela Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav). A tia disse que ficou sabendo do crime por causa de um vídeo, gravado pelos agressores e postado no Facebook e que também já estaria circulando pelo WhatsApp. No vídeo, quatro homens, aparentemente jovens, mantêm relação sexual com a garota, além da pessoa que grava as cenas. A delegada Juliana Amorim não quis dar maiores informações para preservar a vítima, e disse apenas que o caso ocorreu na semana passada em um município da Baixada Fluminense. “O estupro coletivo do ano passado nos ensinou muito. Desde então, a criação de protocolos é fundamental neste tipo de investigação. Antes de tudo, é necessário o sigilo é a preservação da vítima. Em segundo lugar, é necessário celeridade. Em terceiro, é preciso pessoas capacitadas em entrevistas investigativas, em que a adolescente vai esmiuçar toda essa violência sofrida”, disse a delegada. Nas imagens, os homens aparecem nus. A adolescente grita para que eles parem, sem sucesso. Ela ainda tenta se esconder da filmagem, com uma almofada. "Cala a boca. Vão ficar ouvindo a sua voz e vão saber que é tu", diz um dos homens. “Tapa o rosto da novinha”, ordena outro depois. Ainda não se sabe se os homens filmados são maiores de idade. Os administradores da página de Facebook na qual o vídeo foi postado serão chamados e devem responder por divulgar imagens da menor sendo estuprada. Crime - A policial pretende fazer uma diligência neste sábado (6) no município onde o crime ocorreu em busca de mais evidências. “Hoje nós escutamos a tia, que saiu daqui muito abalada. Ela não pôde falar detalhes sobre o estupro em si, mas mostrou a página do Facebook que estava publicando isso. E disse que as pessoas que estavam passando para o WhatsApp seriam as envolvidas”, contou Juliana. Segundo ela, a menina está muito traumatizada, sob cuidados da mãe. “Não há dúvidas do crime de estupro de vulnerável. Esta menina foi violentada por um grupo de rapazes, não sabemos ainda a idade dos envolvidos. Vamos à comunidade ver o que se passou. A gente precisa saber quem levou ela para esse ninho de horrores”, destacou. Da Redação, com Agência Brasil


Lava Jato: Tendência é José Dirceu voltar à prisão


José Dirceu comeu coxinha no restaurante de um posto de gasolina em Minas Gerais, como a Folha achou importante registrar. Mas o vale-coxinha dado por Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes na última terça-feira (2) tem prazo de validade. “É provável que dentro de alguns meses o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que fica em Porto Alegre (RS), analise as sentenças que condenaram José Dirceu e, confirmando essas sentenças, a tendência é que ele volte a ser recolhido para a prisão”, disse Deltan Dallagnol em entrevista à Rede TV, segundo o Valor. Dirceu vai voltar para a dieta petista.



Vergonhosa decisão do Supremo compromete o Estado de Direito | Marco Antonio Villa


O governo facilita pros ricos! Artistas em débito com a União devem 'ganhar' facilidades com programa de parcelamento


A descoberta de que empresas de artistas do axé estão devendo mais de R$ 40 milhões aos cofres públicos (entenda aqui) chamou a atenção nas últimas semanas. Mas, para especialistas em Direito Tributário, dívidas de impostos nesse segmento, e em outros, têm sido cada vez mais comum no país. Nomes como Claudia Leitte, Bell Marques, a banda Ara Ketu, Margareth Menezes e o grupo É o Tchan foram listados por uma matéria do Buzfeed como inadimplentes. A informação oficial está disponível no site da Fazenda, já que o direito ao sigilo fiscal se perde após a inscrição na Dívida Ativa da União. A novidade é que, com uma atualização no procedimento que regulamenta a quitação de débitos fiscais em abertos, os artistas vão ganhar benefícios para cumprir com os encargos. O Bahia Notícias entrou em contato com as assessorias dos cantores listados pela Fazenda, mas apenas Bell Marques e Claudia Leitte enviaram comunicado. “Informamos que os débitos fiscais das empresas 2TS e Ciel estão sendo discutidos judicialmente, portanto pendentes de julgamento - o que significa que estamos analisando o parcelamento dos débitos de acordo com o novo Programa de Regularização Tributária”, diz resposta enviada pelos representantes de Claudia Leitte. Já os advogados de Bell Marques explicaram: “Quanto à existência de pendências tributárias perante o Fisco Federal, vinculadas às empresas do artista Bell Marques, tais débitos serão objeto de regular parcelamento através do Programa de Regularização Tributária – PRT, no momento oportuno, quando da conversão da Medida Provisória nº 766/2017 em Lei, cuja tramitação ocorre perante o Congresso Nacional”. Marcos Stallone, mestre em Direito Tributário, explica que o PRT é uma alternativa para parcelar as dívidas, em que o responsável assume a intenção em quitá-las. Para ele, não é espantoso a inadimplência por empresas do ramo artístico. “Isso é bem corriqueiro. Em outros setores também. Mas, quando se participa desse programa, dá a entender a intenção de pagamento. Quase 100% dessas propostas são bem restritas, e, se deixarem de quitar, os devedores ficam de fora”, explicou Stallone. A medida provisória citada pelos advogados de Bell Marques facilitará ainda mais o pagamento desses débitos à União. Isso porque, na última quarta-feira (3), foi aprovado um relatório que atualiza o programa em questão e permite o parcelamento ou o pagamento com a redução de juros e multas, viabilizando um prazo maior e que bens possam ser usados para sanar o déficit. A proposta que facilita tal processo, contudo, ainda será analisada pela Câmara dos Deputados e em seguida pelo Senado.

Exclusivismo injustificável! OAB pede para participar em audiência que Lula prestará depoimento a Moro


Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Paraná (OAB-PR) enviou ao juiz federal Sérgio Moro, relator da Lava Jato em primeiro grau, um pedido para que o procurador-geral da entidade possa participar da audiência em que o ex-presidente Lula será ouvido na condição de réu, que está marcada para o dia 10 de maio. A seccional quer que o procurador-geral da entidade, Andrey Salmazo Poubel, participe da audiência para avaliar se o advogado que representa Lula, Cristiano Zanin Martins, terá direito a cumprir o papel de advogado. "Há de se atentar, por óbvio, em que pese tudo que circunda os autos, que o objetivo da OAB-PR não é de causar tumulto ou embaraços para a realização do ato. Ao contrário, visa somente auxiliar na manutenção da ordem jurídica vigente e na proficiência processual, o que trará benefícios a todos os atores processuais", afirmou a OAB-PR no pedido. A defesa do ex-presidente reclamou reiteradas vezes da postura de Sérgio Moro durante as várias audiências do processo que Lula é acusado de receber propina da construtora OAS. Os advogados e o juiz chegaram a discutir diversas vezes. Os advogados de defesa afirmam que Moro induzia os depoimentos das testemunhas e rés.

Comentário: É muito interessante, que nunca vimos a OAB se pronunciar dos desrespeitos dos advogados e do próprio Lula, sobre procuradores e juiz! Também não vemos esse interesse todo da OAB com outros réus comuns e nem mesmo outros réus da Lava jato...

Lava Jato: 'Lula tinha conhecimento e comandava esquema de corrupção', disse Duque


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi acusado de ter "pleno conhecimento" sobre os acordos de propinas que ocorreram durante seu governo e que "detinha o comando de tudo". A afirmação foi realizada nesta sexta (5) pelo ex-diretor da Petrobras, Renato Duque. Duque acusou Lula de ter recomendado que destruísse qualquer evidência da propina recebida por petistas fora do Brasil no Petrolão. O ex-diretor ainda relatou três encontros com o ex-presidente, entre 2014 e 2015, enquanto os dois já haviam deixado os cargos do governo. Duque fez um acordo de delação e contou as informações para o juiz federal relator da Lava Jato na primeira instância, Sérgio Moro. De acordo com informações do G1, a força-tarefa aponta que Duque teria sido indicado pelo PT para a diretoria de Serviços, área responsável por grande parte da propina de contratos da Petrobras para o partido. Duque falou pela primeira vez sobre seu papel na estatal nesta sexta (5). Sobre os encontros com Lula em 2012, 2013 e 2014, Duque afirmou que "ficou claro que ele tinha o pleno conhecimento de tudo e detinha o comando'. Os advogados de Lula argumentam que o depoimento de Duque é uma tentativa de fabricar acusações ao ex-presidente. "Como não conseguiram produzir nenhuma prova das denúncias levianas contra o ex-presidente, depois de dois anos de investigações, quebra de sigilos e violação de telefonemas, restou aos acusadores de Lula apelar para a fabricação de depoimentos mentirosos", disse a defesa. Duque foi condenado a mais de 50 anos de prisão em quatro ações da Lava Jato e é reu em outros seis processos da força-tarefa.



JORNAL NACIONAL ARREBENTA: LULA É O MAIOR LADRÃO DA HISTÓRIA DO BRASIL

 

Cinismo: 'Estou com mais tesão de ser candidato do que estava antes', diz Lula

Momento Antagonista: O carrasco de Lula


Assista ao comentário de Cláudio Dantas sobre o depoimento bombástico de Renato Duque envolvendo Lula no petrolão e na Sete Brasil.

A piada do sábado: Lula quer prender Sergio Moro.


Ao discursar durante a abertura da etapa estadual do Congresso do PT, em São Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que está com mais "tesão" para ser novamente candidato à Presidência da República do que estava antes. "Agora com 71 anos, eu tô com mais tesão para ser candidato do que eu tava antes", disse Lula, dirigindo-se ao presidente nacional do partido, Rui Falcão. Ele disse ainda que, se quiserem que ele seja impedido de ser candidato, visto que é réu em processos da Lava Jato, terão de competir com ele na Justiça e nas ruas. "Se quiserem me pegar neste País, evitar que eu seja candidato, vão ter que competir comigo andando nas ruas desse País e conversando com o povo", falou. Lula declarou que vai brigar na Justiça e que a Operação Lava Jato está "destruindo a política" ao fazer com que jovens tenham ódio da política. A cinco dias de prestar seu depoimento ao juiz Sérgio Moro, em Curitiba (PR), Lula repetiu que duvida que haja um empresário que diga ter recebido um pedido de dinheiro dele. "Se aparecer alguém neste País, pode ser pequeno, médio ou grande, que diga que um dia o Lula pediu 10 reais para ele, depositou ilegal na minha conta, eu terei a honradez de chegar para vocês e dizer: eu não sou candidato porque eu não fui honesto com vocês", falou o petista. O ex-presidente afirmou que não vai permitir que "continuem mentindo" a respeito dele. Ao falar das pesquisas eleitorais, que o colocam como favorito para vencer as eleições presidenciais de 2018, o ex-presidente disse que é como um pé de mandacaru, que "cresce na seca".

Lula quer prender Sergio Moro


Lula vai mandar prender Sergio Moro.
Foi o que ele disse ontem à noite:
“Se eles não me prenderem logo, quem sabe um dia eu mando prendê-los”.
A frase foi pronunciada em tom de deboche.
Sentada ao seu lado, Gleisi Hoffmann, mulher de um dos principais operadores de Lula, Paulo Bernardo, riu gostosamente.
Mas é claro que Lula quer intimidar Sergio Moro, insinuando que, de volta ao Palácio do Planalto, pretende persegui-lo com a lei do abuso de autoridade.

Mendes se faz de louco varrido e cogita eliminar o VOTO IMPRESSO! Janot pode intervir no STF?   

Fila de delatores contra Lula


Lula já foi delatado pela Odebrecht, pela OAS, por Renato Duque.
Mas há mais gente na fila.
Segundo a Época, “existem outras colaborações decisivas em estágio inicial de negociação. Envolvem crimes no BNDES, na Sete Brasil e nos fundos de pensão”.

Terabytes contra Lula


As provas contra Lula, diz a Época, “envolvem uma ampla e formidável gama de crimes: corrupção, lavagem de dinheiro, organização criminosa, crime contra a Administração Pública, fraude em licitações, cartel, tráfico de influência e obstrução da Justiça.
O Ministério Público Federal, a Polícia Federal, além de órgãos como a Receita e o Tribunal de Contas da União, com a ajuda prestimosa de investigadores suíços e americanos, produziram, desde o começo da Lava Jato, terabytes de evidências que implicam direta e indiretamente Lula no cometimento de crimes graves. Não é fortuito que, mesmo antes da delação da Odebrecht, Lula já fosse réu em cinco processos – três em Brasília e dois em Curitiba. Também não é fortuito que os procuradores da força-tarefa da Lava Jato, após anos de investigação, acusem Lula de ser o ‘comandante máximo’ da propinocracia que definiu os mandatos presidenciais do petista, desfalcando os cofres públicos em bilhões de reais e arruinando estatais, em especial a Petrobras”.


Lula sabia de tudo, Dirceu em Brasília e Calcinha usada @CanalDoOtario   


"É natural a reação de autoproteção" da Orcrim


Deltan Dallagnol reafirmou que a Lava Jato está sob ataque.
Em entrevista à Rede TV, o procurador voltou a comparar a força-tarefa com a Operação Mãos Limpas, da Itália, "que identificou a corrupção vinculada a pessoas poderosas, especialmente a diversos legisladores”.
“Vale lembrar que estamos falando sobre determinados parlamentares e líderes partidários. Chegamos a prender o ex-presidente da própria Câmara dos Deputado e isso gera uma tensão porque é natural a reação de autoproteção, é do instinto humano e as pessoas que possuem as leis em suas mãos acabam esvaziando a punição”, disse Deltan.
A Orcrim é mesmo de um supremo corporativismo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers