terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Baiana perigosa e fria! Quem é a Dona Maria? Conheça a mulher mais cruel da Bahia (Nova integrante do baralho do crime)

Olhos castanhos, cabelos escuros, batom… Mas a beleza que atrai é a mesma que mata. Sim, ela mata ou manda matar, segundo a polícia. Assim é conhecida Jasiane Silva Teixeira, 28 anos, a Dona Maria, que passou a figurar no final de janeiro como a Dama de Copas no Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). É ela que vem espalhando o terror no comando da recém-criada facção Bonde do Neguinho (BDN) em Vitória da Conquista, no Centro-sul do estado.
Procurada por tráfico de drogas e homicídio, ela é a terceira mulher a fazer parte do Baralho do Crime, desde a sua criação, em 2011. A ferramenta foi criada pela SSP para estimular a participação da população na busca e captura de bandidos procurados pela polícia. Jasiane entrou no baralho no lugar do traficante Averaldo Ferreira da Silva Filho, o Averaldinho, que segundo a SSP, saiu, porque teve a prisão revogada pela Justiça.
  Bahia (Nova integrante do baralho do crime)
Baiana perigosa e fria! Quem é a Dona Maria? Conheça a mulher mais cruel da Bahia (Nova integrante do baralho do crime)

Dona Maria possui seis processos criminais – quatro por tráfico e associação para o tráfico, um por homicídio qualificado, ambos em Vitória da Conquista, e um por homicídio qualificado em Jequié, onde a vítima foi um agente penitenciário. Ela também tem quatro mandados de prisão por tráfico, associação para o tráfico e homicídio.
“Dentre as dezenas de homicídios ordenados por ela direta ou indiretamente, destacaram-se um duplo e um triplo que vitimaram integrantes de facção rival”, disse o delegado Cléber Rocha Andrade, coordenador da Coorpin de Vitória da Conquista.
PrisãoEla foi presa em 2008 por tráfico, associação para o tráfico e porte de arma com o primo e companheiro Bruno de Jesus Camilo, o Pezão, fundador do Bonde do Pezão, grupo criminoso que à época ainda tinha status de quadrilha. Josiane foi solta pela Justiça meses depois, e Bruno condenado a cumprir pena em Jequié. “Ela montou lá uma base operacional do crime. Em 2010, Bruno mandou matar um agente penitenciário em Jequié. Logo após o crime, os autores morreram em confronto com a polícia, que chegou à casa alugada e a conduziu à delegacia, junto com as mulheres dos criminosos mortos”, contou Rocha.
Facção
Logo depois, a então líder da quadrilha aliou-se à Paulo DG, traficante de Jequié filiado ao Bonde do Maluco (BDM) e que atualmente está preso no Complexo Penitenciário da Mata de Escura, em Salvador.
Jasiane passou a adotar o apelido de Dona Maria como uma forma de evitar que a polícia associasse as execuções a ela. Segundo a polícia, a crueldade de Dona Maria supera a do ex-companheiro. “Ela é impiedosa. O Bruno Pezão poupava mulheres e crianças. Ela não, é muito fria, ordena as execuções de quem quer que seja”, comentou o coordenador da Coorpin de Vitória da Conquista.
Facção é famosa pela ousadia
A  facção Bonde do Neguinho (BDN) é conhecida também pela ousadia. No dia 12 de novembro do ano passado, Jasiane ordenou uma matança numa casa noturna no bairro Morada dos Pássaros. O motivo: o proprietário fornecia aos clientes drogas, compradas de outro distribuidor, numa região dominada pelo BDN.

Bruno morreu em 2014, em Porto Seguro, durante confronto com a Polícia Civil de Vitória da Conquista. Jasiane conseguiu fugir. Uma investigação revelou que o casal tinha residências em três cidades em nome de terceiros: Vitória da Conquista, Porto Seguro e Salvador – um apartamento na Rua Sabino Silva.
Segundo a polícia, com a morte de Pezão, houve um racha entre vários grupos que eram ligados a ele e isso desencadeou uma disputa acirrada e com muitas mortes em Conquista. Foi quando Jasiane mostrou que tinha tino para assumir o lugar do companheiro e propôs uma aliança com grupos menores. “Passou a fornecer armas e drogas”, disse o delegado.
Segundo a polícia, isso rendeu ao Bonde do Pezão ainda mais força e, consequentemente, a organização típica de uma facção. Passou a ter regimento, começou a se expandir no município, montou uma estrutura organizacional com gerentes de distribuição, recolhimento de dinheiro, distribuição de drogas, de vendas, além de advogados à disposição dos interesses do grupo criminoso.
Com essa estrutura organizacional, o Bonde do Pezão passou a se chamar Bonde do Neguinho (BDN). “A facção leva esse nome porque o principal gerente e matador de Jasiane é o Neguinho, Juarez Vicente de Moraes, que também é procurado”, disse o delegado. Antes de Jasiane, Neguinho já figurava no Baralho do Crime.  Ele é o Cinco de Ouros e é procurado por tráfico de drogas.

“Ela determinou a morte de todos que estavam lá, cerca de 20 pessoas, mas conseguimos impedir. Tivemos a informação e enviamos cinco equipes nossas para lá, que se posicionaram estrategicamente nas imediações. Quando os bandidos chegaram, eram quatro, resistiram à prisão, trocando tiros com a polícia e acabaram mortos na porta da casa noturna. Seria uma carnificina”, contou o delegado Cléber Rocha.
A líder do BDN é mãe. O  filho de 7 anos, fruto do relacionamento com Bruno Pezão, vive com parentes, segundo a polícia. A mãe de Dona Maria, Patrícia Carvalho Silva, que também responde por tráfico, foi esposa  de Antonilton de Jesus Martines, o Nenzão, um dos maiores traficantes de Conquista.
Fonte: Bruno Wendel Correio24Horas

Buraqueira! Policiais ficam feridos após viatura da PRF capotar na BR-101

  rodovia da Bahia e três agentes ficaram feridas
Viatura da PRF capota em rodovia da Bahia e três agentes ficaram feridas | Foto: Divulgação/PRF

Perdeu o controle


Três agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) ficaram feridos após a viatura que estavam capotar, na manhã desta terça-feira (14), na BR-101, trecho do sul da Bahia. Conforme a PRF, o condutor do veículo perdeu o controle da direção e capotou perto de Itabatã, distrito da cidade de Mucuri. Segundo o G1, a Polícia Rodoviária Federal informou que chovia no momento do acidente e que a rodovia onde ocorreu o capotamento possui alguns buracos. Um deles quebrou a perna. Dois foram socorridos para o Hospital de Itabatã e o outro foi encaminhado para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas. De acordo com a PRF, a viatura fazia parte de um comboio que seguia da Bahia para o Espírito Santo para dar apoio policial no estado, que enfrenta uma crise na segurança pública após uma paralisação de policiais militares.

Justiça do Trabalho mantém demissão por uso excessivo de celular

  uso excessivo de celular
Foto: Paulo Victor Nadal/ Bahia Notícias

A Justiça do Trabalho do Paraná entendeu que o uso excessivo do celular em horário de trabalho é motivo para demissão por justa causa por afetar a segurança do trabalhador. A 6ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR) manteve a demissão de um serralheiro, conforme tinha definido o juízo da 3ª Vara do Trabalho de Maringá. Segundo a ação, o serralheiro trabalhou na empresa entre julho de 2013 e abril de 2015. Ele foi demitido por descumprir a regra da empresa que proíbe o uso do telefone celular durante o horário de expediente por causa do uso de máquinas de corte, de polimento e de solda, além de produtos químicos tóxicos. O reclamante argumentou no processo que a demissão com justa causa foi aplicada por perseguição, porque ele cobrou o pagamento de adicional de periculosidade. Entretanto, a suposta retaliação não foi provada. A empresa comprovou que, além de alertar informalmente o ex-empregado, ainda aplicou advertência formal e suspensão disciplinar, pelo mesmo motivo. Desse modo, demonstrou que a insubordinação do empregado foi constante, motivando a demissão com justa causa. A turma entendeu que é dever do empregador estabelecer normas de segurança para os funcionários.

TJ-BA mantém ação contra Sky por mudar pacote de televisão

  Sky por mudar pacote de televisão
Foto: Paulo Victor Nadal/ Bahia Notícias

Direito do consumidor


O desembargador Raimundo Cafezeiro manteve o andamento de uma ação contra a Sky Brasil, no Sistema dos Juizados Especiais. A Sky ingressou com uma reclamação constitucional contra a decisão da 3ª Turma Recursal Cível e Criminal por não conseguir cumprir a sentença, como determinado. A ação contra a Sky foi movida por uma consumidora por mudança no serviço de TV por assinatura, mais especificamente o pacote Cine Sky SD. Segundo a autora da ação, o pacote foi gradativamente substituído por filmes em alta definição, sendo que, ao invés de serem gratuitos, como outrora o foram, passaram a ser disponibilizados na modalidade Pay Per View. A Sky sustentou que o pacote contratado pelo autor deixou de ser comercializado, de modo que a programação foi retirada da grade de todos os clientes, conforme condições gerais de assinatura. “O cliente está ciente de que qualquer alteração da composição do Plano de Serviço por parte da Sky faz parte da natureza dos serviços prestados, bem como está ciente de que poderão ocorrer referidas alterações em razão de modificações na legislação, facultando-se ao cliente o direito de rescindir o Contrato sem qualquer penalidade, mediante comunicação à Sky no prazo de 30 dias contados da referida alteração”, diz o trecho do contrato. A 3ª Turma Recursal determinou obrigação de fazer da operadora de restabelecer o pacote, sob pena de multa diária, que chega a R$ 60 mil. A Sky afirma que a decisão pode causar perdas e danos e, por isso, pediu a suspensão da ação e no mérito acolha a reclamação para cassar o acórdão do Juizado. Para o desembargador, “o que se vê em verdade, não é a hipótese de impossibilidade de cumprimento, mas apenas o desejo da reclamante de continuar a cobrar ao cliente por um serviço que originalmente era disponibilizado de forma gratuita”. “A Sky pretende efetivamente impor ao consumidor uma interpretação contratual contrária às próprias regras definidas pelo Código de Defesa do Consumidor. Em verdade o cumprimento da obrigação de fazer não se mostra impossível. Apenas a reclamante não pretende cumprir a ordem judicial porque é sua intenção fornecer o serviço de forma onerosa e não gratuita. Em juízo de cognição sumário, não constato qualquer vício nas decisões proferidas pelo Juízo singular e pela 3ª Turma Recursal, pois, salvo melhor juízo, a obrigação de fazer imposta à Sky não se mostra de impossível cumprimento”, afirmou na decisão. Desta forma, a ação continuará tramitando no Juizado Especial.

Operação Simão: em Feira de Santana Pastor e ex-vereador são indiciados por compra de votos

  Pastor e ex-vereador são indiciados por compra de votos
Foto: Ed Santos / Acorda Cidade

Polícia Federal


Um pastor e um ex-vereador de Feira de Santana foram indiciados por compra de votos na eleição de 2016. Os dois são alvo da Operação Simão da Polícia Federal que investiga crimes eleitorais. Em 30 de setembro do ano passado, o pastor Pedro, da Igreja Quadrangular, e o então vereador Wellington Andrade (PSDB) foram conduzidos pela PF para prestar esclarecimentos. Ao Acorda Cidade, o delegado da Polícia Federal Fábio Marques informou que o material apreendido com dos acusados foi analisado, assim como documentos e celulares. Ainda segundo o delegado, a investigação sobre o pastor começou depois de uma denúncia de que o acusado trocava “bênçãos” por votos. Já o ex-vereador, que tentava a reeleição, é suspeito de combinar compra de 400 votos com outra liderança. Um documento encontrado comprovaria o fato. O “acordo” previa que caso a transferência de votos não ocorresse, o dinheiro seria devolvido. A defesa do ex-vereador negou o conluio e disse que o fato se deu na eleição anterior. Além do indiciamento, o inquérito que investiga o caso foi concluído e encaminhado ao Ministério Público Eleitoral.

Cultura popular: Senado aprova PEC que autoriza a realização de vaquejadas e rodeios no Brasil

  vaquejadas e rodeios no Brasil

Tradição do Brasil rural


O Senado aprovou, em dois turnos, a PEC 50/2016, que autoriza a realização de vaquejadas e rodeios no Brasil. A medida foi votada na tarde desta terça-feira (14) e foi aprovada, no segundo turno, com 53 votos favoráveis, nove contrários e duas abstenções. A PEC, de autoria do senador Otto Alencar (PSD-BA), recebeu 28 assinaturas, entre elas dos colegas baianos Roberto Muniz (PP) e Lídice da Mata (PSB). “A gente precisa aperfeiçoar essa atividade da vaquejada – geradora de emprego e renda - e discutir o que é cuidar do bem-estar animal, sem negar a possibilidade de uma manifestação cultural”, defendeu Muniz. “Pior que derrubar um boi é derrubar o preconceito contra a cultura do Nordeste”, afirmou o senador Roberto Muniz, em seu discurso de defesa da proposta. Ele se mostrou preocupado “com o desprezo que a cultura urbana tem com o meio rural”. Após votação em dois turnos, a emenda constitucional já pode ser apreciada pela Câmara dos Deputados.

Governo Temer! Indicado para Ouvidoria de ministério é acusado de comprar sentença na Bahia

 comprar sentença na Bahia

Mais um...


Não é só com a Lava Jato que o presidente Michel Temer tem que se preocupar ao lidar com indicações de seu governo. O chefe de gabinete do ministro do Turismo, Marx Beltrão, indicou o advogado Ciro Rocha Soares para a ouvidoria da pasta. De acordo com a coluna Radar Online, da revista Veja, Ciro é acusado de compra de sentença na Bahia. Além disso, ele não deverá morar em Brasília, já que segundo a publicação atuará de seu próprio escritório, que fica em Salvador.

Será mesmo? Uso da Previdência para compensar outros problemas agrava custo, diz Caetano

  Previdência para compensar outros problemas agrava custo,
Não basta ficar falando em dados, sem comprovar esse rombo inventado


O governo fica apresentando dados, mas, não faz uma auditoria séria!


A compensação de outros problemas econômicos e sociais do Brasil com regimes mais favoráveis de aposentadoria pode agravar o custo da Previdência ao País sem solucionar a questão, advertiu nesta terça-feira (14) o secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano. "Se a gente tentar usar Previdência para solucionar outros problemas, a gente não só não vai conseguir resolver como também vai acabar agravando questão previdenciária. O custo vai ficar tão grande que não vai conseguir sustentar. Mas sempre lembrando que o Congresso é soberano", disse o secretário. O relator da reforma da Previdência, deputado Arthur Maia (PPS-BA), tem defendido que mulheres casadas e com filhos tenham regime diferenciado de aposentadoria, com um acesso mais favorável aos benefícios. Caetano disse não conhecer a proposta, mas destacou que a proposta do governo prevê o "princípio de igualdade" entre gêneros. "Se existe problema de fecundidade, melhor forma de resolvê-lo é tentando políticas de fecundidade. Não vejo razão de ser uma compensação aos 60 anos (a mulher que tenha filhos)", reforçou Caetano, dizendo que o uso da Previdência neste caso não é a melhor alternativa. O secretário participa de um workshop com jornalistas sobre a reforma. O consultor da Câmara dos Deputados Leonardo Rolim destacou que as realidades sociais e econômicas entre mulheres e homens têm se aproximado. Segundo ele, a mulher aos 65 anos tem uma expectativa de sobrevida maior do que o homem. Além disso, os índices de informalidade entre os dois têm se aproximado, bem como os salários, defendeu o consultor. "A diferença de carga horária no trabalho e em casa também diminuiu muito. Não é a previdência que deve resolver o problema da nossa sociedade. A gente costuma no Brasil usar Previdência como prêmio para resolver outros problemas, mas isso cria outro. Se há machismo, a mulher trabalha mais em casa, vamos premiá-la aposentando antes, isso não faz sentido", disse Rolim. O deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), vice-líder do governo, rebateu dizendo que talvez os homens possam de fato ajudar mais em casa. "Quem sabe não está na hora de começar uma nova cultura?", questionou, sorrindo. Marcelo Caetano disse que a reforma proposta pelo governo brasileiro não é a única alternativa. "A Grécia não fez assim e preferiu cortar benefícios. Não adotamos essa alternativa", disse. Segundo ele, a ideia apresentada ao Congresso Nacional inclui uma "transição bem definida". Apesar disso, a regra de transição tem sido alvo de críticas inclusive do relator da matéria, deputado Arthur Maia. O deputado baiano considera a transição muito "brusca" pois prevê regras específicas para homens acima de 50 anos e mulheres acima de 45 anos.

Aposentados protestam no Senado contra a reforma da Previdência

A manifestação, organizada pela Confederação Brasileira dos Aposentados, Pensionistas e Idosos e pelo Movimento dos Servidores Públicos Aposentados e Pensionistas, foi pacífica. Cerca de 300 de aposentados e pensionistas protestaram hoje (15) no Senado contra a Proposta de Emenda Constitucional 287/2016, que trata da reforma da Previdência. A proposta está em tramitação na Câmara dos Deputados e pode ser votada ainda no primeiro semestre pelos deputados e senadores. A manifestação, organizada pela Confederação Brasileira dos Aposentados, Pensionistas e Idosos e pelo Movimento dos Servidores Públicos Aposentados e Pensionistas, foi pacífica. Os manifestantes, que representam cerca de 180 entidades de todo o país, celebraram pela manhã uma missa na Catedral de Brasília e, em seguida, caminharam pela Esplanada dos Ministérios até o Senado Federal. Segundo a polícia legislativa do Senado, todos os manifestantes conseguiram entrar na galeria popular do plenário para acompanhar a sessão especial de homenagem ao Dia Nacional do Aposentado, comemorado em 24 de janeiro. A sessão foi convocada pelo senador Paulo Paim (PT-RS). Além da manifestação, o movimento de aposentados pretende entregar, nos próximos dias aos parlamentares, emendas com propostas de mudanças à PEC 287. A principal reivindicação do grupo é interromper a tramitação da matéria. Eles se posicionam contra o limite de idade de 65 anos e o tempo de contribuição de 49 anos, estabelecidos na proposta encaminhada pelo governo federal. O grupo ainda quer que a reforma considere as diferenças regionais e entre os trabalhadores das áreas rural e urbana. Depois da sessão do Senado, o grupo segue para o Ministério da Fazenda, onde pretende fazer um panelaço contra a reforma. – DAYANA MENDONÇA/Painel Político – Fonte: agenciabrasil


Bahia: Quatro são presos por fraudes bancárias em Feira de Santana e mais 3 municípios baianos, além de Brasília (DF)

  3 municípios baianos, além de Brasília (DF)
Bahia: Quatro são presos por fraudes bancárias em Feira de Santana e mais 3 municípios baianos, além de Brasília (DF)

Polícia em ação


Quatro pessoas foram presas pela Polícia Federal (PF) na tarde desta segunda-feira (13), em Feira de Santana, acusadas de estelionato e de praticarem fraudes em instituições financeiras no próprio município e nas cidades de Seabra, Coração de Maria e Conceição do Jacuípe, na Bahia, além de Brasília (DF). De acordo com a PF, o grupo vinha atuando há cerca de um mês e a fraude começo a ser investigado há cerca de 15 dias, a partir da comunicação de ocorrências de fraudes na Caixa Econômica Federal em Feira de Santana. Ainda de acordo com a corporação, os acusados abriam contas bancárias mediante a utilização de documentos falsos e, posteriormente, obtinham empréstimos bancários. Além da prisão dos acusados, foi realizada ainda busca e apreensão numa casa alugada pelo grupo onde foram encontradas várias informações de contas bancárias fraudadas. Conforme a PF, os documentos apreendidos serão analisados para determinar o valor do prejuízo causado às instituições financeiras. Os envolvidos irão responder pela pelos crimes de estelionato e formação de quadrilha, que preveem penas de reclusão e multa. Notícias de Santaluz

Nordeste muito instável e estiagem prolongada na Bahia - Uma massa de ar seco vai ganhar força

  NE terão mais chuva


Nordeste muito instável - Volume de chuva é alto no litoral do MA


Áreas de instabilidade formadas pela ZCIT - Zona de Convergência Intertropical ajudam a formar nuvens pesadas de chuva sobre a costa norte do Maranhão . O litoral do Maranhão registrou o maior volume de chuva no Brasil. Entre às 10 horas de ontem (13) e 10 horas desta terça-feira (14), na região do Farol Preguiças , foram acumulados 102,0 milímetros , segundo o Inmet - Instituto Nacional de Meteorologia. Ainda de acordo com o órgão, na estação convencional de , neste mesmo período, foram acumulados 86,2 milímetros. A situação é de alerta no litoral do Maranhão porque a chuva vai continuar persistente, segundo os meteorologistas da Climatempo.

O alerta para o risco de chuva forte se estende também para os estados do Piauí, Ceará e algumas localidades do oeste da Bahia . Os demais estados do Nordeste, inclusive a faixa leste nordestina seguem com sol entre muitas nuvens e pancadas de chuva de forma rápida e fraca. Até, quarta-feira, (15), a ZCIT- Zona de Convergência Intertropical estará próxima da costa norte do Nordeste e os estados do Maranhão, Piauí e Ceará estarão sujeito as pancadas de chuva. Apesar da chuva, o calor é grande em todo o Nordeste. Na faixa leste, a chuva acontece de forma passageira. Uma massa de ar seco vai ganhar força nos próximos dias sobre o interior de Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Bahia e irá inibir a ocorrência de chuva.


Lamentável! Chuva em boa parte do Nordeste e Bahia estiagem persiste - ASAS se intensifica sobre o Brasil

Foto: Climatempo

Estiagem prolongada! Chuva diminui em muitas áreas do país


Desde o começo de fevereiro, as simulações do estado da atmosfera para o fim da primeira quinzena do mês indicavam uma grande redução da chuva no Sudeste, em parte do Sul, do Centro-Oeste e do Nordeste. O motivo para a diminuição da chuva era uma nova aproximação e intensificação da ASAS - Alta Subtropical do Atlântico Sul sobre o país. Como todo sistema de alta pressão atmosférica, a ASAS reduz a umidade no ar e consequentemente a nebulosidade e as condições para chuva . A resposta direta e imediata da atmosfera diante da redução da chuva é o aumento do calor . Mas estamos em fevereiro, o que significa que a insolação (número de horas de sol) é naturalmente elevada.


Diminuir a chuva e a nebulosidade em fevereiro significa dias de muito calor no Sudeste, no Sul e no Centro-Oeste. Os mapas mostram a simulação da circulação dos ventos e a posição dos centros de pressão projetadas para manhã do dia 15 e manhã do dia 16 de fevereiro de 2017. O centro da ASAS (A) (região mais forte do sistema) ficará muito próximo do Rio de Janeiro e de São Paulo. Os valores da pressão (5950 mgp e 5925 mgp) são muito elevados e indicam a força do sistema de alta pressão atmosférica.

Foto: Climatempo


Com este posicionamento do centro da ASAS, áreas do Sul do Brasil, em particular o Paraná e Santa Catarina, sentirão mais a redução da chuva e o aumento do calor . No Sudeste , a A SAS vai influenciar mais São Paulo, o Rio de Janeiro e o centro-sul de Minas Gerais do que o norte mineiro e o Espírito Santo. O mapa mostra a projeção do volume de chuva no Brasil para 15 dias, até 28 de fevereiro. Os maiores volumes previstos, que superam os 100 mm (tons de verde), ficam concentrados no Norte, em Mato Grosso e em alguns estados do Nordeste. Os maiores volumes de chuva em Santa Catarina e no Paraná ocorrem ainda esta semana. Muitas áreas do Sul e do Sudeste vão ter pouca ou nenhuma chuva e muito calor nos próximos 15 dias. A expectativa é que a ASAS tenha muita influência no Brasil até o fim do carnaval. Confira o comentário da meteorologista.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers