segunda-feira, 22 de maio de 2017

Barbárie na Bahia: Filadélfia e Ponto Novo: Criança de 11 anos foi a única sobrevivente da tragédia de Aroeira

Foto Neto Maravilha/Informações Ivan Silva

Foram removidos para o IML do município de Juazeiro na manhã desta segunda-feira (22), os corpos das vítimas do acidente registrado ontem na BR 407, próximo a localidade de Aroeira, entre Ponto Novo e Filadélfia. As vítimas estavam nos veículos Monza, placa CNP 4695, conduzido por Davi Gomes dos Santos, que estava acompanhado de Cícero Alves da Silva, uma criança de 11 anos, e Marilene Batista da Silva, já no veículo Celta, placa JQV 1547, conduzido por Reinaldo de Amorim dos Santos, viajava Edílson Silva dos Santos. Após a colisão frontal entre os dois veículos, apenas a criança de 11 anos, e o condutor do veículo Celta, Reinaldo de Amorim dos Santos foram socorridos com vida para o Hospital Nossa Senhora de Fátima em Ponto Novo. Segundo a Polícia, antes mesmo da ambulância que socorria Reinaldo de Amorim dos Santos, chegasse ao hospital, dois veículos interceptaram a ambulância, um homem encapuzado com arma na mão, teria entrado na ambulância e matado Reinaldo de Amorim com sete tiros, sendo atingido no tórax e abdômen (Informações que Reinaldo teria sido o causador do acidente). A criança de 11 anos, única sobrevivente na tragédia, informou antes de ser transferida para a região do Vale do São Francisco que após o impacto, ela foi arremessada para fora do veículo, e os demais ocupantes não usavam cinto de segurança. A Polícia Civil vai instaurar inquérito para investigar o homicídio que aconteceu após o acidente.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers