sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Lava Jato: Jorge Luz e filho são presos em Miami, afirma delegado da PF


Alvos da 38ª fase da Operação Lava Jato (Operação Blackout), deflagrada nesta quinta-feira (23), Jorge Luz e o filho dele, Bruno Luz, foram presos nesta sexta-feira (24), em Miami, nos Estados Unidos. Segundo informações do portal G1, a informação foi confirmada pelo delegado federal Maurício Moscardi. Segundo o delegado, a prisão dos foragidos foi possível a partir de cooperação internacional da polícia de imigração americana (Immigration and Customs Enforcement – ICE) com a Polícia Federal brasileira. A prisão preventiva de ambos foi decretada em meio à operação. A força-tarefa da Lava Jato investiga o pagamento de propinas que somam US$ 40 milhões ao longo de 10 anos. Entre os beneficiários, há senadores e outros políticos, além de diretores e gerentes da Petrobras. A PF suspeita que Jorge e Bruno atuaram em ao menos cinco episódios. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), os dois faziam a intermediação entre os que queriam pagar o suborno e quem queria receber propina, referente a contratos com a Petrobras. Eram utilizadas contas no exterior, em locais como Suíça e Bahamas. O MPF aponta que a maior parte da atuação dos operadores era principalmente na Área Internacional da Petrobras, ocupada por indicação política do PMDB. Posteriormente, eles também passaram a pedir propina para o PMDB na diretoria de Abastecimento, que estava sob influência do PP, e na diretoria de Serviços, que era reduto do PT. O PMDB afirmou em nota que os operadores "não têm relação com o partido e nunca foram autorizados a falar em nome do PMDB".
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers