domingo, 16 de abril de 2017

Desde 1998, nem Paulo Henrique Amorim conseguia entender os negócios de Lula com os amigos - veja o vídeo


O Dia que Paulo Henrique Amorim tentou entender os negócios obscuros de Lula


O esforço da investigação de Amorim buscava demonstrar que o apartamento de cobertura em que morava Lula era fruto de uma maracutaia envolvendo Roberto Teixeira, compadre do petista (e hoje um de seus advogados), e também o dono da construtora que levantou o edifício, que teria obtido um benefício ilegal na Prefeitura de São Bernardo quando o petista Djalma Bom era o prefeito.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers