sexta-feira, 14 de abril de 2017

Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB) pediu R$ 30 milhões à Odebrecht via caixa 2, diz delator

Foto: Orion Pires / G1

Embora aparente ter distribuído dinheiro deliberadamente para vários políticos, a Odebrecht cogitou não repassar nada ao ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB). Isso porque durante sua campanha para o governo do Pará, em 2014, o então candidato teria solicitado R$ 30 milhões à empreiteira. Em delação premiada, o executivo Mario Amaro da Silveira explicou como ocorreu a negociação. "O Helder Barbalho comentou que conhecia a atuação da empresa e que ele tinha um grave problema de saneamento no Pará, que seria uma das prioridades dele, e cogitava adotar uma solução privada. (...) E ao final dessa conversa, eles explicitaram as dificuldades econômicas da campanha e fizeram um pedido de R$ 30 milhões. E falei: 'Vou levar isso até a nossa presidência lá por dever de ofício, mas acho que é uma coisa totalmente fora de cogitação'", contou Silveira. De acordo com o depoimento do executivo, o valor foi sendo gradualmente reduzido ao longo da conversa até chegar a R$ 5 milhões. A Odebrecht, então, acabou repassando R$ 1,5 milhão para a campanha do peemedebista via caixa dois. "A gente até cogitou de não dar nada, um cara que pede R$ 30 milhões, né, mas depois, o Fernando [o ex-presidente da Odebrecht Ambiental, Fernando Reis] falou assim: 'Vamos oferecer o que a gente tem conta de oferecer'", relatou. De acordo com Reis, a contribuição foi "pedida como caixa dois e feita como caixa dois". O dinheiro teria sido repassado em três parcelas. Barbalho, que era nomeado como "Cavanhaque" no esquema de propinas, negou que tenha cometidos tais irregularidades. Segundo informações de O Estado de S. Paulo, o chefe da Integração Nacional declarou que todos os recursos que recebe para sua campanha em 2014 foram registrados no Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA), que aprovou todas as contas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers