quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Pro judiciário não tem crise? Eventos do TJ-BA em 2017 poderão custar até R$ 4 milhões; edital previa gasto de R$ 7 mi

  edital previa gasto de R$ 7 mi
Pro judiciário não tem crise? Eventos do TJ-BA em 2017 poderão custar até R$ 4 milhões; edital previa gasto de R$ 7 mi

Justiça cara e lenta


Até dezembro de 2017, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) poderá gastar até R$ 4 milhões em eventos institucionais. A presidente do tribunal, desembargadora Maria do Socorro, homologou nesta terça-feira (7), a ata de registro de preços unitários “para futuro e eventual fornecimento de bens e prestação de serviços, planejamento, coordenação, organização, montagem, execução e acompanhamento de eventos de interesse institucional”, tanto em Salvador quanto no interior do estado. 

A empresa vencedora da licitação é a Caboclinho Produção Cultural e Artística Ltda. de nome fantasia Alas Criação e Produção. O edital de licitação previa contratação de até R$ 7,2 milhões. Ainda no edital, o tribunal justifica a contratação de uma empresa para realização dos eventos, devido “crescente demanda por serviços relacionados a diversos eventos institucionais”, “por solicitação da presidência deste poder e demais setores, no âmbito da capital e do interior, à assessoria de Cerimonial da Presidência, e que esses serviços não se constituem em atividade fim do Tribunal, aliado à falta de estrutura própria para realizá-los”, e que, por isso, foi realizado o registro de preços. 

Os eventos poderão ser realizados nas dependências do Edifício Sede do Tribunal de Justiça e em quaisquer outros espaços físicos, conforme o caso, no âmbito da capital e do interior. Os eventos poderão ser realizados em quaisquer dias da semana, nos períodos matutino, vespertino e/ou noturno, podendo também ocorrer aos sábados, domingos e feriados. Poderão ocorrer, inclusive, eventos simultâneos. Em 2015, o Bahia Notícias já havia noticiado uma licitação similar para aquele ano, com gastos aproximados de R$ 2,1 milhões, apesar do edital permitir contratação de empresas de eventos por até R$ 7,5 milhões (clique aqui e saiba mais). 

O edital não descreve a quantidade de eventos a serem realizados, nem os tipos de eventos (seminários, congressos e feiras, por exemplo) que serão realizados com os recursos. O planejamento do orçamento dos eventos foi dividido em grupos: recursos humanos, comunicação visual, locação de equipamentos para edição e filmagem, buffet, locação de equipamentos eletrônicos, arranjos florais, locação de espaços, transporte, hospedagens e brindes promocionais. 

Serão contratados fotógrafos, interpretes, garçons, manobristas, recepcionistas, mestre de cerimônias, operador de equipamentos audiovisuais e de som, operador de luz, auxiliar de cozinha e fritador, por R$ 176,6 mil. Para comunicação visual, serão gastos R$ 78 mil em banners, tripés, certificados, plotagens, lacres, faixas, adesivos, impressões, flâmulas, placas de descerramento, passadeira, placa de homenagens. Em locação de equipamentos para edição e filmagem serão gastos R$ 35 mil. Em buffet, serão gastos até R$ 1,9 milhão para realização de almoço para até mil pessoas, brunchs, coffee breaks, coquetel, jantar para até 500 pessoas. 

A locação de equipamentos eletrônicos pode custar até R$ 275 mil para aluguel de amplificadores, microfones, caixas de som, canhão de iluminação, mesas de corte, mesa de som, projetor, TV, por exemplo. Para decoração, serão gastos até R$ 192 mil em arranjos florais, como coroa fúnebre, centro de mesa, arranjos para púlpitos, orquídeas e vasos de flores. 

O aluguel de móveis como alambrados, balcões, bandeiras, estandarte, cavalete, fundo de palco, praticáveis, mesas, cadeiras, toalhas, urnas, custará R$ 474 mil. Já a locação de espaços diversos que comportem até 600 pessoas custará R$ 398 mil. Em aluguel de transportes, de ônibus com capacidade para até 44 pessoas, terá custo de até R$ 68 mil. Já as hospedagens, em quartos single ou double, custará R$ 98 mil. 

A estimativa é para 600 hospedagens. Já em brindes como pen drives, agenda, pasta, mochila, canetas, kit escritório em couro, o custo será de até R$ 322 mil.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers