quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Vergonha! Ao multar motoristas de ambulâncias, estão preferindo arrecadar que salvar vidas!

 estão preferindo arrecadar que salvar vidas!
Vergonha! Ao multar motoristas de ambulâncias, estão preferindo arrecadar que salvar vidas!

É uma vergonha ver prefeituras descontando multas nos salários dos motoristas de ambulâncias


Está acontecendo uma coisa muito grave no Brasil e ninguém está se dando conta. Muitos nem sabem disso, afinal é algo vergonhoso e inusitado, mas, também sabemos que certamente parlamentares sabem que isso vem ocorrendo há muito tempo e simplesmente ignoram! Estou me referindo a perseguição que está ocorrendo com os motoristas de ambulâncias, que dedicam seu tempo a salvar vidas e estão sendo humilhados, especialmente por secretários de saúde irresponsáveis e que não estão nem ai pra vida. Mas, acima desses, ainda tem o pior que é a lei e sede de arrecadação dos governos. 

O que fiamos sabendo é que motoristas de ambulância acabam por receber seus salários descontados de multas de trânsito, quando estes correm pra salvar vidas! Um absurdo. Alguns chegam a ter 500 reais descontados de seus salários, na maior cara de pau dos secretários de saúde, que além de não fazerem uma boa gestão como agentes públicos de saúde, ainda inibem o socorro a vida e descontam as multas dos profissionais. 

A pergunta é: Já que as ambulâncias não podem correr acima de 70 por hora, pra que entregam os carros potentes que podem atingir acima de 200 por hora? Quer dizer que o paciente, muitas vezes agonizando e precisando de atendimento rápido é preciso morrer, pra que uma lei idiota, criado por algum irresponsável, seja cumprida? Pra que então as luzes GIROFLEX(LUZES DE EMERGENCIA) em cima da ambulância e a sirene? Então vejamos o que diz o código de trânsito brasileiro:

Código de Trânsito Brasileiro.

Art. 29. O trânsito de veículos nas vias terrestres abertas à circulação obedecerá às seguintes normas:

VII - os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação de trânsito e as ambulâncias, além de prioridade de trânsito, gozam de livre circulação, estacionamento e parada, quando em serviço de urgência e devidamente identificados por dispositivos regulamentares de alarme sonoro e iluminação vermelha intermitente, observadas as seguintes disposições:

a) quando os dispositivos estiverem acionados, indicando a proximidade dos veículos, todos os condutores deverão deixar livre a passagem pela faixa da esquerda, indo para a direita da via e parando, se necessário;

b) os pedestres, ao ouvir o alarme sonoro, deverão aguardar no passeio, só atravessando a via quando o veículo já tiver passado pelo local;

c) o uso de dispositivos de alarme sonoro e de iluminação vermelha intermitente só poderá ocorrer quando da efetiva prestação de serviço de urgência;

d) a prioridade de passagem na via e no cruzamento deverá se dar com velocidade reduzida e com os devidos cuidados de segurança, obedecidas as demais normas deste Código;


TJRN - Acao Civel Originaria: ACO 8824 RN 2003.000882-4


As ambulâncias, quando no socorro de pacientes, gozam de prioridade de passagem, livre circulação, estacionamento e parada.

Deve ser declarada a nulidade das multas de trânsito impostas às ambulâncias que se acham na situação descrita no art. 29, inciso VII, do Código de Trânsito Brasileiro.

A prioridade de tráfego conferida àqueles veículos, contudo, possui natureza relativa, devendo subsistir todas as penalidades impostas no caso de não haver prova de ocorrência da regra permissiva da legislação de trânsito.

Então pessoal, como percebemos no que fala o código de trânsito, o agente policial que multa uma ambulância em trabalho, buscando salvar uma vida, está completamente errado e apenas querendo se aparecer. Assim também como o chefe de setor pessoa e secretários de prefeituras que descontam dos salários dos motoristas estão completamente errado. Você que é motorista, deveria ir a imprensa e denunciá-lo. Não engula blablabla deles, apenas colocando culpa nas leis ou no governo, pois eles apenas estão se esquivando de defender o funcionário e a vida. Os sindicatos também tem o dever de dar apoio e brigar pelo motorista.

O procedimento do motorista multado deve ser o seguinte:

Primeiramente, preencha os seus dados na Notificação da Autuação, anexe cópias da sua CNH e RG, assine e peça para a pessoa que tem a procuração da Prefeitura (sempre é o Procurador do Município) que assine no local indicado, acompanhado também de cópia da procuração assinada pelo Prefeito do seu município, que dá direitos à pessoa de representá-lo.

Após isso, elabore uma defesa informando que o veículo trata-se de uma ambulância e estava em socorro a uma vítima, devidamente sinalizado com a sirene e o giroflex ligados.

Junte cópias da Notificação da Autuação (devidamente preenchida), do CRLV do veículo e de sua CNH ou RG.

Todo mundo sabe que tem hora marcada de cirurgias e que alguns médicos se negam a atender, caso o paciente chegue atrasado. Além disso, numa emergência, sabemos que 5 ou 10 minutos poderão ser preciosíssimos pra salvar uma vida. Portanto, você que está passando por isso em seu município e tem seus salários descontados, denuncie e lute contra o abuso de prefeitos, chefes de pessoal e secretários de saúde irresponsáveis e que não presam a vida das pessoas, só o próprio bolso!

O que muitos condutores não sabem é que quem não colabora com o trabalho dos socorristas pode ser multado. “A lei diz que as ambulâncias têm preferência nos momentos em que estão atendendo os casos de urgência e emergência. Deixar de dar passagem é considerado infração gravíssima”, explicou o chefe de Implantação de Multas do Detran-PE, Marcos Rodrigues.
Todas as prefeituras e secretárias de saúde do Brasil, deveriam seguir o exemplo, da prefeitura de Guarulhos, afinal salvar uma vida não tem preço!

Motoristas de ambulâncias denunciam más condições de trabalho

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers