sábado, 1 de julho de 2017

Porto de Santos: Temer foi citado em planilha de propina; Janot pede acesso a inquérito

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Presidente em apuros


O procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, quer reabrir uma investigação para apurar supostos pagamentos de propina envolvendo o presidente Michel Temer (PMDB) e a empresa Rodrimar, que atua no Porto de Santos. Segundo a revista Veja, na última terça-feira (27), Janot pediu vista dos autos de um antigo inquérito que apurava a suspeita de que a empresa pagou propina a Temer, ainda deputado na época. A suspeita é de que a Rodrimar tenha sido beneficiada também com o peemedebista na presidência. A publicação aponta que as primeiras pistas sobre a relação entre o presidente e a empresa chegaram à Justiça no início dos anos 2000, a partir de um processo de separação litigiosa entre Marcelo de Azeredo, que presidiu a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), por indicação de Temer, e Erika Santos. Erika entregou planilhas com relatos de um esquema de corrupção no Porto de Santos, na tentativa de conseguir um valor maior na planilha de bens. Os dados apontavam que pelo menos seis contratos renderam dinheiro ilegal a Temer, Azeredo e "um tal de Lima", que poderia ser o coronel João Baptista Lima, segundo suspeitas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers