segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Ex-mulher de preso no Mensalão pede asilo aos EUA por ter dossiê contra Lula e Cunha

  EUA por ter dossiê contra Lula e Cunha
Foto: Roberto Stuckert Filho

Ex-mulher de um dos presos no escândalo do Mensalão, Maria Christina Mendes Caldeira está sob proteção do governo dos Estados Unidos depois de pedir asilo político ao país. Ela deixou o Brasil no dia 5 de janeiro, apenas com algumas roupas e uma cachorrinha vira-lata, e trocou de identidade. Maria Christina foi casada com o ex-deputado federal Valdomiro Costa Neto e, segundo sua advogada, Maristela Basso, alega ter um dossiê com informações que atingem diversos políticos, incluindo o ex-marido, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha. Caldeira tentou entregar a documentação a autoridades brasileiras, mas como não havia garantia de proteção decidiu ir para o exterior. De acordo com a Folha de S. Paulo, Maria Christina tem provas de operações financeiras em contas e offshores do ex-marido e de aliados políticos, assim como de cofres alugados no Uruguai e Portugal que supostamente teriam diamantes de operações feitas na África. Os dados teriam sido compilados por uma empresa de segurança americana especializada em rastrear esquemas de corrupção, contratada pela própria mulher de Valdomiro quando o casamento começou a dar errado. Ela teria espalhado cinco cópias do dossiê em países diferentes. Herdeira de empreiteiros, Caldeira foi processada por Valdomiro 36 vezes após o divórcio, o que inclui uma ação de despejo. Ela depôs contra ele na CPI dos Correios em 2005, quando ele, então presidente do PL (atual PR), foi denunciado no mensalão acusado de receber propina em troca de apoio ao governo de Lula. Em 2013, Valdemar foi condenado a sete anos e dez meses de prisão por corrupção pelo Supremo Tribunal Federal (STF), pena que foi perdoada por Luís Roberto Barroso no ano passado. Basso entrou com uma ação na Corte Interamericana contra o perdão. O ex-deputado não quis se pronunciar sobre o caso.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers