sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Ex-ministro critica atuação de Dallagnol na Operação Lava Jato: 'Baixe a bola'

  Operação Lava Jato: 'Baixe a bola'
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ex-ministro da Justiça, Eugênio Aragão, fez duras críticas ao coordenador da Operação Lava Jato pelo Ministério Público Federal, Deltan Dallagnol, em carta aberta divulgada nesta quinta-feira (22). No texto, Aragão pede que ele "baixe a bola" e o acusou de perseguir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Só um conselho, colega: baixe a bola. Pare de perseguir o Lula e fazer teatro com PowerPoint. Faça seu trabalho em silêncio, investigue quem tiver que investigar sem alarde", escreveu o subprocurador da República e ex-ministro, que substituiu José Eduardo Cardozo no Ministério da Justiça no final do governo de Dilma Rousseff. "Um forte abraço de seu colega mais velho e com cabeça dura, que não se deixa levar por essa onda de ‘combate’ à corrupção sem regras de engajamento e sem respeito aos costumes da guerra", conclui o texto de Aragão.

Eugênio Aragão a Deltan (2): “Se acham lindinhos, né?”


Outro trecho da carta de Eugênio Aragão a Deltan, que mostra o que está entalado na garganta dos amigos do Amigo:
“Vocês conseguiram agradar ao irmão do norte que faturará bilhões de nossa combalida economia e conseguiram tirar do mercado global altamente competitivo da construção civil de grandes obras de infraestrutura as empresas nacionais. Tio Sam agradece. E vocês, Narcisos, se acham lindinhos por causa disso, né? Vangloriam-se de terem trazido de volta míseros dois bilhões em recursos supostamente desviados por práticas empresariais e políticas corruptas. E qual o estrago que provocaram para lograr essa casquinha? Por baixo, um prejuízo de 100 bilhões e mais de um milhão de empregos riscados do mapa.”

Eugênio Aragão a Deltan: “Vocês atrasam esse país”


Ministro da Justiça de Janete por dois meses, Eugênio Aragão publicou no Estadão uma extensa carta aberta a Deltan Dallagnol. É um bom exemplo do que fermenta nas hostes lulojanetistas. Eis um trecho emblemático:
“Você à frente de sua turma vão entrar na história como quem contribuiu decisivamente para o atraso econômico e político que fatalmente se abaterão sobre nós.”
Com todo o respeito, o que atrasa esse país é a orgia de interesses privados que violenta a República e desvia bilhões do Estado. Justamente o que a Lava Jato combate.

LULA NA MIRA DO FBI   

"DIREITO" TRABALHISTA E A LOUCURA DE ARAGÃO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers