domingo, 14 de maio de 2017

Lava Jato: Depósito de Mônica, para ressarcir assessora presidencial, compromete Dilma

 assessora presidencial, compromete Dilma
Depósito de R$ 6 Mil prova uso de caixa 2 em benefício próprio

"Presidente inocenta..."


Mônica Moura pode ter documentado o envolvimento da ex-presidente Dilma Rousseff no esquema criminoso de utilização de recursos do caixa 2. Ela revelou que durante a campanha de reeleição, em 2014, foi solicitada a ressarcir uma funcionária do Palácio Alvorada, Marly Ponce Branco, que havia pago R$ 6 mil pelos serviços de Celso Kamura, cabelereiro de Dilma. Pagamento foi feito mediante depósito bancário. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder. As autoridades terão facilidade de comprovar se a acusação de Moura é verdadeira. Comprovante de depósito bancário é prova contundente. Pagar despesas pessoais de Dilma com dinheiro oriundo da corrupção é a acusação mais grave que pesa contra a ex-presidente. Ao ouvir a informação preciosa de Mônica Moura, uma procuradora que a interrogava não se conteve e exclamou: “ótimo!” Marly Ponce Branco era assessora especial de Dilma desde os tempos em que ela foi ministra da Casa Civil. Cuidava até das roupas de Dilma. Fonte: Diário do Poder

Jornal da Globo Mônica Moura diz que foi alertada por Dilma para o avanço da Lava Jato

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers