sábado, 31 de dezembro de 2016

Simões Filho: Mulher Integrante de grupo que dava golpe em locadoras de carros é presa na BA

  locadoras de carros é presa na BA
Mulher foi presa na BR-324 (Foto: Reprodução/PRF)

Prisão ocorreu na cidade de Simões Filho, região metropolitana de Salvador. Quadrilha alugava carros com documentação falsa e depois os vendia.


Integrante de grupo que dava golpe em locadoras de carros é presa na BA Prisão ocorreu na cidade de Simões Filho, região metropolitana de Salvador. Quadrilha alugava carros com documentação falsa e depois os vendia. Do G1 BA FACEBOOK Mulher foi presa na BR-324 (Foto: Reprodução/PRF) Mulher foi presa na BR-324 (Foto: Reprodução/PRF) Uma jovem de 23 anos que fazia parte de uma quadrilha que aplicava golpes em locadoras de carros foi presa na quinta-feira (29), na BR-324, trecho do município de Simões Filho, na região metropolitana de Salvador. De acordo com as informações divulgadas nesta sexta-feira (30) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao ser abordada no KM-599 da rodovia, a mulher ainda apresentou uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa. O documento tinha a foto da jovem e estava em nome de outra pessoa. Segundo a PRF, a prisão ocorreu depois que a mulher foi denunciada por outros integrantes do grupo, presos anteriormente na cidade de Cristinápolis (SE). A quadrilha foi abordada na madrugada da quarta-feira (28), na BR-101. Os policiais identificaram indícios de falsificação na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de todos os acusados, que viajavam juntos em um comboio com quatro veículos alugados. Conforme a PRF, após serem flagrados, os envolvidos revelaram que usavam os documentos falsos para viajar de Brasília (DF) até Maceió (AL) com carros alugados de duas empresas diferentes. Ao chegarem ao destino, eles iriam fazer a devolução e logo depois alugariam outros veículos para fazerem o caminho de volta. Ao voltarem para Brasília, os carros seriam vendidos em feiras de comércio de produtos roubados. A PRF informou que o esquema eram comandado por dois dos presos, que eram responsáveis por conseguir os documentos falsos e convencer os demais, que receberiam certa quantia em dinheiro pelo transporte. O valor não foi divulgado. Ainda segundo a PRF, a quadrilha foi encaminhada para a delegacia de polícia judiciária, onde serão instaurados os procedimentos para apurar a participação de cada envolvido no esquema. O grupo admitiu que já tinham conseguido aplicar o golpe com sucesso pelo menos uma vez, quando os veículos das locadoras foram entregues no estado de São Paulo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers