quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Educação: Senado aprova MP que reforma o ensino médio; texto vai à sanção presidencial

O líder do governo no Senado, Aloysio Nunes (PSDB-SP), no plenário durante a sessão que aprovou a MP do ensino médio (Foto: Ana Volpe / Agência Senado)

Escolas poderão escolher o que vão ensinar em 40% da carga horária; português, matemática, inglês, artes, educação física, filosofia e sociologia são obrigatórios.


O Senado aprovou na noite desta quarta-feira (8), por 43 votos a 13, a medida provisória que estabelece uma reforma no ensino médio. Por se tratar de uma medida provisória, o texto tem força de lei desde a publicação no "Diário Oficial", em setembro. O plenário rejeitou os dois destaques (propostas de alteração do texto) apresentados pela oposição. A matéria já passou pela Câmara. Com a aprovação no Senado sem mudanças, seguirá agora para sanção presidencial. Logo após a aprovação pelo Senado, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência divulgou nota em que informa o presidente Michel Temer acompanhou a votação e congratulou-se com o Congresso (leia a íntegra ao final desta reportagem). Segundo Temer, a iniciativa conclui "com êxito um longo ciclo de debates". Ele disse que as soluções eram conhecidas pelos políticos, pela sociedade e por especialistas, mas "faltava vontade política para chegar a um resultado com a urgência exigida pelo assunto". O presidente afirmou que a reforma reforça as disciplinas de língua portuguesa, matemática e inglês e faz com que o estudante passe mais tempo na escola com a ampliação da jornada. O ministro da Educação, Mendonça Filho, assistiu à votação do plenário do Senado e comemorou a aprovação. "Trata-se de uma grande e importante mudança no ensino médio, que tem apresentado indicadores negativos", afirmou à imprensa após a sessão.


Disciplinas eletivas e obrigatórias 


O texto aprovado permite que as escolas possam escolher como vão ocupar 40% da carga horária dos três anos do ensino médio: 60% será composto de um conteúdo mínimo obrigatório, que será pela Base Nacional Curricular Comum (BNCC), ainda em debate. Já o restante do tempo será definido de acordo com a proposta da escola, que deverá oferecer aos estudantes pelo menos um de cinco "itinerários formativos":






  • linguagens e suas tecnologias
  • matemática e suas tecnologias
  • ciências da natureza e suas tecnologias
  • ciências humanas e sociais aplicadas
  • formação técnica e profissional


  • O ensino de português e de matemática será obrigatório nos três anos do ensino médio. Também será compulsório o ensino de inglês, artes, educação física, filosofia e sociologia. Na versão original enviada pelo governo, a MP deixava claro que somente matemática e português seriam obrigatórios. Isso gerou a principal polêmica em torno do texto. No Brasil, não existe uma lei que especifica todas as disciplinas que deveriam obrigatoriamente ser ensinadas na escola – esse documento será a Base Nacional Curricular Comum (BNCC), que ainda não saiu do papel. Até então, a Lei de Diretrizes e Bases (LDB) só citava explicitamente, em trechos diversos, as disciplinas de português, matemática, artes, educação física, filosofia e sociologia como obrigatórias nos três anos do ensino médio. Na versão original enviada pelo governo, a MP mudou isso, e retirou do texto as disciplinas de artes, educação física, filosofia e sociologia. Desde que foi apresentada pelo governo, em setembro, a reforma se tornou alvo de protestos pelo país. Nos últimos meses de 2016, estudantes chegaram a ocupar escolas para se manifestar contra a MP.

    Tempo integral 

    A medida provisória incentiva o ensino integral e estabelece que a carga horária deve ser ampliada, progressivamente, até atingir 1,4 mil horas anuais. Atualmente, o total é de 800 horas. O texto fixa o prazo de cinco anos para que as escolas passem a ter carga horária anual de pelo menos mil horas.

    Apoio financeiro - A medida provisória instituiu o Programa de Fomento à Implementação de Escolas em Tempo Integral, por meio do qual o Ministério da Educação apoiará a criação de 257,4 mil novas vagas no ensino médio integral. Originalmente, a previsão era repassar à rede de ensino R$ 2 mil por ano para cada aluno, durante quatro anos. O texto aponta que a política poderá ser aplicada "por dez anos". 'Notório saber' O texto aprovado manteve a autorização para que profissionais com "notório saber", reconhecido pelo sistema de ensino, possam dar aulas exclusivamente para cursos de formação técnica, desde que ligadas às áreas de atuação deles. Também ficou definido que profissionais graduados sem licenciatura poderão fazer uma complementação pedagógica para que estejam qualificados a ministrar aulas. Nota do Planalto -  Leia abaixo a íntegra da nota divulgada pela Secretaria de Comunicação da Presidência logo após a aprovação da MP pelo Senado.

    Nota à imprensa 

    O Presidente da República acompanhou a votação em caráter final da reforma do Ensino Médio. Ao expressar sua gratidão pelo papel desempenhado nesse processo pelo Ministro da Educação Mendonça Filho, o Presidente Michel Temer congratula-se com o Congresso Nacional pelo apoio a mais essa importante etapa vencida na agenda de reformas promovida pelo Governo Federal. A aprovação da reforma do ensino médio conclui com êxito um longo ciclo de debates iniciado há muito tempo na área da educação. As soluções eram amplamente conhecidas não só por especialistas, mas também pela classe política e pela sociedade em geral. Faltava vontade política para chegar a um resultado com a urgência exigida pelo assunto. A reforma do ensino médio será instrumento fundamental para a melhoria do ensino no país. Ao propor a flexibilização da grade curricular, o novo modelo permitirá maior diálogo com os jovens, que poderão adaptar-se segundo inclinações e necessidades pessoais. Com isso, o ensino médio aproximará ainda mais a escola do setor produtivo à luz das novas demandas profissionais do mercado de trabalho. E, sobretudo, permitirá a cada aluna e aluno que siga o caminho de suas vocações e sonhos profissionais. Ao mesmo tempo, cuidou-se de que a reformulação não só tornasse obrigatório, como reforçasse o ensino nos três anos do ensino médio de disciplinas como língua portuguesa, matemática e língua inglesa, cujo domínio é imprescindível, sob qualquer critério, para a formação de nossos estudantes nos dias de hoje e de nossos cidadãos no futuro. No novo modelo o jovem passará mais tempo na escola: a jornada escolar do Ensino Médio será progressivamente ampliada para 1.400 horas, como dispõe o Plano Nacional de Educação (PNE). O novo sistema deverá contribuir ainda para, em poucos anos, colocar o Brasil em melhores posições em exames internacionais de avaliação de desempenho escolar, como o PISA, em benefício, portanto, dos estudantes brasileiros e de nossa sociedade. A reforma do ensino médio é assim mais um passo decisivo no rumo da modernização do país por meio da agenda inadiável de reformas de que o Brasil tanto necessita e cuja execução é um compromisso central do Presidente Michel Temer. Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República

    Violência brutal na Bahia: Jovem é morto a tiros em Mairi

      tiros em Mairi
    Violência brutal na Bahia: Jovem é morto a tiros em Mairi

    Execução


    Na tarde desta quarta-feira, 08 de fevereiro de 2017, por volta das 15h30min, aconteceu um assassinato na cidade de Mairi-BA. O jovem Fernando Souza, que era mecânico de motos, foi morto a tiros na oficina GM Motos, na Avenida Senhor do Bonfim. Ele morava na Vila do Padre. De acordo com informações de populares, o crime foi praticado por um desconhecido que estava de moto, de dados não anotados. A Polícia Civil e a Polícia Militar estão no local. O corpo do jovem será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Jacobina para os procedimentos de praxe. Da redação do Blog Agmar Rios.



    Bahia: André Luiz Andrade (PT), Prefeito de Queimadas quer equipamentos para o Conselho Tutelar e uma ambulância.

      Conselho Tutelar e uma ambulância.

    Atuação da nova gestão


    O secretário Josias Gomes, titular da Secretaria de Relações Institucionais (Serin) do Governo da Bahia, recebeu em audiência o prefeito do município de Queimadas, André Luiz Andrade (PT), que venceu o pleito de outubro com 54,03% dos votos válidos. Entre as reivindicações apresentadas ao Estado, o prefeito destaca a cessão ao município de um terreno pertencente à Secretaria da Agricultura (Seagri) – medindo cerca de 1 hectare – para que ali seja implantado um parque ou um hospital/maternidade. “Também solicitei um kit - para equipar o nosso Conselho Tutelar – composto por um automóvel, 5 computadores, uma impressora multifuncional, um bebedouro, e um refrigerador. Quero negociar o débito do município com a Embasa, no valor de R$ 1 milhão, e a cessão pelo Estado de uma ambulância”, diz o prefeito de Queimadas.

    Polícia Federal conclui inquérito e acusa Rodrigo Maia de corrupção passiva e lavagem de dinheiro

      corrupção passiva e lavagem de dinheiro
    Polícia Federal conclui inquérito e acusa Rodrigo Maia de corrupção passiva e lavagem de dinheiro

    Corrupção passiva e lavagem de dinheiro


    O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro em inquérito da Polícia Federal, no âmbito da Operação Lava Jato. O parlamentar teria defendido interesses das construtoras Odebrecht e OAS na Câmara e, em troca, solicitado doação de R$ 1 milhão para campanha, tendo como destino a candidatura do pai do deputado, César Maia, ao Senado, em 2014. Dados obtidos pelo Jornal Nacional apontam que a doação ao ex-prefeito do Rio de Janeiro foi a maneira encontrada para esconder a origem da propina. A relatório da PF aponta indícios de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Rodrigo Maia, no entanto, negou envolvimento.

    Após cassação de Pezão, TRE determina novas eleições no Rio

      novas eleições no Rio


    Após cassar a chapa do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) e do vice-governador Francisco Dornelles (PP) por abuso de poder econômico e político, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) determinou novas eleições diretas para o cargo de governador do Estado do Rio de Janeiro. De acordo com o Uol, a assessoria de Pezão afirmou que "quando a decisão for publicada, o governador e seu vice vão entrar com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE)".

    “Ex-moça do tempo” e âncora de telejornais, Flavia Freire se demite da Globo e deixa carta

    Flávia Freire no “JN” (Foto: Reprodução)

    Flávia Freire, jornalista de 42 anos, que estava na Globo há 19, não faz mais parte do time de contratados da emissora carioca. Ela está se desligando para ir morar em Portugal com a família. Tal decisão foi motivada principalmente pelo desinteresse por parte da emissora na profissional. Ao longo dos últimos anos, ela ficou bastante conhecida por cuidar da “Previsão do Tempo” de diversos telejornais na emissora. Também cobriu titulares como âncora e chegou a entrar no esquema de titulares do “Jornal Hoje” aos sábados. Também foi substituta direta de Tramontina e Cesar Tralli no comando de jornais locais de São Paulo. O fato é que a jornalista se ausentou, retornando de licença maternidade em abril do ano passado. De lá pra cá, só perdeu espaço na emissora e mais recentemente ficou sabendo que a Globo não teria interesse em renovar o seu contrato que venceria agora em abril. Flavia então preferiu se antecipar e se desligar da emissora antes. O TV FOCO procurou a assessoria de imprensa da Globo que confirmou as informações do desligamento de Flavia. Antes de ir embora, a jornalista enviou um e-mail de despedida. E-mail esse que o jornalista Daniel Castro teve acesso. Confira:

    Amigos queridos,
    Como eu gosto de vocês e como amo o que faço…
    A TV Globo sempre foi a minha segunda casa e vocês, minha segunda família.
    Mas a oportunidade de seguir um novo rumo me atraiu como um imã.
    E decidi ir atrás do meu projeto pessoal.
    Nesses 19 anos de casa passei por quase todos os telejornais e tive o prazer de trabalhar com a maioria de vocês.
    Juntos, contamos muitas histórias e ajudamos a mudar muitas vidas.
    Pude aprender, crescer e me realizar profissionalmente.
    Agradeço a todos da direção pela confiança e pelas grandes oportunidades.
    E a vocês, pela paciência e pela acolhida.
    Vou sentir saudades, muitas mesmo!!!!
    Mas estou feliz com essa nova chance.
    Quando forem a Portugal me procurem.
    Miguel [marido], Matheus [filho} e eu teremos o maior prazer em recebê-los.
    Lá tem ótimos vinhos, viu?”

    Vale dizer que essa é a segunda baixa no jornalismo da Globo, que mais recentemente também contou com a saída de Luís Ernesto Lacombi, que comanda os boletins esportivos na emissora.
    Fonte: TV Foco

    Bahia sofrendo com a seca: Previsão de muita chuva no Nordeste nos próximos dias

      Nordeste nos próximos dias
    Bahia sofrendo com a seca: Previsão de muita chuva no Nordeste nos próximos dias

    Chuvas na Bahia


    Grande parte do interior do Nordeste pode se preparar para mudanças no tempo ainda esta semana. Áreas muito secas do interior da Bahia, de Pernambuco, do Ceará e de Sergipe devem voltar a receber chuva frequente e em grande quantidade nos próximos dias. 

    Aos poucos as pancadas de chuva mais volumosas estão retornando ao oeste da Bahia. Barreiras já começou o mês de fevereiro com chuva forte. Em sete dias choveu quase 85 mm, pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Esse total já superou a quantidade de chuva de todo o mês de janeiro.

    Em outra localidade da Bahia, em Formosa do Rio Preto, choveu quase 48 mm entre 5h e 13h desta terça-feira (7). A chuva voltou a cair forte nesta terça também no interior do Piauí. Em apenas 2 horas choveu 55 mm em Canto do Buriti.

    As condições meteorológicas continuam favoráveis a entrada de mais umidade pelo centro-oeste e sul da Bahia, sul do Piauí e sul do Maranhão. Todas essas áreas ficam com o tempo instável e chuva a qualquer hora nesta quarta-feira (8). Há risco de chuva forte e grandes acumulados. 

    Semana vai terminar com grande aumento da chuva
    A partir de sexta-feira (10), é que a umidade tende a se espalhar bem mais pelo interior do Nordeste aumentando a chance de chuva forte  e volumosa pelas áreas de Sertão, entre a Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Ceará, todo o interior do Piauí e do Maranhão. Volta a chover forte também na capital Teresina. Os modelos meteorológicos indicam há vários dias volumes que podem superar os 100 mm em diversas localidades até o dia 12 de fevereiro. 

    A chuva vai aumentar também sobre o norte do Maranhão. Pode voltar a chover forte até o final da semana, com previsão de grandes acumulados inclusive na capital São Luís.   

    Acompanhe no mapa a estimativa de chuva para toda a Região Nordeste no próximo período: 



    Quem ainda deve receber pouca chuva, apenas em forma de pancadas rápidas e localizadas, será a parte leste entre o litoral e a zona da mata dos estados de Alagoas, Pernambuco, Paraíba e o Rio Grande do Norte.  Mas ainda não é época de chuva no leste de Nordeste, assim, é normal chover pouco agora.

    Fonte: Clima Tempo / Por Maria Clara Machado 

    Insegurança rural na Bahia: Tentativa de roubo de gado no município de Mundo Novo

     município de Mundo Novo BA
    Insegurança rural na Bahia: Tentativa de roubo de gado no município de Mundo Novo

    Agricultores assustados


    Na madrugada desta quarta-feira, 08 de fevereiro de 2017, houve uma tentativa de roubo de gado no município de Mundo Novo-BA. O fato aconteceu na fazenda Sossego de propriedade do Sr. Raimundo, na fazenda Andrade do Dr. Eduardo Pereira e na fazenda Bela Vista de Ivan Andrade. Os ladrões não tiveram êxito no roubo do gado e levaram as cancelas das referidas fazendas, localizadas na estrada vicinal do povoado de Jequitibá. A polícia foi acionada para registrar a ocorrência. Na madrugada do dia anterior, 19 bois gordos foram roubados na Fazenda Camapuan, localizada entre Baixa Grande e Mundo Novo. Clique aqui e confira. Da redação do Blog Agmar Rios / Fotos: Ivan


    Revoltados contra a Embasa! Após 10 horas de protesto, Governo atende reivindicação e BR-407 começa a ser liberada em Ponto Novo

      BR-407 começa a ser liberada
    Revoltados contra a Embasa! Após 10 horas de protesto, Governo atende reivindicação e BR-407 começa a ser liberada

    Após cerca de 10 horas de protesto interditando a BR-407 agricultores de Ponto Novo obtiveram êxito. O Governo sinalizou que prorrogará por mais 15 dias a irrigação no município de Ponto Novo. Com isso, a Rodovia começa a ser liberada para o tráfego normal de veículos.

    A manifestação de agricultores que se iniciou por volta das 7h da manhã desta quarta-feira (8) na BR-407 entre Ponto Novo e Filadélfia continua. Os manifestantes afirmam que a rodovia será liberada após sinalização positiva do Governo do Estado para a manutenção da irrigação no município pelos próximos 30 dias. A passagem de veículos está impedida e uma fila quilométrica se forma nos dois sentidos da rodovia. Centenas de agricultores interditaram parte da BR-407 entre os municípios de Ponto Novo e Filadélfia na manhã desta quarta-feira (8). A interdição é feita com bananeiras e pneus. De acordo com as lideranças, o bloqueio da estrada tem como objetivo chamar atenção das autoridades para a permanência da irrigação pelos próximos 30 dias, o que não afetará o abastecimento humano. A manifestação provoca uma grande fila de veículos nos dois sentidos da pista. Durante o protesto só é permitida a passagem de ambulâncias. Nossa reportagem acompanha a manifestação e a qualquer momento trará mais informações. . Fonte Web Interativa








    É confiável? Sindicância do TCU diz que Tiago Cedraz não praticou tráfico de influência

      não praticou tráfico de influência
    É confiável? Sindicância do TCU diz que Tiago Cedraz não praticou tráfico de influência

    Precisamos de sindicância isenta


    Uma sindicância feita pelo Tribunal de Contas da União (TCU) apontou que não houve tráfico de influência quanto à atuação do escritório de Tiago Cedraz na corte. O advogado baiano é filho do ex-presidente do TCU, Aroldo Cedraz. A sindicância indicou ainda que o escritório não teve acesso privilegiado a dados do órgão. De acordo com a coluna do Estadão, a sindicância foi aberta em setembro de 2015, com prazo de 30 dias, e reinstaurada sete vezes. O caso foi denunciado pelo presidente da UTC e delator da Lava Jato, Ricardo Pessoa. O ministro Walton Alencar, relator da investigação, levou a situação à Corregedoria do TCU e, após o resultado, disse que houve apuração extrema.

    Comentário: desde quando, uma sindicância do próprio TCU, pra investigar filho de ministro e ex-presidente do TCU, tem credibilidade? Você acredita nisso, caro leitor?

    Seca na Bahia: Embasa alerta para redução do consumo de água na região atendida pelo sistema de abastecimento do sisal

      sistema de abastecimento do sisal
    Barragem de Pedras Altas está com apenas 30% de sua capacidade | Foto: Cássia Dias/ Arquivo

    Estiagem prolongada! Temos governador na Bahia?


    A falta de chuvas vem provocando o acentuado rebaixamento do nível da Barragem de Pedras Altas, manancial responsável pelo abastecimento de água dos municípios de Candeal, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Gavião, Ichu, Nova Fátima, Pé de Serra, Pintadas, Quixabeira, Riachão do Jacuípe, São Domingos, São José do Jacuípe e Valente. Segundo a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), o reservatório está com apenas 30% de sua capacidade.
    Esta situação está levando a Embasa a iniciar uma campanha de conscientização para o uso racional da água distribuída nos municípios. Segundo a empresa, o mote da campanha é “Economize água. Cada gota conta” e busca alertar à população sobre a necessidade de consumir menos água para que seja possível garantir a continuidade do abastecimento regular diante dos efeitos da estiagem prolongada que acontece em toda a região.
    A disponibilidade hídrica da barragem de Pedras Altas é monitorada diariamente pela Embasa e pelo Inema, órgão ambiental do Governo do Estado responsável pela gestão e fiscalização da utilização dos recursos hídricos estaduais. “No ano passado, nesse mesmo período, a barragem estava com mais de 70% da capacidade”, informa o gerente da unidade regional da Embasa em Feira de Santana, Euvaldo dos Santos Neto.
    Ação preventivaComo medida preventiva, a Embasa diminuiu a retirada de água da barragem de Pedras Altas e está complementando com água advinda da barragem de São José do Jacuípe. Do volume total distribuído hoje, 70% vem de Pedras Altas e 30% de São José do Jacuípe. É uma medida temporária visando preservar o máximo possível a disponibilidade de Pedras Altas.
    Mesmo com essa ação, a tendência é a diminuição progressiva do nível da barragem, caso não chova. As altas temperaturas também são um fator preocupante, pois, além de contribuir para aumentar o consumo, também são responsáveis pela evaporação diária de água da barragem. “Chegamos a um cenário em que será preciso consumir menos água para evitar um racionamento”, reforça o gerente.
    RecomendaçõesNessa conjuntura, a Embasa recomenda que os moradores dos treze municípios evitem o uso de água potável para fins menos importantes como a lavagem de carros, de calçadas ou rega de plantas e jardins, priorizando o reuso. Mais dicas de economia podem ser acessadas no site www.eueconomizoagua.com.br
    Também é importante que os proprietários revisem as instalações internas dos seus imóveis, de modo a evitar a ocorrência de vazamentos. Em caso de vazamentos na rua, os moradores podem informar à Embasa pelo 0800 0555 195 para que a empresa faça a correção no menor tempo possível, evitando o desperdício.
    Notícias de Santaluz

    Casos estranhos! Vereadora Thainara Faria se recusa ler a Bíblia e gera polêmica na Câmara de Araraquara

     Câmara de Araraquara
    Thainara Faria (PT) durante fala na tribuna (Foto: Assessoria de Imprensa Câmara Municipal de Araraquara)

    Thainara Faria (PT) é católica mas não vai ler o livro no início das sessões. Regimento interno determina que parlamentares leiam trechos do livro.


    Na primeira sessão ordinária do ano na Câmara Municipal de Araraquara (SP), a vereadora Thainara Faria (PT) causou polêmica ao justificar aos demais vereadores por que não participará do “rodízio” para ler um trecho da Bíblia, como determina o regimento interno da casa na abertura dos trabalhos parlamentares. “E se ao invés de chamarmos o vereador para ler um trecho da Bíblia, a gente chamasse um vereador para vir aqui e encarnar um caboclo e falar a palavra de outras religiões?”, questionou.

    Segundo o regimento interno da Câmara, a leitura da Bíblia deve ser feita pelos parlamentares em todas as sessões, obedecendo à sequência da ordem alfabética. Caso algum não queira participar do rodízio, deve solicitar a retirada de seu nome da lista elaborada para este fim. Estado Laico Estudante de direito, Thainara tem 22 anos, é a mulher mais jovem e a primeira negra a ocupar uma cadeira na Câmara de Araraquara. Em seu primeiro discurso, ela afirmou que o Brasil é um Estado Laico e, por isso, as entidades governamentais têm que ser neutras em relação às religiões. “Sou católica praticante, mas não posso doutrinar minha religião aos outros, isso é um erro. Meus princípios e o princípio religioso que sigo têm que ser para ‘Thainara Faria’ pessoa. A vereadora tem que representar o povo. Eu não posso colocar meus interesses particulares e pessoais de religião no ambiente político, isso é um erro”, justificou. Thainara ainda sugeriu aos outros 17 vereadores a ampliação do leque espiritual, contemplando a leitura de outros livros sagrados, como o evangelho kardecista, o alcorão e até mesmo textos sobre o ateísmo. “É uma infelicidade que o povo não tenha conhecimento e domínio da lei, mas o legislador, o vereador, o parlamentar, era pra ter o conhecimento da lei e não fazer nada que ferisse a constituição. A gente espera que o parlamentar conheça a constituição, conheça os princípios do nosso país, mas eles não conhecem”, criticou a vereadora.

    Câmara O artigo 148, que define a leitura da Bíblia nas sessões, foi instituído em 21 de julho de 2006 no regimento interno da casa. O presidente da Câmara, Jeferson Yashuda (PSDB), afirmou que o documento garante a livre opinião do vereador, além de garantir o direito de o mesmo se recusar a ler o trecho do livro sagrado. “Foi passada uma lista para todos os vereadores e eles assinalaram que desejariam, por ordem alfabética, ler um trecho da Bíblia. A vereadora Thainara fez a opção contraria, mas isso é uma coisa interna. Na verdade, muitas vezes ninguém perceberia que ela não estaria fazendo, porém ela quis manifestar sua opinião e nós respeitamos a opinião dela”, disse. Segundo o Yashuda, que está no segundo mandato, esta é a primeira vez que alguém se posiciona contra a leitura nos últimos oito anos. “A posição da vereadora é legítima, previsto no regimento. Agora a manifestação dela que causou surpresa, causou essa repercussão toda”.

    Vínculos com igrejas O cientista político Gabriel Antonio afirmou que, embora o Estado seja religiosamente neutro, é possível estabelecer vínculos com igrejas desde que visem, na forma da lei, ao interesse público. “É importante esclarecer que a oferta de serviços religiosos, como a realização de cultos, missas e orações, deve ser uma iniciativa de foro privado, restando ao Poder Público apenas a obrigação de garantir a liberdade de consciência e de crença, o livre exercício dos cultos religiosos e a proteção aos locais de cultos e suas liturgias, conforme apresenta o Inciso VI do Artigo 5º da Constituição”. Ainda segundo o cientista, a imposição da leitura bíblica pode ofender o caráter laico do país. “Com base em uma interpretação estritamente constitucional do princípio da laicidade do Estado, é possível dizer que a leitura de trechos da bíblia em sessões camarárias, definida mediante imposição regimental, ofende o caráter laico do Estado brasileiro”. *Sob supervisão de Caliandra Segnini, do G1 São Carlos e Araraquara.

    Pai de médica demitida após morte de Dona Marisa diz que filha sofre ameaças e nega vazamento de dados sigilosos

    Gabriela Munhoz foi acusada de divulgar em grupos de mensagens instantâneas exames a respeito do quadro de saúde da ex-primeira-dama dona Marisa Letícia.


    Mário Munhoz, pai da médica reumatologista Gabriela Munhoz, de 31 anos, demitida do Hospital Sírio-Libanês na última quinta-feira (2), suspeita de vazar dados sigilosos sobre o estado de saúde da ex-primeira-dama dona Marisa Letícia, negou que sua filha tenha divulgado exames ou feito comentários maldosos sobre a esposa do ex-presidente Lula nas redes sociais. “Ela não teve acesso a nenhum tipo de prontuário, não atendeu a dona Marisa, não viu dona Marisa. Ela ficou sabendo que a dona Marisa estava lá pela internet", afirmou. Em entrevista ao G1 por telefone, ele disse que a filha já recebeu mais de 250 ameaças e que também foi despedida de um dos hospitais públicos em que trabalhava na capital paulista. “Ela está sendo ameaçada de morte, está sob tratamento e medicação por conta do abalo emocional”, revela. Segundo Munhoz, que também é médico, os comentários feitos por Gabriela em um grupo de WhatsApp e divulgados na imprensa foram descontextualizados. Gabriela estava de plantão no dia 24 de janeiro, data em que a ex-primeira-dama foi hospitalizada no Sírio-Libanês. De acordo com a família da médica, no mesmo dia, colegas de faculdade dela postaram em grupo de mensagens no aplicativo imagens da tomografia que a ex-primeira-dama havia feito em um hospital em São Bernardo do Campo, no ABC, e que tinham sido divulgadas por um outro profissional. “Alguém postou, não foi ela. Postaram lá. E questionaram ela: 'Gabi, e aí?' Embaixo da imagem postaram: 'Fisher quatro'. O Fisher quatro não é nem quadro clínico, nem diagnóstico. Isso daí é um laudo radiológico [...]. A resposta que ela deu foi em cima de uma colocação que tinha lá no grupo dela.” Ele alega que um dos médicos que estava no grupo tirou uma cópia do trecho em que Gabriela comenta e encaminhou para outras pessoas. “E isso se expandiu para o Brasil afora. E estão dizendo, sem o contexto anterior, sem ver os prints anteriores, que ela fez um furo de diagnóstico, fez uma perda de sigilo médico”.

    Segundo Munhoz, na participação de Gabriela no grupo de mensagens, ela confirma informações que tinham sido divulgadas horas antes em boletim médico. "O horário é fundamental. Foi às 19h20. O Brasil inteiro já sabia de tudo", disse. Entretanto, ao escrever que dona Marisa estava realizando exames e ainda não tinha sido levada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), a médica teria cometido um erro de digitação que gerou interpretações, de acordo com ele, equivocadas. “Quando ela falou UTI o corretor de texto corrigiu para 'uro'. Um colega imediatamente falou: 'Uro não, brincando'. Porque uma pessoa com AVC subir para a urologia não tem nada a ver. Aí ela botou UTI e deu uma risadinha. Mas foi uma risadinha com relação ao colega.” Na avaliação de Munhoz, o Hospital Sírio-Libanês errou ao demitir sua filha por justa causa sem abrir uma sindicância ou apurar os fatos. "Não fizeram nenhum tipo de levantamento, sem direito à defesa nenhuma." Ele afirma que para ter acesso aos prontuários médicos é necessário login e senha, e que seria possível comprovar que Gabriela não fez nenhuma consulta sobre o quadro de saúde da ex-primeira-dama. O pai da médica diz temer pela saúde e carreira da filha e diz que ela espera conseguir esclarecer o ocorrido à família do ex-presidente Lula. “Uma das coisas que mais está preocupando ela é a família Lula achar que ela desejou mal. Isso está transtornando ela demais (...). Queremos conversar com a família do Lula e dizer que ela jamais fez algum tipo de ofensa para a dona Marisa, sempre torceu para ela melhorar. A gente não tinha nada contra eles, de maneira nenhuma.” Ele também comenta que nas redes sociais circula uma imagem de uma jovem vestida supostamente médica com um cartaz contrário ao ex-presidente Lula. A imagem estaria sendo atribuída a Gabriela. "Tem até uma foto de uma pessoa de branco segurando um cartaz contra o Lula e estão dizendo que é ela. Ela nunca participou de protesto nenhum. Isso é uma inverdade, uma mentira de gente que fez disso daí uma briga partidária. Não temos nada com isso. Isso não tem cabimento e nunca teve na nossa casa. É um absurdo." Na noite desta terça-feira (7), Gabriela divulgou uma nota sobre o assunto. Veja a íntegra do texto:

    "Em razão dos últimos acontecimentos, venho informar que jamais divulguei ou compartilhei imagens de exames médicos da Dona Marisa Letícia, tampouco informações sigilosas sobre seu diagnóstico. Não tive contato visual ou pessoal com ela nem com seu prontuário médico. Minhas palavras foram descontextualizadas e distorcidas, não fiz piadas ou ironias com o estado de saúde da ex-primeira-dama, não desejei seu mal, nem deixei que qualquer ideologia político-partidária interferisse na minha conduta médica. Infelizmente, acabei sendo usada em uma discussão política que jamais foi minha intenção. Até imagem de outra pessoa segurando um cartaz em manifestação atribuíram a mim. Lamento muitíssimo o falecimento de Dona Marisa e qualquer aborrecimento que esse assunto tenha gerado à sua família em um momento tão delicado e de tanto sofrimento. Em nenhum momento, imaginei ou tive a intenção de produzir ou acentuar ainda mais a dor dos familiares e amigos. Att., Gabriela Munhoz”

    Por G1 São Paulo

    Seca muda cenário e causa prejuízos a 1,5 mil produtores em Planalto, na BA

    Produtor desistiu da criação de gado e vendeu 60% do rebanho. Região não tem chuva forte há três anos, afirma secretário.


     produtores em Planalto, na BA


    Os agricultores da caatinga, região mais seca da cidade de Planalto, no sudoeste baiano, sofrem com a falta de chuvas que afeta o local. São 1.500 produtores afetados pela estiagem, que já dura três anos, colocou o município em situação de emergência. Em todo o estado, são 61 cidades em situação de emergência por conta da seca, 15 estão na região sudoeste. A seca transforma paisagens da região e expõe cenários preocupantes. O local que era leito de um rio, conhecido como Gaviãozinho, afluente do Rio Catulé, está sem água eo matagal tomou conta. Uma das principais economias do município foi bastante afetada. A produção de café para esse ano está perdida e a do próximo ano está comprometida. 

    Café foi uma das culturas prejudicadas pela seca
    (Foto: Reprodução/ TV Sudoeste)


    Os prejuízos vão demorar para ser recuperados, conforme acredita o engenheiro agrônomo Vivaldo Filho. “Nós estamos falando de um déficit de mais de 3 anos, com perdas de lavouras de 2016 de 70% e [previsão de] safra praticamente zero para esse ano”, diz. Sem alimento para o gado, o produtor rural Eudes Oliveira foi obrigado a desativar a produção de leite. Ele demitiu três dos quatro funcionários e vendeu cerca de 60% do rebanho. "Como no ano passado tivemos uma perda de cerca de 70% do grão e a lavoura sofreu bastante com a estiagem de 2015/2016, esse seria o ano de recuperação da lavoura", conta. Mas 2017 não começou bem para quem vive da produção rural em Planalto. 

    Estiagem mudou cenário na cidade de Planalto
    (Foto: Reprodução/ TV Sudoeste)


    Conforme o secretário municipal da Agricultura, Gilberto Freitas, a última chuva que ocorreu na cidade foi em dezembro de 2016, e não foi o suficiente para mudar o cenário crítico da região. "No início de dezembro tivemos uma chuva boa, depois não choveu nada por aqui. Esse ano não tivemos chuva. Antes dessa crise, tínhamos bastante chuva na cidade", sinalizou. A média de sacas de farinha produzidas por hectare de mandioca caiu pela metade em Planalto, também por causa da estigem. “Já vem uns cinco anos seguidos que a chuva aqui sempre é menos do que era antes e a lavoura não desenvolve”, reclama o produtor rural Aparias Reis. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Luis Carlos, diz que a maioria dos produtores já desistiu de continuar com a mesma plantação, por conta da queda na safra. “Às vezes planta e não sai e tem que retomar todo o processo. Isso assusta muito o agricultor”, lamenta. Uma esperança para os agricultores é a previsão do tempo para esta quarta-feira (8), quando são esperados 20 milímetros de chuva, previsão de 80% de chuva, que ajuda a irrigar terra. A temperatura mínima é de 18ºC e a máxima de 33ºC. Até o domingo (12), a previsão é que o tempo fique encoberto na região, com chances de chuva.

    Casos estranhos! Padre é encontrado ferido em quarto de motel em Divinópolis

      quarto de motel em Divinópolis
    Clever Geraldo de Souza é padre em São Sebastião
    do Oeste (Foto: Diocese de Divinópolis/Divulgação)

    Funcionária encontrou religioso trancado em suíte do local.
    Hipóteses são de sequestro e roubo; hospital não informa estado de saúde.


    Um padre de 55 anos foi encontrado ferido dentro do quarto de um motel em Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMR), que registrou o boletim de ocorrência sobre o caso, Clever Geraldo de Souza, de 55 anos, teria chegado ao estabelecimento em um carro na noite de segunda-feira (6) acompanhado por um homem e foi encontrado por uma faxineira durante a manhã. A suspeita é de que ele tenha sido vítima de sequestro e roubo. O Hospital Santa Mônica, para onde o religioso foi levado, disse ao G1 que não tem autorização para fornecer informações sobre o estado de saúde dele. A Diocese de Divinópolis, que abrange a paróquia na qual o padre trabalha, em São Sebastião do Oeste, também ainda não se pronunciou. 

    Registro do caso 

    O motel onde o padre estava fica no km 133 da MG-050, no Bairro Jardim Real. De acordo com as informações apuradas pelos policiais com funcionários do estabelecimento, dois homens chegaram ao local em um carro por volta das 23h de segunda-feira. Eles reservaram uma suíte e entraram. Cerca de 40 minutos depois, um dos homens pagou a conta e saiu do motel no mesmo carro, em alta velocidade. Na manhã desta terça-feira, uma funcionária do estabelecimento tentou abrir a suíte para fazer a limpeza, mas viu que a porta estava trancada. Um chaveiro foi chamado para abrir a porta e a equipe do motel encontrou o religioso. Consta no boletim de ocorrência que ele estava bastante ferido, com sintomas de embriaguez e se recusava a se identificar. Socorro à vítima Uma funcionária chamou um táxi para o cliente, que pediu para ser levado ao Hospital Santa Mônica, em Divinópolis, onde ele disse à equipe médica que se lembrava apenas de que na noite anterior ele dirigiu um carro, sem se lembrar para onde iria. O modelo do veículo citado pelo padre é o mesmo no qual o homem deixou o motel. Mas, a polícia ainda não informou a quem o automóvel pertence. Ainda segundo o relato do padre ao hospital, que consta no boletim de ocorrência, o padre disse que quando passava por um quebra-molas com o véiculo, foi interceptado por um desconhecido. "A partir daí, não se lembra de mais nada", conclui o texto. 

    Atualização 

    O G1 fez contato na tarde desta terça-feira com o Hospital Santa Mônica em busca de informações sobre o estado de saúde de Clever. A administração respondeu, por e-mail, que tentou contato com algum responsável pelo paciente em busca de autorização para a divulgação. "Infelizmente, por sigilo estabelecido por lei, o hospital não pode emitir qualquer tipo de informação sem autorização prévia", explicou. A Diocese de Divinópolis, que coordena a paróquia de São Sebastião do Oeste, na qual o padre Clever trabalha, ainda não se pronunciou sobre o ocorrido com o padre. A assessoria de imprensa informou que enviaria um posicionamento, o que ainda não ocorreu. A reportagem também telefonou para o motel, mas não foi atendida.

    Pro judiciário não tem crise? Eventos do TJ-BA em 2017 poderão custar até R$ 4 milhões; edital previa gasto de R$ 7 mi

      edital previa gasto de R$ 7 mi
    Pro judiciário não tem crise? Eventos do TJ-BA em 2017 poderão custar até R$ 4 milhões; edital previa gasto de R$ 7 mi

    Justiça cara e lenta


    Até dezembro de 2017, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) poderá gastar até R$ 4 milhões em eventos institucionais. A presidente do tribunal, desembargadora Maria do Socorro, homologou nesta terça-feira (7), a ata de registro de preços unitários “para futuro e eventual fornecimento de bens e prestação de serviços, planejamento, coordenação, organização, montagem, execução e acompanhamento de eventos de interesse institucional”, tanto em Salvador quanto no interior do estado. 

    A empresa vencedora da licitação é a Caboclinho Produção Cultural e Artística Ltda. de nome fantasia Alas Criação e Produção. O edital de licitação previa contratação de até R$ 7,2 milhões. Ainda no edital, o tribunal justifica a contratação de uma empresa para realização dos eventos, devido “crescente demanda por serviços relacionados a diversos eventos institucionais”, “por solicitação da presidência deste poder e demais setores, no âmbito da capital e do interior, à assessoria de Cerimonial da Presidência, e que esses serviços não se constituem em atividade fim do Tribunal, aliado à falta de estrutura própria para realizá-los”, e que, por isso, foi realizado o registro de preços. 

    Os eventos poderão ser realizados nas dependências do Edifício Sede do Tribunal de Justiça e em quaisquer outros espaços físicos, conforme o caso, no âmbito da capital e do interior. Os eventos poderão ser realizados em quaisquer dias da semana, nos períodos matutino, vespertino e/ou noturno, podendo também ocorrer aos sábados, domingos e feriados. Poderão ocorrer, inclusive, eventos simultâneos. Em 2015, o Bahia Notícias já havia noticiado uma licitação similar para aquele ano, com gastos aproximados de R$ 2,1 milhões, apesar do edital permitir contratação de empresas de eventos por até R$ 7,5 milhões (clique aqui e saiba mais). 

    O edital não descreve a quantidade de eventos a serem realizados, nem os tipos de eventos (seminários, congressos e feiras, por exemplo) que serão realizados com os recursos. O planejamento do orçamento dos eventos foi dividido em grupos: recursos humanos, comunicação visual, locação de equipamentos para edição e filmagem, buffet, locação de equipamentos eletrônicos, arranjos florais, locação de espaços, transporte, hospedagens e brindes promocionais. 

    Serão contratados fotógrafos, interpretes, garçons, manobristas, recepcionistas, mestre de cerimônias, operador de equipamentos audiovisuais e de som, operador de luz, auxiliar de cozinha e fritador, por R$ 176,6 mil. Para comunicação visual, serão gastos R$ 78 mil em banners, tripés, certificados, plotagens, lacres, faixas, adesivos, impressões, flâmulas, placas de descerramento, passadeira, placa de homenagens. Em locação de equipamentos para edição e filmagem serão gastos R$ 35 mil. Em buffet, serão gastos até R$ 1,9 milhão para realização de almoço para até mil pessoas, brunchs, coffee breaks, coquetel, jantar para até 500 pessoas. 

    A locação de equipamentos eletrônicos pode custar até R$ 275 mil para aluguel de amplificadores, microfones, caixas de som, canhão de iluminação, mesas de corte, mesa de som, projetor, TV, por exemplo. Para decoração, serão gastos até R$ 192 mil em arranjos florais, como coroa fúnebre, centro de mesa, arranjos para púlpitos, orquídeas e vasos de flores. 

    O aluguel de móveis como alambrados, balcões, bandeiras, estandarte, cavalete, fundo de palco, praticáveis, mesas, cadeiras, toalhas, urnas, custará R$ 474 mil. Já a locação de espaços diversos que comportem até 600 pessoas custará R$ 398 mil. Em aluguel de transportes, de ônibus com capacidade para até 44 pessoas, terá custo de até R$ 68 mil. Já as hospedagens, em quartos single ou double, custará R$ 98 mil. 

    A estimativa é para 600 hospedagens. Já em brindes como pen drives, agenda, pasta, mochila, canetas, kit escritório em couro, o custo será de até R$ 322 mil.
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    Google+ Followers