domingo, 15 de janeiro de 2017

E o "Ajuste Fiscal"? Exército contrata R$ 6,3 bilhões em blindados e torres de armamentos sem licitação


Pelo visto o tal ajuste fiscal e falta de grana são mesmo balela...


O Exército planeja gastar R$ 6,3 bilhões nos próximos anos para atualizar e equipar sua frota de veículos blindados. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o governo Michel Temer fechou dois contratos em 2016 referentes aos blindados Guarani: um com a montadora Iveco, no valor de R$ 6 bilhões, que determina a entrega de 1.580 veículos blindados até 2035. O outro contrato, com a empresa Ares, ligada a companhia israelense Elbit, adquire 215 torres de armamentos para esses veículos ao custo de R$ 328 milhões e entrega prevista para os próximos quatro anos. As duas empresas foram contratadas sem licitação. O Exército afirma que os pagamentos dependerão da disponibilidade de recursos do governo federal para esses projetos. No caso específico das torres, o cronograma ainda não foi definido e será fechado de acordo com a descentralização de recursos" do governo. Os valores que serão gastos com os blindados correspondem a mais do que um ano de despesas da Câmara dos Deputados. Questionado sobre a amplitude do investimento, o Ministério da Defesa recomendou a Folha que procurasse o próprio Exército.

Comentário: pelo visto o ajuste fiscal não está sendo levado tão à sério e parece mesmo que só falta grana pra umas àreas, mas, pra outras está sobrando! Eu gostaria de ver alguma explicação dos intervencionistas, que falam como se as Forças Armadas fossem formadas por Querubins alados e de incontestável desinteresse por grana e poder! Todos são brasileiros e humanos iguais a nós. Todo mundo gosta de poder... E uma pergunta que não quer calar: Esses blindados são feitos de diamante ou foram feitos em Marte? Só pra saber. Se perguntar não ofende!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers