quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Desesperador! Alagoas terá chuvas abaixo da média nos 3 primeiros meses do ano, diz secretaria

Pior seca da história tem feito criadores perder gados no Sertão (Foto: Reprodução/TV Gazeta)

Escassez é devido a fenômenos naturais, segundo a meteorologia. Mais de 40 municípios estão em situação de emergência por causa da seca.


Alagoas tem mais de 40 municípios em situação de emergência por conta da seca e, segundo a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), vai chover muito pouco nos três primeiros meses do ano, o que não vai amenizar o problema. Segundo divulgou a Semarh nesta quarta-feira (4), em janeiro, fevereiro e março o tempo será bastante seco e com níveis de vento abaixo da média. Isto acontece devido a fenômenos naturais. "Estamos iniciando o período do fenômeno La Niña e sua característica é o aumento de chuvas na região do Nordeste. No entanto, esse período de La Niña está fraco e a perspectiva é que as chuvas fiquem dentro ou abaixo da normalidade e não acima como deveria ser”, disse o meteorologista da Sala de Alerta da Semarh, Vinícius Nunes Pinho. Com isso, a quantidade de chuvas beira a escassez e não será suficiente para abastecer os reservatórios e nem amenizar a seca. (Veja os municípios abaixo que já decretaram situação de emergência). Além disso, a temperatura do Oceano Atlântico está mais elevada no Hemisfério Norte em relação ao Hemisfério Sul, diminuindo assim o acréscimo de umidade no Nordeste. Ou seja, é um fenômeno com influência direta na diminuição das chuvas. Outro exemplo constatado pela meteorologia para justificar o período abaixo do normal de chuvas é o sistema de alta pressão localizado no Oceano Atlântico, conhecido como alta subtropical. “É um fator significativo e que está muito próximo da costa, contribuindo para que as frentes frias que chegam do Sul fiquem estacionárias no Sudeste e não se desenvolvam até a região Nordeste. Assim, a previsão demonstra que os municípios alagoanos, principalmente os do semiárido, terão chuvas abaixo da normalidade e insuficientes para repor o déficit hídrico até março”, ressaltou o meteorologista. Os municípios em situação de emergência são Água Branca, Arapiraca, Batalha, Belo Monte, Cacimbinhas, Canapi, Carneiros, Coité do Nóia, Craíbas, Delmiro Gouveia, Dois Riachos, Estrela de Alagoas, Girau do Ponciano, Igaci, Igreja Nova, Inhapi, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Lagoa da Canoa, Major Isidoro, Maravilha, Mata Grande, Minador do Negrão, Monteirópolis, Olho D’Água das Flores, Olho D’Água do Casado, Olivença, Ouro Branco, Palestina, Palmeira dos Índios, Pão de Açúcar, Pariconha, Poço das Trincheiras, Piranhas, Quebrangulo, Santana do Ipanema, São Brás, São José da Tapera, Senador Rui Palmeira , Traipu, Viçosa e Mar Vermelho.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs

Google+ Followers