quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Sexo no jogo: Jogador de 'Counter-Strike' é banido por mil anos após trocar mensagens sexuais com garota de 15 anos

 mensagens sexuais com garota de 15 anos
'Counter-Strike: Global Offensive' é um dos games online mais populares do momento (Foto: Divulgação)

Reece Bloom, ou 'Bloominator', disse coisas como 'Não sei se sou retardado ou apenas não ligo em ser pedófilo' em conversas registradas na internet.


Um jogador profissional de "Counter-Strike: Global Offensive", um dos games online mais populares do momento, foi banido do jogo por 1 mil anos depois de trocar mensagens de teor sexual com uma garota de 15 anos. O banimento foi executado pela ESEA, um serviço terceirizado de campeonatos de "CS: GO", e vale por 365 mil dias – ele só poderá "voltar a jogar" em 6 de junho de 3016. Reece Bloom, mais conhecido dentro do jogo como "Bloominator", tem 25 anos e é membro da equipe Armor Esports. As conversas entre ele e a jovem foram registradas em imagens na internet, onde Bloom diz coisas como "Existe algo em ser capaz de influenciar mentes jovens", "Alguns diriam que é estupro, mas nós dois sabemos que você quer" e "Não sei se sou retardado ou apenas não ligo em ser pedófilo". O jogador de "CS: GO" também enviou fotos de seu pênis. Em um post já deletado do Twitter, Bloom pediu desculpas pelo ocorrido. "Obviamente, fui incrivelmente estúpido por fazer o que fiz. Gostaria de me desculpar acima de tudo com a Armor Esports por arruinar uma ótima situação que eles tinham com o time de 'CS: GO'. (...) Espero que as pessoas possam me perdoar, mas eu entendo se não o fizerem". Em nota enviada ao site Kotaku, a ESEA afirma que Reece Bloom foi banido "por conta de suas interações com um membro da comunidade", e que "esse tipo de atitude não será aceita".
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers