segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Fatalidade: Liliane Chieppe Herdeira do Grupo Águia Branca morre em incêndio em SP

  morre em incêndio em SP
Liliane Chieppe
(Foto: Mônica Zorzanelli/Arquivo/ZigZag)

Ela estava em um apartamento no bairro Jardim Paulista, na capital. Segundo os bombeiros, o incêndio ocorreu dentro de um dos quartos.


Uma das herdeiras do Grupo Águia Branca, Liliane Chieppe, filha do fundador e e ex-presidente da empresa, Vallecio Chieppe, morreu em um incêndio na tarde desta segunda-feira (30), em São Paulo. Ela estava em um apartamento que pegou fogo no bairro Jardim Paulista, na capital. Liliane tinha 54 anos e deixa três filhos. Segundo o Corpo de Bombeiros, o incêndio ocorreu dentro de um dos quartos do apartamento. Quando a equipe de resgate chegou ao local, populares já tinham apagado as chamas. Os bombeiros ainda informaram que duas pessoas, entre elas Liliane, passaram mal com o incêndio, uma com crise nervosa e outra com parada cardiorrespiratória. Não há informações sobre a identidade e o estado de saúde da outra vítima. Liliane foi levada, inicialmente, pelo resgate do Corpo de Bombeiros para o Hospital Santa Casa de São Paulo. Em seguida, foi encaminhada para Hospital das Clínicas, onde morreu, segundo a assessoria de imprensa da clínica. O Grupo Águia Branca divulgou por meio de nota que familiares foram para São Paulo para tomar as providências necessárias. Não foram divulgadas informações sobre velório e enterro. Grupo Águia Branca Fundado em 1946, o Grupo Águia Branca é um conglomerado de transportes que reúne dez empresas. Tem sede em Cariacica, no Espírito Santo, e atua em todo o país nos serviços de transporte rodoviário e aéreo de passageiros, comércio de automóveis e veículos comerciais de diversas marcas, além de locação de veículos, e logística. Caique Verli e Natália Bourguignon
Do G1 ES, com informações do Gazeta Online

Aracoiaba Ceará: Eleita vice-prefeita, mãe de Wesley Safadão tem registro cassado no TRE

  cantor Wesley Safadão
Dona Bill e o filho, o cantor Wesley Safadão (Foto: Facebook/Reprodução)

TRE entendeu que houve abuso de poder no processo eleitoral. Prefeito cassado na chapa diz que vai recorrer da decisão do TRE.


O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) cassou por unanimidade nesta segunda-feira (30) o prefeito eleito em Aracoiaba em 2016, Antônio Cláudio, e a vice de sua chapa, a mãe do cantor Wesley Safadão, Maria Valmira Silva de Oliveira, conhecida como Dona Bill. O tribunal entendeu que houve abuso de poder no processo eleitoral de 2016 quando a chapa fez doações de quatro ambulâncias em maio do ano passado. O prefeito eleito, Antônio Cláudio, afirmou que vai recorrer da decisão logo que for notificado. "Nós não cometemos nenhum crime. Foram quatro ambulâncias que o município recebeu de uma empresa que foram repassadas para as comunidades. Eles alegam que isso causou um desequilíbrio, mas não houve, tanto que eu perdi em duas regiões que receberam os veículos", defende o prefeito. O voto pela cassação do TRE não define se a chapa pode se manter no cargo enquanto recorre ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas eles podem obter liminar para evitar o afastamento imediato. A relatora do recurso, desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira, considerou que "houve sim o abuso de poder político e econômico, mediante a doação de veículos (ambulâncias) para a comunidade com as divulgações sabidamente inverídicas de que eram provenientes de recursos próprios da vice-prefeita reeleita com o aval do atual prefeito, com o propósito de captar votos". O G1 tentou entrar em contato com Dona Bill, mas as ligações não foram atendidas. Antônio Cláudio e a mãe de Wesley Safadão ainda não foram notificados sobre a decisão e continuam nos cargos de prefeito e vice-prefeita. A decisão também deixa os dois inelegíveis por oito anos. Posse, denúncia e cassação Durante a última campanha eleitoral, a candidatura da chapa havia sido cassada em primeiro grau após denúncias de abuso de poder econômico e político, na compra de ambulâncias para a cidade com dinheiro da prefeitura, mas anunciada como doação pessoal de Dona Bill. Eles recorreram, o que causou efeito suspensivo da decisão. Em novo pedido, o procurador eleitoral Marcelo Mesquito manteve o entendimento da sentença e pediu ao TRE que cassasse a candidatura de Antônio Cláudio e Dona Bill. Com recurso, eles foram diplomados. O prefeito e a vice-prefeito vão tomar posse normalmente em janeiro. Isso porque o processo está em julgamento com vistas, pedido pela juíza da corte do TRE, Kamile Moreira Castro. A previsão de retomada do julgamento é no dia 23 de janeiro. Com recurso, a mãe de Wesley Safadão foi empossada. A diplomação aconteceu na Escola Estadual de Ensino Profissional Dr. Salomão Alves de Moura, no Conjunto Solon Lima Verde, e foi presidida pelo juiz eleitoral Ricardo de Araújo Barreto.

 Wesley Safadão tem registro cassado no TRE
Dona Bill, mãe do cantor Wesley Safadão, é diplomada vice-prefeita de Aracoiaba após ter sido cassada e entrar com recurso (Foto: Arquivo pessoal)

Fatalidade! A Jovem Gislaine Costa morre em hospital após torcer o pé em festa

  torcer o pé em festa
Fatalidade! A Jovem Gislaine Costa morre em hospital após torcer o pé em festa

Diga não as drogas


A jovem Gislaine Costa Perez, 24 anos, morreu depois de quebrar o pé em uma festa e ter complicações no hospital, na manhã de hoje, em Ponta Porã no estado do Mato Grosso do Sul. De acordo com o boletim de ocorrência, vítima estava em uma festa, quando torceu o pé, que quebrou, na noite de ontem. Ela foi encaminhada ao Hospital Regional do município, onde teve problemas respiratórios e duas paradas cardíacas, mas foi estabilizada e aguardava ambulância para ser transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Dourados. Na madrugada de hoje, antes da chegada da ambulância, Gislaine teve outra parada cardíaca e morreu. Testemunhas disseram que vítima ingeriu bebidas alcoólicas e fumou narguilé na festa. Não há informações se o consumo tem relação com a morte. Caso foi registrado como morte a esclarecer e será investigado pela Polícia Civil.

Christine Fernandes exibe boa forma na praia da Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade

  Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade
Christine Fernandes exibe boa forma na praia da Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade

Atriz foi clicada na praia da Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade.



Christine Fernandes, 48 anos, deixou muita menininha no chinelo mais uma vez. A atriz aproveitou o dia de sol no Rio de Janeiro neste domingo, 29, na Praia da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e mostrou um corpão de fazer inveja a muita gente. Em recente entrevista ao EGO, a atriz falou sobre sua forma física, mas disse se preocupar mais com seu bem-estar do que com a boa forma. "Fui atleta e quero ser uma velha sem grandes limitações físicas. Isso é o que me move. Se resulta em boa forma, que seja. Mas meu valor não está no meu corpo, e sim na qualidade do meu pensamento. E quanto à minha idade, realmente, quem se importa? Simplesmente não vejo sentido em minha idade ou meu corpo suscitarem esse interesse todo", disse ela no melhor estilo low profile.





Christine Fernandes (Fotos: Agnews)

Feira de Santana: Homem morre quando fazia manutenção em antena e fica pendurado em equipamento; suspeita é que ele teve um mal súbito

  a suspeita é que o homem teve um mal súbito
Segundo os bombeiros, a suspeita é que o homem teve um mal súbito | Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Mal súbito


Um homem identificado como Adélio Lemos do Amaral, 66 anos, morreu por volta das 8h30 da manhã desta segunda-feira (30), quando realizava um serviço de manutenção na antena da TV Canção Nova, que fica no centro de Feira de Santana. Ele ficou preso ao cinto e o Corpo de Bombeiros retirou o corpo do local. Ao site Acorda Cidade, o major José Alberto, do 2º Grupamento de Bombeiro Militar (GBM), informou que somente a perícia vai poder constatar a causa da morte. Mas ele acredita que se trata de um mal súbito, já que a vítima não apresentava sinais de queimaduras no corpo, que poderiam ter sido provocados por um choque elétrico. Segundo a publicação, a antena tem aproximadamente 35 metros de altura.

DJ Jorgin de 'Deu onda' explica produção do funk de hits que sustentam família

  gravou 'Deu onda' e outros hits do funk de SP (
DJ Jorgin no estúdio que montou em sua casa, em que gravou 'Deu onda' e outros hits do funk de SP (Foto: Rodrigo Ortega / G1)

Como nasce um funk? DJ Jorgin aprendeu sozinho a produzir após ganhar 1º computador aos 15 anos do pai, que era pedreiro. Aos 22, emprega a mãe, ex-faxineira, e fez 2 das 4 músicas mais tocadas no Brasil hoje.


Quem passa pela casa cinza, de portão enferrujado e janela coberta por pedaços de madeira, na Ponte Rasa, Zona Leste de São Paulo, não imagina o que ela tem a ver com o clima praiano de “Deu onda”. Mas a faixa que há um mês é a mais tocada do Brasil nasceu lá. É a casa de Jorge Lemes Ferreira, 22 anos, o DJ Jorgin. Veja vídeos acima e abaixo. Além da voz do cantor e compositor G15, gravada ali, não há instrumento real. Foi tudo produzido por Jorgin no computador, que ocupa parte do estúdio de 12 metros quadrados, logo atrás da janela da fachada. Um monitor extra, duas caixas de som, um sofá e uma cabine de voz completam o cômodo apertado que ele suou para montar. Jorgin ganhou seu primeiro computador aos 15 anos. O pai, pedreiro, conseguiu uma boa obra e comprou o PC para tirar o menino de lan-houses. “Sempre fui curioso. Fui fuçar vídeos de DJs, pesquisar”, conta. A mãe, empregada doméstica, não conseguia pagar aulas de música ou de produção. Ele decifrava programas de edição musical “na raça”.


Depois, correu atrás dos MCs na Ponte Rasa. Jorgin lembra que o funk já dominava as “quebradas” de SP e novos cantores despontavam. Mas o adolescente era tímido demais para o palco. “Levava mais jeito para isso”, diz, apontando o computador. Um amigo da escola, MC Lukinhas, topou a parceria, recomendou a outros cantores e o nome de Jorgin se espalhou. “Deu onda” não é o primeiro e nem o maior sucesso na cena funk de SP produzido por Jorgin. No final de 2014 ele deu forma a “Os mlk é liso”, de MC Rodolfinho. A faixa ainda tem cara do funk ostentação: ironicamente, produções pobres, quase sempre só com batida e voz. A onda seguinte do funk mudou o cenário. O chamado “funk putaria” subiu o nível (outra ironia), com arranjos mais elaborados.

Jorgin, que não é de se gabar, atribui ao colega DJ Perera, da Zona Norte, essa mudança de paradigma nos arranjos, incluindo mais melodia nas apimentadas letras dos novos MCs. A produção ficou mais difícil. Depois de descobrir sozinho como fazer as batidas, o jovem que nunca aprendeu teoria musical teve que se virar com as linhas melódicas. Ele conseguiu de novo: nos últimos 12 meses, emplacou várias músicas com mais de 50 milhões de views no YouTube: “Roça roça 2”, do MC Brinquedo, “4M no toque”, dos MC Pedrin e Hariel, “O verão está chegando”, do MC Davi e “Tumbalatum”, de MC Kevinho (seu recorde de audiência, com 135 milhões de visualizações). Mas foi “Deu onda” que, além dos bailes, rompeu a barreira do funk e alcançou sucesso nacional. Foi em novembro de 2016 que o MC G15 visitou a casa/estúdio de Jorgin. “Ele deixou o vocal de três músicas aqui. Escolhi uma, porque tinha cara de praia, de final de ano. As músicas anteriores dele tinham uma levada mais ‘reta’, mais ‘favela’, ‘funkzão’ de rua, define. E por essa ser mais romântica, pensei em fazer um toquezinho mais leve, mais ‘gingadinho’”, explica o DJ.

DJ Jorgin (Foto: Rodrigo Ortega / G1)



Desde dezembro o riff inicial não sai da cabeça de metade do país. Muita gente acha que é tocado numa escaleta ou teclado comum, mas veio do computador, por um programa que reproduz a melodia vocal – o estúdio não tem instrumentos musicais, apesar de Jorgin desejar um teclado. Para dar mais “peso” à introdução, acabou adicionando uma nota fora da escala. A nota deslocada foi notada em um vídeo que analisa “Deu onda”, do músico Pedro Serapicos. Ele aponta o “politonalismo” em tom de elogio e até compara à música erudita, mas Jorgin explica: foi sem querer mesmo. “Só fui perceber quando vi gente criticando”, diz. Ele fica mais inquieto na cadeira ao falar do assunto e não percebe o vídeo de Pedro como positivo, mas acaba concluindo que foi um “errado que deu certo” e que a versão corrigida “não teria graça”.



'Olha a explosão' em 4º lugar 

Comprar instrumentos para o estúdio e fazer aulas de teoria musical são planos dele. Mesmo após virar referência no funk, emplacar um hit nacional e já ameaçar o segundo (“Olha a explosão”, de MC Kevinho, já é a 4ª mais ouvida em streaming no país), ele não fala como produtor do sucesso. O DJ lembra que nas duas vezes em que entrou num grande estúdio, ficou olhando tudo e tirou o máximo de informação dali.

Em outros momentos, ele explica que a mixagem da música pop não funciona no funk (os graves e agudos suavizados tiram o poder que os sons de carros nos bailes de rua). Também conta como as letras ‘light’ dos funks que acabam chegando nos grandes estúdios costumam tirar, não aumentar, a base de fãs dos MCs em SP (eles passam a ser vistos como menos autênticos e divertidos). Fala naturalmente, e parece não se dar conta de que, além de aprender, tem bastante a ensinar.

Até R$ 3 mil por faixa 

Antes de continuar a incrementar o estúdio, Jorgin terminou de pagar outra reforma na casa. O muro dos fundos estava prestes a cair no córrego sujo que passa rente à casa. A maratona de vinte músicas produzidas no fim do ano, cobrando, segundo ele, até R$ 3 mil por faixa, ajudou Jorgin e família. O pai não trabalha mais como pedreiro, mas segue “fazendo bicos”, diz o filho. Na despedida, na porta de casa, encontramos a mãe de Jorgin, Ivani, que deixou de ser faxineira e virou recepcionista do estúdio. “Toda vez que ela ia trabalhar voltava sempre com dor, cansada. Isso me incomodava desde pequeno”, diz o filho, que vai mudando aos poucos a situação da família, ao emplacar duas das quatro músicas mais tocadas no país. Ivani agradece à reportagem por “dar um espaço para o filho rebater as críticas”. Surpreso, respondo a ela que a visita era para saber como o menino chegou tão longe, e não falar de críticas. Ela sorri e se despede. O produtor de maior sucesso neste momento na música brasileira abraça a mãe, fecha o portão enferrujado e volta para dentro de casa.

DJ Jorgin e a mãe na casa onde montou seu estúdio na Zona Leste de SP (Foto: Rodrigo Ortega / G1)

VIOLÊNCIA CONTRA MULHER: Delegado quebra prato em mulher após discutir por lugar em restaurante

  prato em mulher após discutir por lugar em restaurante

Um delegado de polícia de Valparaíso (SP) é suspeito de ter agredido uma mulher com um prato durante uma discussão por conta de uma mesa na praça de alimentação de um supermercado em Araçatuba (SP), neste domingo (29). Segundo informações da Polícia Civil, a confusão começou quando mãe e filha ocuparam uma mesa onde o delegado havia deixado suas chaves para "guardar lugar". Ele foi até as duas mulheres e reclamou. As duas não gostaram e começaram a discutir com ele por conta da mesa. Ainda de acordo com a polícia, uma das mulheres jogou comida no delegado e ele revidou jogando o prato na mulher. O prato quebrou e cortou um dos braços e o rosto dela. O delegado foi embora quando algumas pessoas que estavam no local começaram a gritar. A mulher ferida foi encaminhada para o pronto-socorro. O delegado vai responder em liberdade por lesão corporal e o caso será investigado pela corregedoria da Polícia Civil.

SECA NA BAHIA: Governo prorroga corte de Água em Ponto Novo e garante a manutenção de 6.000 empregos.

  6.000 empregos.
SECA NA BAHIA: Governo prorroga corte de Água em Ponto Novo e garante a manutenção de 6.000 empregos.

ESTIAGEM PROLONGADA


Após uma semana de muita apreensão e expectativa para a população da região de Ponto Novo, o governo baiano foi sensível a parte das minhas argumentações técnicas e cancelou, temporariamente, a suspensão definitiva da água para irrigação dos 1,4 mil hectares de fruticultura irrigadas e, consequente, desemprego de 6.000 pessoas. Desde o final de semana foi permitido que durante os próximos 15 dias a irrigação continue funcionando, mas ao invés de 20 horas/dia o sistema funcionará apenas 4 horas/dia. Essa quantidade, apesar de não garantir a produção, permitirá que as plantas não morram e, se Deus quiser, tão logo as chuvas aconteçam, as produções e os empregos podem ser retomados. Leia mais informações em nosso site: https://goo.gl/4BxjzP

VIOLÊNCIA EM ITIÚBA BAHIA: HOMEM É ASSASSINADO A TIROS A QUEIMA ROUPA

 ASSASSINADO A TIROS A QUEIMA ROUPA

OS CRIMES VIOLENTOS NÃO PARAM NA BAHIA


Aconteceu na noite deste domingo (29/01/2017), por volta das 21:40 assassinato, sendo a vítima um homem conhecido como Edmilson Almeida, morador da localidade bairro Santa Helena, popular bairro da Balança na cidade de Itiúba, Ba. Segundo relata testemunhas, o homem foi encontrado já sem vida, num terreno baldio, sendo alvejado por três (3), a queima roupa, por arma de fogo. Circula nos grupos de whatsapp que três elementos evadiram-se do local em direção ao pé da serra, inclusive a polícia está a procura dos criminosos. Ontem, por volta das 20:30 tentaram contra a vida de Andrezão da Borracharia, que ao ser socorrido, ainda teve o desprazer de ser vítima de outro acidente, pois a ambulância que o socorria, virou a caminho do Hospital, mas segundo as últimas informações não morreu.



Informações policiais dão conta que a vitima tinha passagem pela polícia por furto, tendo recebido ameaças de morte. Não se sabe se o crime de ontem tem relação com o crime de hoje, o que resultou na morte de Edmilson, mas a polícia segue a linha de investigação para elucidar os fatos.

VIOLÊNCIA EM ITIÚBA BAHIA: HOMEM É ASSASSINADO A TIROS A QUEIMA ROUPA

MAIS DETALHES SOBRE AMBULÂNCIA QUE CAPOTOU QUANDO RESGATAVA VÍTIMA DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM ITIÚBA




Quando era resgatado pelo serviço médico do município de Itiúba, o proprietário de uma borracharia no bairro da Piaba, identificado pelo vulgo de “Andrezão”, vítima de tentativa de homicídio, por homens ainda não identificados que efetuaram pelo menos 6 tiros contra o mesmo, sendo alvejado três vezes, sofreu um grave acidente.



Após atendimento no hospital da cidade de Itiúba, “Andrezão” foi transferido para outa unidade hospitalar e seguia com destino a Juazeiro, porém ainda na BA 381, já próximo a Filadélfia, a Ambulância na qual ele seguia na companhia de outas pessoas identificadas como, Josinha, Adriana, Dr. Paulo e Alex, capotou, nesse acidente a enfermeira Josinha sofreu fratura no fêmur e foi transferida para a Região do Vale do São Francisco, os demais tiveram apenas escoriações e foram atendidos no Hospital Regional de Senhor do Bonfim. Ainda não se sabe os motivos da tentativa contra o proprietário da borracharia, nem os autores. Maravilha Notícias

CAPIM GROSSO BAHIA: FILHO MAIS VELHO DA EX-VEREADORA ELGA SOFRE ACIDENTE NA BR-407

  ACIDENTE NA BR-407

ACIDENTE DE TRÂNSITO


Segundo informações chegadas a nossa redação o filho mais velho da ex-vereadora Elga, identificado como Diego, sofreu neste sábado (28), na BR-407, próximo ao antigo Pesque e Pague próximo ao KM 2, por volta das 23h25minmin. um grave acidente quando a motocicleta que pilotava colidiu contra uma Hilux, causando ferimentos graves no mesmo. Informações ainda não confirmadas, outra pessoa ainda não identificada, teria se envolvido no acidente sofrendo ferimentos. Diego foi socorrido pela SAMU e transportado até a UPA onde recebeu atendimento médico, em seguida devido a gravidade dos ferimentos foi transferido para Salvador. Até o presente momento não temos informações sobre o estado de saúde do mesmo. A PRF e a PM estiveram no local registrando a ocorrência tomando as medidas de cabíveis ao fato. Não se sabe ainda sobre as causas do acidente. Da redação do Jorgequixabeira Foto: Whatsapp

Seca na Bahia: Helicóptero vem auxiliando no combate aos vários focos de incêndio na região de Senhor do Bonfim

  região de Senhor do Bonfim
Seca na Bahia: Helicóptero vem auxiliando no combate aos vários focos de incêndio na região de Senhor do Bonfim

Clima quente e queimadas


Nos últimos dias dois dias um helicóptero vem sobrevoando em Senhor do Bonfim à disposição do Inema e Bombeiros para auxiliar no combate aos vários focos de incêndio que atingem nossa região, além de conduzir brigadistas 2diretamente para o local de combate, o helicóptero também dispõe de um equipamento que permite coletar água e jogar diretamente nas chamas. Esses incêndios estão acontecendo em regiões de nascentes da bacia do rio Itapicuru e, portanto, além de afetar os moradores próximos aos focos, também afeta a todos que dependem das águas do Rio Itapicuru, a exemplo daqueles municípios que utilizam as águas das barragens do Aipim, de Pindobaçu, de Ponto Novo, da Leste em Queimadas e assim por diante. Há exatos 10 dias estão atuando nos municípios de Jacobina, Mirangaba, Saúde, Caem, Antônio Gonçalves e Pindobaçu, seja no monitoramento, seja no enfrentamento às chamas. Fonte: Blog do Cleber Vieira
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers