sábado, 22 de abril de 2017

Cansanção e Itiúba: Violenta colisão entre carro e moto na BA-381 deixa duas vítimas fatais


Brito, entre os municípios de Cansanção e Itiúba


Uma violenta colisão entre uma caminhonete S10 e uma moto no início da noite deste sábado (22) na BA-381, nas imediações da localidade de Brito, entre os municípios de Cansanção e Itiúba deixou duas vítimas fatais. Luiz Rogerio Bispo de Souza, 44 anos e Mariana Carneiro, 40 anos, seguiam na motocicleta no sentido Cansanção quando foram violentamente atingidos na traseira pela, o impacto foi tão forte que ambos morreram na hora e a moto ficou cravada na frente do carro. Ainda não se sabe o que pode ter causado o acidente. O local foi isolado pela polícia Rodoviária Estadual até a chegada da equipe do DPT de Senhor do Bonfim.


Religião ou ganância? A polêmica história dos pastores que vendem suco de uva “ungido” por apenas R$ 1.000 reais


A denominação autointitulada de Apostólica Plenitude do Trono de Deus, está oferecendo suco de uva ungido pela bagatela de R$ 1.000,00! A noticia foi muito comentada na web ao mostrar a imagem dos ”pastores” Agenor e Ingrid Duque abençoando e orando com as mãos e os braços dentro de um recipiente que continha suco de uva. A campanha foi organizada pelo pastor e sua esposa. Que fundamento bíblico há para que eles façam essa ”campanha”? Nenhuma! Essa igreja poderia se chamar ”plenitude das heresias”, pois estes ao invés de irem trabalhar, usam o nome de DEUS para lucrar muito dinheiro ao seu favor. O que mais assusta, é que as pessoas caem nestes golpes! As escrituras avisam sobre estes falsos profetas em diversas partes! E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade. E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita. (2 Pedro 2:1-3)

Delegacia Territorial e (Cati/Depin) prendem Ciganos com mais de 500 munições, armas, R$ 8,8 mil em dinheiro e 100 cheques


Ibotirama Bahia


Mais de 500 munições para diversos calibres, armas, a quantia de R$ 8,4 mil e mais de 100 folhas de cheques em nome de terceiros foram apreendidas, por equipes da Delegacia Territorial (DT), de Ibotirama, e da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati/Depin), na quarta-feira (19), em poder do cigano Agaston Castro Dourado. Deflagrada para cumprir mandados de prisão, a ação foi coordenada pelo delegado Geraldo Almeida, titular da DT/Ibotirama, e resultou ainda na prisão de João Lucas da Silva Souza, primo de Agaston, que estava com um revólver calibre 32 e foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma. Agaston tinha um mandado de prisão em aberto e é suspeito de liderar uma quadrilha de tráfico de drogas responsável por vários homicídios naquela região. Na casa dele, a polícia apreendeu quatro veículos, sendo duas picapes, um SW e outra Strada, um sedan Azera, e uma moto Honda CG 125, além de 23 DUTs (Documento Único de Transferência) em branco. O cigano possuía ainda dois revolveres de calibres 38 e 22, uma garrucha calibre 22, medicamentos de venda controlada, 105 folhas de cheque, 14 notas promissórias em nome de terceiros, carregadores, um canivete e um cabo anatômico para revólver. Todo material apreendido será encaminhado para a perícia e os dois presos para o sistema prisional.



Primeiro caso do Jogo Baleia Azul é registrado na Chapada Diamantina na Bahia


Por volta das 14:00 horas desta sexta-feira (21/04) a guarnição da polícia militar da cidade de Andaraí, na Chapada Diamantina, recebeu uma denúncia anônima onde supostamente um adolescente de 14 anos estaria participando de um jogo denominado “Baleia Azul”, jogo este que está amplamente divulgado pela mídia, onde a última fase é o suicídio. A guarnição deslocou até o endereço citado e constatou a veracidade do fato, se tratava de um menor de 14 anos, residente no bairro Alto do Ibirapitanga. Ao conversar com o menor, o mesmo relatou já está na 4° fase do jogo, onde já apresentava algumas mutilações no corpo (uma baleia no braço esquerdo, e uma coroa no braço direito) desenhados​ a lâmina. O mesmo relatou que participava de um grupo no “whatsapp​” com no mínimo 30 participantes locais, onde todos já estão efetivamente no jogo e um deles encontra-se na fase 38, sendo que a fase 50 é o suicídio. A guarnição orientou o menor a sair do jogo e a família a procurar a delegacia. Onde o delegado procederá com as investigações. É importante que as famílias fiquem atentas a seus filhos e denuncias devem ser feitas à polícia sempre que for encontrado alguma suspeita de pessoas envolvidas, pois, trata-se de um jogo que mexe com o psicológico principalmente dos adolescentes e, caso tente sair do jogo são ameaçados, os "curadores" prometem até matar os pais e demais familiares. Fonte: Se Liga Chapada.

Lula salvou banco de Silvio Santos com dinheiro nosso - tem que investigar profundamente isso!

Lula salvou banco de Silvio Santos com dinheiro nosso - tem que investigar profundamente isso!


Em sua coluna no Globo, Míriam Leitão lembrou que a Operação Conclave, que investiga a compra irregular, pela Caixa, do banco Panamericano, merece tanta atenção quanto a Lava Jato. Leia:
"No turbilhão de notícias da semana, teve pouca atenção a Operação Conclave. Ela investiga a decisão da Caixa de comprar, em 2009, um banco quebrado, sem notar sua situação falimentar, sem ter uma conta caução que lhe desse garantias e permitindo, no final da operação, que o acionista da instituição, o grupo Silvio Santos, saísse com lucro e ela ficasse com todo o prejuízo.
Tudo nesse caso do Panamericano é misterioso. Já houve inquérito sobre a fraude financeira e contábil que quebrou o banco, mas agora o Ministério Público está investigando como e por que foi feita uma compra tão prejudicial aos cofres públicos. 'A operação sob investigação foi extremamente lesiva ao Erário e ilegal, tratando-se aqui, em linguagem simples e direta, de uma aquisição criminosa de um banco falido por um banco público', diz o documento do Ministério Público e da Polícia Federal."





O mundo nunca viu isso! Lula era o pai dos ricos, o Robin Hood às avessas   


Lula e Dilma são imbatíveis em prejudicar o Brasil e ambos sabiam sobre o Caixa 2 nas campanhas



O Estadão resumiu, em editorial, o legado de Lula e Dilma – uma herança maldita difícil de ser batida. Leia:
"Os futuros presidentes da República terão de se esforçar muito se quiserem impingir ao País mal semelhante ao causado por Lula da Silva e Dilma Rousseff. O verdadeiro legado de suas gestões – evidente aos olhos dos que não costumam brigar com a realidade – é o mais absoluto retrocesso, sob quaisquer aspectos que se avalie: econômico, político, social e, sobretudo, moral. Uma marca difícil de ser batida."

JORNAL NACIONAL [23/03/2017] "Dilma sabia que Odebrecht usava caixa 2 ", diz Marcelo Odebrecht



Dilma tinha "total conhecimento" de caixa 2


João Santana e sua mulher, em seu acordo com o MPF, acusaram Dilma Rousseff “de ter total conhecimento de que havia caixa 2 na campanha”, disse Jorge Bastos Moreno, em O Globo.
Janete vai trocar Washington por Curitiba.

Os vídeos mais engraçados da Dilma Rousseff



Triplex de Lula: sigam a cozinha


Vamos repetir: a cozinha de luxo do triplex do Solaris foi comprada pela OAS com nota fiscal emitida em nome de Fernando Bittar, laranja de Lula no sítio de Atibaia.
Por que a OAS faria isso se o triplex não fosse de Lula?

Nunes analisa discurso de Dilma em francês: "agora ela fala 'dilcês'" | Morning Show


É preciso investigar a ORCRIM da Caixa Econômica - Ma ma oi



Em sua coluna no Globo, Míriam Leitão lembrou que a Operação Conclave, que investiga a compra irregular, pela Caixa, do banco Panamericano, merece tanta atenção quanto a Lava Jato. Leia:
"No turbilhão de notícias da semana, teve pouca atenção a Operação Conclave. Ela investiga a decisão da Caixa de comprar, em 2009, um banco quebrado, sem notar sua situação falimentar, sem ter uma conta caução que lhe desse garantias e permitindo, no final da operação, que o acionista da instituição, o grupo Silvio Santos, saísse com lucro e ela ficasse com todo o prejuízo.
Tudo nesse caso do Panamericano é misterioso. Já houve inquérito sobre a fraude financeira e contábil que quebrou o banco, mas agora o Ministério Público está investigando como e por que foi feita uma compra tão prejudicial aos cofres públicos. 'A operação sob investigação foi extremamente lesiva ao Erário e ilegal, tratando-se aqui, em linguagem simples e direta, de uma aquisição criminosa de um banco falido por um banco público', diz o documento do Ministério Público e da Polícia Federal."

Gov compra Banco Panamericano de Silvio e ainda empresta dinheiro para fraude


Andreazza: Salvação do Banco Panamericano pela Caixa foi escandalosa

Palocci vai aniquilar Lula: A defesa, o sítio e o triplex o ex-presidente desabam e o foco se desloca para o "Italiano"


Eliane Cantanhêde: Fala, Palocci!


Pedro Novis, no depoimento à PGR, disse que a Odebrecht pagou no caixa 2 duas campanhas de Lula à Presidência. E que Lula indicou Palocci para tratar de tudo...
"Em ambas as campanhas, na condição de diretor-presidente da Odebrecht S.A. e por pedido do ex-presidente Lula a doutor Emílio Odebrecht, tratei das contribuições com Antonio Palocci, que, por sua vez, havia sido indicado para tratar do assunto pelo então candidato Luiz Inácio Lula da Silva."
Foram 20 milhões de reais em 2002 (115 milhões de reais em valores atualizados) e 20 milhões em 2006 (60 milhões de reais reajustados para hoje).
Palocci vai aniquilar Lula.

Antonio Palocci diz que está disposto a revelar "nomes e operações" que interessam à Lava Jato



Publicado no Estadão
Léo Pinheiro é a pá de cal na defesa do ex-presidente Lula, mas a bola da vez é o seu ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci, que conseguiu a proeza de despencar não de um, mas de dois governos diferentes, e continuou aprontando das suas com uma desenvoltura tão surpreendente quanto seu inalterável ar de bom moço, até cair nas garras da Lava Jato e ser considerado hoje o futuro delator com potencial mais explosivo.

Em suas delações ao juiz Sérgio Moro e aos procuradores, Marcelo Odebrecht contou que era ele, Palocci, quem administrava a conta “Amigo” na empreiteira, um cheque em branco que abastecia as vontades e os luxos da família Lula da Silva. E, no relato dos marqueteiros João Santana e Mônica Moura, os acertos de valores, prazos e formas de pagamento para, primeiro, salvar a imagem do presidente Lula e, depois, os votos do candidato Lula, após o mensalão, foram feitos diretamente no gabinete da Fazenda.
Palocci, aliás, foi preso em setembro do ano passado sob a suspeita de ter favorecido a Odebrecht numa medida provisória sobre benefícios fiscais, numa licitação da Petrobras para compra de navios-sonda, num financiamento do BNDES para obras da empreiteira em Angola e na doação de um terreno para o Instituto Lula.
Em sendo assim, Palocci tinha múltiplas personalidades: era ministro da Fazenda e ditava a política econômica, mas ao mesmo tempo lobista da Odebrecht, operador financeiro do PT e gerente da conta de Lula naquele banco da empreiteira chamado de Setor de Operações Estruturadas. Era três em um, ou melhor, quatro, cinco ou seis em um.
Palocci começou cedo. Basta olhar para as fotos dele cercado por seus assessores na prefeitura de Ribeirão Preto para perceber que havia algo errado. Bonachão, com seu ar e seus óculos de aluno estudioso, era cercado por figuras que acabaram encalacradas na justiça.

Mas Palocci pousou em Brasília com os ventos alvissareiros da primeira eleição de Lula. O médico que assumia a Fazenda. O ex-prefeito com aura de competência. O hábil que driblou vários concorrentes e ficou lado a lado com o presidente. O pragmático que jogou no lixo as teses econômicas do PT e virou o queridinho do mercado – e da mídia.
A primeira surpresa de quem não conhecia as histórias de Palocci em Ribeirão foi saber de uma casa alugada no bairro mais nobre de Brasília, onde eram dadas festas de arromba e havia um estranho trânsito de malas de dinheiro. E ele não teve o menor prurido em usar seus poderes para quebrar o sigilo do caseiro que contara detalhes sobre a casa subitamente famosa.


Palocci desabou da Fazenda de Lula, mas ressurgiu igualmente poderoso na campanha de Dilma Rousseff em 2010 e dali para a Casa Civil. E desabou de novo, por não explicar a compra de um apartamento de R$ 7 milhões, que era dele, mas não era dele, cheio de mistérios. Não se sabe se ele aprendeu com Lula, ou se Lula aprendeu com ele…
É assim, com essa trajetória tão atribulada, sua relevância no centro do poder e agora seu desconforto em sete meses de prisão, que Palocci se torna a bola da vez. Ainda há muito o que contar sobre Lula e os governos petistas, mas o grande terreno a ser desbravado não é do lado corrupto, mas do lado corruptor. O que se sabe do sistema financeiro na Lava Jato?

Em seu depoimento desta quinta-feira, 20, a Sérgio Moro, o ex-ministro foi de uma gentileza que raiou a sabujice ao se oferecer como delator: “Se o senhor estiver com a agenda muito ocupada, a pessoa que o senhor determinar, eu imediatamente apresento todos esses fatos, com nomes e endereços, para um ano de trabalho”. Os investigadores esfregam as mãos, os investigados entram em pânico.

Fonte: Coluna Augusto Nunes e O Antagonista

Fim do mito: Apenas os fanáticos estão com Lula


Em editorial, O Globo definiu quem ainda está com Lula: os fanáticos. Leia:
“O efeito da videoteca das delações da Odebrecht e da decisão de Léo Pinheiro, da OAS, construtora do prédio do tríplex, de fazer delação premiada na Lava-Jato, foi desmontar o jogo de espelhos que Lula, advogados e militância manipulada ainda tentam jogar, e continuarão insistindo. Só fé de religioso sectário para continuar a acreditar. Virou, há tempos, questão de dogma.”

CAPIM GROSSO BAHIA: HOMEM MORRE EM ACIDENTE NA BR-407 PRÓXIMO A PEDRAS ALTAS


Na tarde desta sexta-feira, 21 de abril de 2017, um homem morreu vítima de capotamento na BR 407 altura do Km 207 próximo a Pedras Altas do mirim,município de Capim Grosso. uma caminhonete vermelha Strada de placa OVC 0732 licença de Capim Grosso, saiu da pista vindo a capotar no acostamento matando a pessoa identificada por Egnaldo Mendes dos Santos, 38 anos, conhecido como "Ninho" sobrinho de Nerinho do crediário. A Polícia Rodoviária Federal seguiu para o local e o corpo do homem que foi arremessado para fora do veículo, deverá ser recolhido pelo Departamento de Polícia Técnica, para o IML de Jacobina. jorgequixabeira


Léo Pinheiro admite reformas da OAS também no sítio de Atibaia 'a pedido de Lula'

Foto: Agência Câmara

O ex-presidente da OAS Léo Pinheiro confessou, nesta quinta-feira, 20, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, no âmbito da ação penal que se refere ao caso triplex no Guarujá, que a OAS, a pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, realizou reformas no sítio em Atibaia. A Lava Jato sustenta que o sítio em Atibaia, no interior de São Paulo, é patrimônio oculto do ex-presidente Lula, registrado em nome de dois sócios de seus filhos. Lula nega. O empreiteiro relatou que se encontrou inicialmente com Paulo Okamotto, na sede do Instituto Lula, onde a ele foi explicado que seria necessária uma "modificação" no imóvel. Em seguida, Léo Pinheiro teria conversado com o ex-presidente, que, teria apontado problemas relacionados a uma "barragem" e "dois lagos"."Ele disse: 'olha você podia mandar alguém no sábado lá, eu vou estar lá'. Eu disse: 'eu vou'. Fui eu e o Paulo Gordilho, que era diretor de engenharia e da OAS Empreendimentos. O presidente combinou comigo, já que eu não sabia onde ficava, que, no primeiro pedágio da Fernão Dias, eu o aguardasse. Ele passaria e eu seguiria o carro em que ele estava. Isso foi o que aconteceu. Chegando, fizemos uma visita à sede do sítio". Léo Pinheiro relatou ter presenciado outra reunião, desta vez no apartamento de Lula em São Bernardo do Campo, em um sábado, ao lado de Paulo Gordilho, o petista e a ex-primeira dama, onde teriam sido discutidos "alguns detalhes que faltavam do triplex e alguns do sítio". "Nessa data, ficou acordado que tudo que era pedido estava atendido e que poderíamos prosseguir no triplex e com todas as reformas que tinham sido acordadas e solicitadas por ele", lembrou. A defesa do ex-presidente chegou a questionar Moro sobre o fato de que Léo Pinheiro falava sobre o sítio de Atibaia em meio a um depoimento relacionado exclusivamente ao caso tríplex. "Se formos tratar de outros imóveis, me parece que vossa excelência está mudando o padrão anterior e tratando de algo que não é de objeto da ação penal". No entanto, procuradores rebateram a questão apontando que "na página 122 da denúncia", havia "menção expressa à aprovação junto à Dama dos projetos tanto de Guarujá quanto do sitio". O Ministério Público Federal entende que a "Dama", que aparece em trocas de mensagens de responsáveis pelas reformas do triplex, seria a ex-primeira-dama Marisa Letícia, falecida em fevereiro deste ano. "Está indeferida a questão, eu já esclareci, não é questão de ampliar objeto, estamos discutindo a prova, e se houve atos comuns e isso que ele está tentando explicar, nos temos que ouvir sobre os atos comuns, não podemos fazer cisão da prova neste sentido", concluiu Moro. O empresário Léo Pinheiro, presidente da OAS, foi preso pela primeira vez em novembro de 2014, oito meses após a deflagração da Operação Lava Jato. Condenado a 26 anos por prisão por corrupção lavagem de dinheiro e organização criminosa no esquema de corrupção da Petrobras, Léo Pinheiro é amigo pessoal de Lula e, segundo testemunhas - incluindo a empresa responsável pelas reformas do imóvel paga pela OAS - ele teria visitado o apartamento com a ex-primeira dama Marisa Letícia e o filho do ex-presidente, Luís Cláudio. Em nota, Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Lula, negou as acusações e as chamou de "fabricadas" por Pinheiro como "pressuposto para aceitação de uma delação premiada que poderá tirá-lo da prisão".
por Luiz Vassallo e Ricardo Brandt | Estadão Conteúdo

PAULADA!!! Após ser SEPULTADO por Léo Pinheiro, Lula perde ação MILIONÁRIA contra Delcidio!

   




Depoimento de Léo Pinheiro à Lava Jato - Parte 3





LULA SEMPRE FOI CORRUPTO DESDE OS TEMPOS DE SINDICATO. VEJA O QUE ELE FAZIA COM OS OPERÁRIOS. 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers