sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Crise do governo: Calero nega ter solicitado audiência com Temer para gravar conversa: 'Nunca agi de má fé'

 'Nunca agi de má fé'
Foto: Beto Barata/Presidência da República

Tráfico de influencia

O ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, divulgou comunicado nesta sexta-feira (25) para negar os boatos de que ele teria solicitado uma segunda audiência no intuito de gravar a conversa com o presidente Michel Temer. "Durante minha trajetória na carreira diplomática e política, nunca agi de má fé ou de maneira ardilosa", relatou na nota. Em depoimento à Polícia Federal o ex-ministro da Cultura relatou que foi pressionado por Temer durante reunião na última quinta-feira (17) para liberar a construção do empreendimento La Vue, no bairro da Barra (veja mais). Ele disse em audiência que Temer o "enquadrou" para encontrar uma "saída" para a obra de interesse do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima. "No episódio que agora se torna público, cumpri minha obrigação como cidadão brasileiro que não compactua com o ilícito e que age respeitando e valorizando as instituições", completou Calero no comunicado divulgado nesta sexta. O porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola, defendeu o presidente, argumentou que Temer trata todos os ministros como iguais e "jamais induziu algum deles a tomar decisão que ferisse normas internas ou suas convicções" (veja mais). O porta-voz também relata que Temer conversou duas vezes com Calero "para solucionar impasse na sua equipe e evitar conflitos entre seus ministros de Estado".

Governo precisa arranjar um substituto para Geddel | Marco Antonio Villa   

Falta a Temer atitude republicana sobre caso de Calero | Vera Magalhães

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers