domingo, 5 de fevereiro de 2017

Lava Jato: Marcelo Bretas, o Moro do Rio

  o Moro do Rio
Bretas: o caminho é longo para dar conta do propinoduto fluminense (Leo Martins/Agência o Globo)

Quem é o juiz durão Marcelo Bretas, responsável pela Lava-Jato no Rio e que em dois meses pôs na cadeia Sergio Cabral e Eike Batista


No desenrolar da Operação Lava-Jato, uma conversa de uma hora, em 8 de novembro de 2015, selou uma relação que mudaria a história do Rio de Janeiro. Naquela data o juiz Sergio Moro convidou a seu gabinete um companheiro de toga até então pouco conhecido: Marcelo da Costa Bretas, 46 anos, titular da 7ª Vara Federal do Rio. Bretas estava em Curitiba para receber as cerca de 150 000 páginas digitalizadas com evidências de um esquema milionário de corrupção na Eletronuclear. A investigação, subproduto da Lava-Jato, deveria basear-­se no Rio, a sede da estatal, e caiu-lhe no colo por sorteio. A dimensão dos novos alvos transformou a rotina de Bretas. Concentrada em desmantelar o propinoduto carioca, a 7ª Vara deixou até de receber novos casos. O juiz tem trabalhado doze horas por dia e almoçado na própria sala, onde se fecha, solitário, para redigir suas decisões. Nas rodas de advogados, Bretas é chamado de “Moro carioca”.

Capinzal do Norte Maranhão: Milagre ou medo? Policial faz cadeirante andar na delegacia veja vídeo

   veja vídeo

Você acredita em milagres? Um policial da cidade de Capinzal do Norte, a 260 km de São Luis, a capital do Maranhão, até que acredita, mas desta vez ele resolveu operar um “milagre” bem inusitado ao fazer um cadeirante muito esperto levantar da cadeira de rodas e sair andando, mesmo algemado. O vídeo viralizou na rede Confira abaixo:

Bruto! “Bebi, surtei e taquei a faca mesmo” diz jovem após matar rival em “Boteco”; veja vídeo

 diz jovem após matar rival em “Boteco”; veja vídeo
Bruto! “Bebi, surtei e taquei a faca mesmo” diz jovem após matar rival em “Boteco”; veja vídeo

Bêbado e violento


Um jovem de 22 anos foi preso neste domingo (5) apontado como assassino de outro rapaz, de 24, após uma briga em um bar de Goiânia. Em um vídeo feito pela Polícia Militar, o desempregado Francisco dos Santos Rafael alega que ele e a vítima, Erenildo Ferreira de Carvalho, já tiveram vários desentendimentos e confessa que o crime. “Revoltei, bebi, surtei e taquei a faca mesmo. Taquei mesmo”. Segundo a PM, ambos estavam no bar, localizado no Setor Jardim Guanabara, quando a confusão começou. No registro, Francisco, conhecido como Cabelo, afirma que estava curtindo a festa, mas que Erenildo, como já havia feito outras vezes, começou a implicar com ele. O desempregado diz que só esfaqueou o rapaz porque foi agredido antes. “O rapaz toda vez que me vê trombava em mim, me peitava, batia na minha cara às vezes […]. Não é de agora que vem acontecendo isso. Nunca me xi com nada dele, mulher, filho. Também sou pai de família. Mas só que juntou quatro lá para me pegar. Dei voadora mesmo”, afirmou, tentando se justificar. No entanto, a PM aponta para outra versão. De acordo com o sargento Cícero José Lima, que realizou a prisão, a confusão começou porque Cabelo chamou a mulher de Erenildo para dançar. “A vítima não gostou e isso gerou uma confusão entre os dois. O autor desferiu uma voadora na vítima, que caiu sobre algumas mesas. Eles saíram do bar e começaram a brigar na rua quando o Cabelo deu um golpe no pescoço da vítima, que morreu na hora”, disse o policial. O homem foi detido em casa e levado para a Central de Flagrantes, onde deve ser autuado. Segundo a PM, ele já tem passagem por furto. O corpo de Erenildo foi liberado do Instituto Médico Legal (IML) nesta tarde.


Mandando ver contra a bandidagem: Dupla morre em confronto com a CIPE SEMIÁRIDO na cidade de Irecê

  tático em Irecê
Mandando ver contra a bandidagem: Dupla morre em confronto com a CIPE SEMIÁRIDO na cidade de Irecê

Encarou a PM e tomou bala


Dois jovens morreram em confronto com policiais da Cipe Semiárido na noite deste sábado na cidade de Irecê. De acordo com a polícia, após levantamentos realizado pela SOINT, uma guarnição da Unidade Especializada se deslocou ao bairro "Baixão do Sinésio" onde integrantes da facção BDM suspeitos de homicídios e tráfico de drogas na região estariam homiziados na rua da Pedreira. Ao adentrar a rua que é sem saída, a guarnição foi recebida a tiros pelos elementos que estavam sentados na porta da casa. Após alguns disparos a dupla correu para dentro da casa. A guarnição após desembarque, cercou a casa pelos fundos, em um matagal, onde os elementos entraram em confronto com a guarnição. No revide os indivíduos foram baleados e morreram. Identificados como de nomes D C B , de 17 anos, e Hébert Lemos, de 18, eles foram alvejados e socorridos para Hospital Regional, onde foi constatado o óbito pelo Dr. Danilo Barreto, Médico Plantonista. Outro indivíduo de nome Clécio Leite de Oliveira, foi preso no interior da casa escondido em um quarto e conduzido a Delegacia de Irecê, com os elementos foram encontrados: 01 Pistola cal.9mm, inox, sem marca e sem numeração aparente. 01 Revólver cal. .38, marca Taurus, com numeração suprimida. 01 Espingarda cal. 28, n°276286, sem marca aparente, 05 munições cal.9mm, intactas. 03 munições cal.38, 01 intacta e 02 deflagradas. 02 munições cal. 28. 100,00 reais em espécie. Todo material está sendo apresentado a Delegacia de Irecê. Bahia Acontece



Gostosa! CHRISTINE FERNANDES IMPRESSIONA COM ÓTIMA FORMA FÍSICA EM DIA DE PRAIA

 ÓTIMA FORMA FÍSICA EM DIA DE PRAIA
Gostosa! CHRISTINE FERNANDES IMPRESSIONA COM ÓTIMA FORMA FÍSICA EM DIA DE PRAIA

Atriz aproveitou o domingo para curtir praia carioca


Exuberante aos 48 anos, Christine Fernandes voltou a impressionar no domingo (5) por conta de sua forma física. A atriz aproveitou o calorão do domingo (5) para ir à praia na Barra da Tijuca e exibiu a ótima forma física nas areias e durante um mergulho no mar. De óculos escuros e chapéu, Christine renovou o bronzeado nas areias da praia, onde exibiu sua barriga chapada e se refrescou no mar - com direito a uma ajeitadinha no biquíni para não mostrar demais.















Christine Fernandes (Fotos: Agnews)
Fonte: Quem Online

Violência e barbaridade: Evangélica que trabalhava como vendedora de roupas é brutalmente assassinada no interior da Bahia

  assassinada no interior da Bahia
Violência e barbaridade: Evangélica que trabalhava como vendedora de roupas é brutalmente assassinada no interior da Bahia

Crime chocou os moradores da zona rural de Cachoeira


A morte de uma evangélica que trabalhava como vendedora chocou os moradores da zona rural de Cachoeira, no interior da Bahia neste sábado (4). Antônia Oliveira da França foi encontrada morta na localidade conhecida como Ladeira do Padre Inácio, por volta das 8h. Ela estava desaparecida desde a noite desta sexta-feira (3). Uma moradora da região contou que Antônia era vendedora de roupas e morava com o irmão. Ela tinha saído ontem para cobrar alguns clientes, mas não voltou para casa. À noite, o irmão deu por falta dela e os moradores se mobilizaram para tentar encontrá-la.

“Ela tinha o costume de sair, mas sempre avisava ao irmão. Ela é testemunha de Jeová, sempre foi correta, nunca foi de confusão, nem bebia, nem usava drogas, não tinha desavença com ninguém”, contou a moradora. O corpo de Antônia foi encontrado em uma estrada de barro, com ferimentos de pedradas e pauladas. A mercadoria da vítima não foi encontrada, mas a bolsa e a bicicleta foram encontradas próximas ao corpo. Em nota, a Polícia Militar informou que isolou a área e acionou a Polícia Civil. A Delegacia de Cachoeira vai investigar o crime, ainda não há informações sobre o que motivou a morte da vendedora. O delegado não foi encontrado para dar detalhes sobre a investigação.

Queremos auditoria na previdência já! Apenas 4,2% dos aposentados nos últimos 3 anos têm acesso ao benefício integral

 3 anos têm acesso ao benefício integral
Queremos auditoria na previdência já! Apenas 4,2% dos aposentados nos últimos 3 anos têm acesso ao benefício integral

Quando o governo vai apresentar os números verdadeiros sobre a previdência?


Menos de 40 mil trabalhadores que se aposentaram nos últimos três anos contribuíram durante 40 anos ou mais para a Previdência Social. O número é equivalente a 4,2% dos aposentados por tempo de serviço, que têm direito à aposentadoria integral. O levantamento feito pelo G1 mostra que, se for mantida a nova regra de 49 anos de contribuição, o número de aposentados com benefício integral será mínimo. Entre 2013 e 2015 foram concedidas 2,307 milhões de novas aposentadoria. Dados do INSS mostram que o tempo de contribuição padrão para solicitar aposentadoria é entre 30 e 35 anos, com 64% do total dos benefícios condedidos por tempo de serviço. Em seguida está a faixa de 36 a 39 anos, com 18,7%, e de 25 a 29 anos, com 12%. "O que o governo fez foi encontrar uma outra maneira de baixar o valor do benefício sem mexer no teto da aposentadoria. Quem quiser ter um benefício maior, vai ter que contribuir por um período maior. (...) COmo o país não foi capaz de fazer mudanças mais lentas lá atrás, a gente é quase obrigado a fazer uma reforma tão dura quanto essa", explicou o economista Luís Eduardo Afonso, professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP. Questionado sobre a realidade da aposentadoria, o Ministério da Previdência disse que o brasileiro tem conseguido manter na aposentadoria uma fatia da renda que tinha maior do que a média registrada nos demais países da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). "Dois terços dos benefícios previdenciários brasileiros serem de um salário mínimo, ou seja, casos em que os trabalhadores têm reposição integral, o que faz elevar a média", afirmou a assessoria de comunicação da pasta.

Juízes contra o ódio de Trump: Tribunal dos EUA rejeita pedido para restabelecer decreto sobre imigração

 decreto sobre imigração
Juízes contra o ódio de Trump: Tribunal dos EUA rejeita pedido para restabelecer decreto sobre imigração

Os analistas consideraram comportamento raro um presidente questionar a legitimidade e competência de um juiz abertamente


Um tribunal de apelações, nos Estados Unidos, rejeitou neste domingo (5) o pedido do Departamento de Justiça para restaurar o decreto do presidente Donald Trump que proíbe a entrada no país de cidadãos de sete nações de maioria muçulmana. O 9º Tribunal de Apelações, com sede em São Francisco, na Califórnia, negou a moção de emergência apresentada pelo governo, que procurou invalidar a suspensão temporária do decreto, determinada na sexta-feira (3) por um juiz federal em Seattle, no estado de Washington. O Departamento de Justiça disse, em sua apelação, que a decisão da corte de Seattle é um prejuízo para a população, "questionou a decisão do presidente sobre a segurança nacional" e carece de análise jurídica. O órgão também argumentou que o juiz James Robart havia ultrapassado a sua autoridade, porque a decisão afetou todo o território nacional e questionou a divisão de poderes entre o presidente e a Justiça. Segundo a Agência Brasil, a previsão é de que os tribunais de apelação dos estados de Washington e Minnesota, os primeiros que impugnaram o decreto de Trump, também manifestem oposição ao pedido do Departamento de Justiça ainda hoje. Também se espera que o presidente Donald Trump emita resposta em apoio aos recursos de emergência. "Vamos ganhar", disse Trump, após a apresentação da apelação. "Para a segurança de nosso país, vamos ganhar". O presidente questionou publicamente a decisão e atacou indiretamente o juiz de Seattle. "A opinião desse suposto juiz, que tira essencialmente a lei do nosso país, é ridícula e será cancelada", disse Trump em seu Twitter. "O juiz abre o nosso país a potenciais terroristas e outros que não têm nossos melhores interesses no coração. As pessoas estão muito felizes!". Os analistas consideraram comportamento raro um presidente questionar a legitimidade e competência de um juiz abertamente.

Insegurança na Bahia: Onda de assaltos deixa população assustada em Ponto Novo

 assustada em Ponto Novo
Insegurança na Bahia: Onda de assaltos deixa população assustada em Ponto Novo - Foto: Romilson Almeida Photo Design

População assustada


A população de Ponto Novo vive um verdadeiro clima de insegurança com mais uma onda de assaltos na cidade. Na semana passada, uma distribuidora de gás situada na Praça da Feira foi assaltada, uma Perfumaria na Rua Bela Vista também foi alvo de criminosos em plena luz do dia, além de outras ações criminosas em estabelecimentos comerciais. Os assaltos a transeuntes em alguns pontos da cidade estão se tornando algo cada vez mais corriqueiro, o que deixa a população assustada. Moradores pedem aumento no policiamento e intensificação das rondas, visando coibir ações criminosas do tipo na cidade. Fonte: Web Interativa
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers