sexta-feira, 9 de junho de 2017

Polícia Federal: Força-tarefa desarticula esquema de fraude contra o INSS; prejuízo é de R$ 2,3 milhões

Organização criminosa já deu prejuízo de R$ 2,3 milhões aos cofres da Previdência | Foto: Divulgação/Polícia Federal

Uma força-tarefa formada por agentes da Polícia Federal (PF) e da Previdência Social foi montada nesta quinta-feira (8) com objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada em fraudar o INSS. De acordo com a PF, a Operação Monte Gordo cumpre seis mandados de prisão preventiva e seis de busca e apreensão nas cidades de Camaçari e Nilo Peçanha, na Bahia, e em Ituiutaba, no estado de Minas Gerais. Cerca de 40 policiais federais, seis servidores da Secretaria da Previdência do Ministério da Fazenda e dois servidores do INSS participam da ação. Segundo as investigações, o grupo era formado por, no mínimo, seis integrantes e atuava desde 2009, exercendo, mediante fraudes, as funções de procuradores em benefícios assistenciais à pessoa idosa. A estimativa é de que a organização criminosa já deu prejuízo de R$ 2,3 milhões aos cofres da Previdência, referente a 54 benefícios que foram analisados pela Inteligência Previdenciária. Os envolvidos vão responder por crimes de estelionato contra a Assistência Social e associação criminosa. Notícias de santaluz
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers